Clareamento dental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Odontologia

Clareamento dental ou clareamento dentário é um tratamento utilizado para tornar os dentes mais brancos.

Métodos[editar | editar código-fonte]

O clareamento dental pode ser realizado basicamente de duas maneiras: num consultório dentário ou em tratamento caseiro,com a supervisão do cirurgião-dentista[1]. Todos os diferentes tipos de tratamento para clareamento dental utilizam um gel para clarear o dente. Quanto maior a concentração do gel, mais rápido pode ser realizado o clareamento.

Acompanhado por dentista[editar | editar código-fonte]

Concentrações elevadas (acima de 25%) só podem ser feitas em consultório. O gel nessas concentrações queima as mucosas e são necessários cuidados especiais. Normalmente é utilizado na concentração de 35%[2]

Os tratamentos feitos em consultório podem exigir duas ou mais sessões de cerca de 1h30 a 2 horas e o gel é activado por uma fonte de luz (LED, Laser ou associação dos dois).

Caseiro[editar | editar código-fonte]

O clareamento caseiro, é mais barato, e por ser um procedimento realizado em casa, se encaixa na rotina do paciente. Este tipo de clareamento é realizado pelo próprio paciente em sua casa com moldeira, porém, deve sempre ter a supervisão de um profissional dentista que o oriente da forma correta. A moldeira utilizada deve ser confeccionada de acordo com a arcada dentária do paciente, e o produto nela aplicado deverá ser indicado pelo profissional. O período do tratamento varia de acordo com a necessidade do paciente, porém os resultados já são perceptíveis nos primeiros dias. [3]

Clareamento interno[editar | editar código-fonte]

A técnica de clareamento interno (walking bleach) é utilizada para clarear dentes que sofreram tratamento de canal. Consiste de um clareamento por dentro do dente. O processo do tratamento de canal pode manchar o dente devido aos materiais de obturação do canal, a presença de sangue na câmara pulpar e medicações utilizadas durante o tratamento. O clareamento interno é uma técnica imprevisivel, e os dentes podem não se tornarem perfeitamente brancos.[4]

Riscos[editar | editar código-fonte]

Os principais riscos são uma sensibilidade temporariamente aumentada nos dentes, um clareamento excessivo e queimaduras químicas.


Referências