Cobitidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Cobitidae
Cobitis biwae(Hamamatsu,Shizuoka,Japan,2007).jpg
Cobitis biwae
Cobitis paludica 01 by-dpc.jpg
Cobitis paludica
Classificação científica e
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Cypriniformes
Superfamília: Cobitoidea
Família: Cobitidae
Swainson, 1838
Espécie-tipo
Cobitis taenia
Linnaeus, 1758
Gêneros

Os peixes de agua doce da família Cobitidae são animais bentônicos com um achatamento perfil ventral. Existem 160 espécies diferentes deles.Cobitídeos são principalmente escavadores e são onivoros, geralmente não muito exigentes sobre os seus alimentos. Eles podem comer crustáceos aquáticos, insetos e outros pequenos invertebrados, bem como pedaços de detritos orgânicos. Muitos vivem em águas geralmente de má qualidade e alimentos para animais na tubifex worms, que estão associadas a essas áreas. Alguns têm se adaptado para águas em péssimas condições por serem capazes de engolir oxigênio do ar atmosférico e absorvê-lo através das paredes de seus intestinos.as espécies são distribuídas pela Europa, Ásia, e em Marrocos. Eles habitam principalmente em águas correntes.

Escavadores devido à sua natureza e da sua capacidade de se adaptar a muitos ecossistemas de água doce,algumas espécies foram introduzidas às águas em regiões que não são nativas e podem causar problemas para a fauna local como uma espécie invasora.

Características típicas[editar | editar código-fonte]

O corpo dos cobitídeos ser vermiforme (verme-moldada; longo e fino) para Fusiform (fuso-moldada; cilíndrico e gradual em direção às extremidades).A sua maioria não têm verdadeira escalas. Tal como bagres, esses peixes possuem órgãos sensoriais conhecidos como barbos; normalmente 3-6 pares deles. Algumas outras características dos cobitídeos são um pequeno detalhe "boca adaptada ao estilo de vida bentônico, dois espinhos retráteis abaixo do olho, e uma única linha de dentes (garganta) na faringe. Veja também Spined Loach.

Importância Econômica[editar | editar código-fonte]

Algumas espécies são empregadas como peixes na alimentação da Ásia Oriental em países como o Japão. Eles são de importância para a pesca ou a ser levantada na aquicultura. Algumas espécies de cobitídeos pode eventualmente ser capturada por isca.

Muitas das mais coloridas espécies são populares entre aquaristas água doce e são, portanto, de grande importância no aquarismo. O mais colorido tropical loaches que são mantidos como animais de estimação principalmente oriundo de Ásia do Sul e do Sudeste Asiático,tendo um valor bem elevado principalmente na América.

Criação em Cativeiro[editar | editar código-fonte]

em cativeiro as bótias tendem a ter seu crescimento diminuído,são animais pacíficos e dóceis de hábitos noturnos mas também gostam de nadar durante o dia, preferem o fundo do aquário e vivem melhor em grupos de no minimo 4 indivíduos são bem curiosas e tem um curioso costume de "fingirem de mortas" deitando e ficando de ponta cabeça deem preferencia ao ph neutro (7.0)e temperatura de 25º,são ótimos peixes para iniciantes só tendem a ter um preço meio elevado por serem importadas. sua reprodução em cativeiro é bem difícil tendo poucos casos de sucesso.

Cobitídeos freqüentemente encontrados em aquário comércio[editar | editar código-fonte]

  • Botia Cara-de-Cavalo - Acantopsis choirorhynchus
  • Botia de nariz longo - Acantopsis octoactinotos
  • Dojo - Misgurnus anguillicaudatus (embora Misgurnus fossilis e Cobitis taenia também são referidas como animais meteorológicos).
  • Cobrinha kuhli — Pangio kuhlii
  • Botia palhaço - Chromobotia macracanthus
  • Botia Yoyo ou Botia paquistanesa - Botia almorhae
  • Botia zebra - Botia striata
  • Bótia de Bengala - Botia dario
  • Bótia Modesta - Yasuhikotakia modesta

Referências