Colisão aérea de Dniprodzerzhynsk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Colisão Aérea de Dniprodzerzhynsk
Acidente aéreo
Um Aeroflot Tupolev Tu-134A,
similar ao avião acidentado
Sumário
Data 11 de agosto de 1979 (41 anos)
Causa Colisão no ar devido a erro de controle do tráfego aéreo
Local Dniprodzerzhynsk (atual Kamianske), União Soviética
Coordenadas 48°35′18″N 34°39′22″E
Origem Aeroporto de Voronej,
Voronej, União Soviética
Destino Chișinău, União Soviética
Passageiros 178 (88 no primeiro avião e 77 no segundo)
Tripulantes 13 (6 no primeiro avião e 7 no segundo)
Mortos 178
Sobreviventes 0
Aeronave
Modelo Tupolev Tu-134-A
Operador Rússia Aeroflot
Prefixo СССР-65816 (primeiro avião)
СССР-65735 (segundo avião)

A Colisão aérea de Dniprodzerzhynsk ocorreu no dia 11 de agosto de 1979, quando um avião Tupolev Tu-134-A da Aeroflot que partiu do Aeroporto de Voronej, na então RSFS da Rússia, em direção a Chișinău, na RSS da Moldávia, colidiu com outro avião do mesmo modelo, próximo à cidade de Dniprodzerzhynsk (atual Kamianske), na RSS Ucraniana. Todos os 178 passageiros morreram - destes, 17 integravam a equipe uzbeque do Pakhtakor Tashkent (14 jogadores e 3 membros da comissão técnica), que disputaria um jogo contra o Dinamo Minsk.

Acidente[editar | editar código-fonte]

Ângulo do acidente entre os 2 Tupolevs.

O primeiro avião, registrado como СССР-65816, era um Tupolev Tu-134-A da companhia Aeroflot, que fazia o serviço aéreo Tcheliabinsk-Voronej-Chișinău, como o voo 7628[1], a 8.400 metros de altitude. Na aeronave estavam 88 passageiros e 6 tripulantes. O segundo avião envolvido no acidente era do mesmo modelo, registrado como СССР-65816 e que fazia o serviço aéreo Donetsk-Minsk, como o voo 7880[2], a 8.400 metros de altitude. 77 passageiros estavam a bordo, além de 7 tripulantes.

Um controlador de tráfego aéreo descobriu que os 2 aviões estavam na mesma rota e ordenou que o voo que dirigia-se a Minsk ficasse a 9 mil metros. Nas proximidades da cidade de Dniprodzerzhynsk, as aeronaves chocaram-se a 7.900 metros; enquanto o Tupolev que iria a Chișinău girava no céu, o segundo avião desintegrava-se em direção ao solo, matando todos os 178 passageiros.

Passageiros[editar | editar código-fonte]

Entre os mortos estavam 14 jogadores e 3 integrantes da comissão técnica do Pakhtakor Tashkent, que disputaria um jogo contra o Dinamo Minsk.

  • Jogadores: Ravil Agishev, Mikhail An, Olim Ashirov, Sirozhiddin Bazarov, Konstantin Bakanov, Yury Zagumennov, Shukhrat Ishbutaev, Alexander Korchenov, Nikolai Kulikov, Vladimir Makarov, Sergej Pokatilov, Vladimir Sabirov, Vladimir Fedorov, e Viktor Churkin;
  • Comissáo técnica: Idgay Tazetdinov (treinador), Vladimir Chumakov (médico) e Mansour Talibdjanov (administrador)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências