Condado de Reuss-Ebersdorf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa



Grafschaft (Fürstentum) Reuß-Ebersdorf
Condado de Reuss-Ebersdorf

Estado do Sacro Império Romano-Germânico

Flagge Fürstentum Reuß jüngere Linie.svg
1678 – 1806 Flagge Fürstentum Reuß jüngere Linie.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Reuss-Ebersdorf
Limites de Reuss-Ebersdorf, na Turíngia.
Continente Europa
Capital Ebersdorf
Língua oficial alemão
Governo Monarquia
Período histórico Idade Moderna/Idade Contemporânea
 • 1678 Partilha de Reuss-Lobenstein
 • 1806 Elevação à categoria de Principado
 • 1806 Dissolução

Reuss-Ebersdorf foi um condado e, posteriormente, um principado encravado na região da Turíngia. Seus soberanos formaram, a partir de 1806, o chamado Principado da Linha Jovem de Reuss (em alemão Fürstentum Reuß jüngerer Linie), em virtude da elevação, nesse ano, dos antigos condes à condição de príncipes. O pequeno Estado integrou o Sacro Império Romano-Germânico.

História[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Henrique X, em 1671, o condado de Reuss-Lobenstein foi governado conjuntamente por seus três filhos. Em 1678 o Estado foi dividido em três condados menores: o território remanescente de Reuss-Lobenstein foi entregue a Henrique III, o condado de Reuss-Hirschberg foi entregue a Henrique VII e o condado de Reuss-Ebersdorf foi entregue a Henrique X.

Em 1806 o título dos governantes de Reuss-Ebersdorf foi elevado à condição de Príncipe. Com a morte de Henrique LIV de Reuss-Lobenstein, em 1824, o príncipe Henrique LXXII de Reuss-Ebersdorf sucedeu-lhe e tomou para si o título de Príncipe de Reuss-Lobenstein-Ebersdorf, mantendo essa condição até 1848, quando as Revoluções Liberais o obrigaram a abdicar em favor do príncipe soberano de Reuss-Schleiz .

A rainha Vitória I do Reino Unido foi bisneta, por via materna, de Henrique XXIV, terceiro conde soberano de Reuss-Ebersdorf.

Governantes de Reuss-Ebersdorf[editar | editar código-fonte]

Condes de Reuss-Ebersdorf (16781806)[editar | editar código-fonte]

Nota[editar | editar código-fonte]

Referências