Conde de Molelos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

O título de Conde de Molelos foi criado pelo rei D. Miguel I de Portugal a favor de António Vieira de Tovar de Magalhães e Albuquerque, 1º conde de Molelos, único titular.

Foi o último governador das Armas do Algarve a título efectivo (1830-33) [1].

Após o desembarque liberal do verão de 1833 no Algarve e a subsequente tomada de Tavira, sede do Governo do Reino do Algarve, o novo regime liberal extinguiu o cargo.

Titulares[editar | editar código-fonte]

1. António Vieira de Tovar de Magalhães e Albuquerque, 1º conde de Molelos

  1. Anica, Arnaldo Casimiro (1993). Tavira e o seu termo. Tavira: Câmara Municipal de Tavira