Cordilheira de Owen Stanley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cordilheira de Owen Stanley
A Cordilheira vista desde Owers Corner. O Trilho de Kokoda atravessa esta secção da cordilheira.
Localização
Coordenadas 8° 50' S 147° 30' E
Continente Oceania
País Papua Nova Guiné
Cordilheira Cordilheira Central
Características
Altitude máxima 4,038 m[1] m
Cumes mais altos Monte Vitória
Geologia Vulcânica

Cordilheira de Owen Stanley é um formação montanhosa que forma o extremo leste da ilha da Nova Guiné, em Papua Nova Guiné, e constitui parte da Cordilheira Central, que atravessa toda a ilha. O primeiro visitante europeu que a avistou, a quem deve o seu nome, foi o capitão britânico Owen Stanley, em 1849, enquanto fazia um reconhecimento da costa de Papua. A cordilheira começa no Monte Thynne e Lilley a oeste, e culmina no Monte Victoria no extremo leste da ilha. A famosa Trilho de Kokoda atravessa esta cadeia montanhosa desde Port Moresby a sul, até à aldeia de Buna, a norte, e foi palco de uma das batalhas travadas durante a Campanha da Nova Guiné durante a Segunda Guerra Mundial. Em 2006, a cordilheira e a Trilha Kokoda foram eleitos património da humanidade, pela UNESCO.[2]

Referências

  1. «Papua New Guinea Ultra-Prominence Page»
  2. «Kokoda Track and Owen Stanley Ranges». UNESCO (em inglês). Consultado em 26 de junho de 2012