Corte do Sul (Japão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As capitais imperiais durante o período Nanboku-chō situavam-se em locais relativamente próximos, contudo geograficamente distintos. Estes foram convencionalmente identificados por:

A Corte do Sul (南朝, Nancho?) foi um conjunto de quatro imperadores (Imperador Go-Daigo e seus descendentes)[1] [2] cujas suas reivindicações de soberania durante o período Nanboku-chō entre 1336 e 1392 foram usurpadas pela Corte do Norte. Apesar da legitimidade das suas pretensões ao trono, a Corte do Sul foi finalmente substituída pela ilegítima Corte do Norte, em 1392.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Titsingh, Isaac. (1834). Annales des empereurs du japon, pp. 245-247.
  2. Titsingh, p. 261.
  3. Dower, John W. (1999). Embracing Defeat: Japan in the Wake of World War II, pp. 306-307.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]