Cultura da Independência II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde junho de 2017).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

A Cultura da Independência II foi uma cultura paleo-esquimática que floresceu no norte e nordeste da Groenlândia (700 a.C. até 80 a.C.), norte e sul do Fiorde da Independência. A cultura da Independência II surgiu na mesma região que a cultura da Independência I, que se tornou extinta seis séculos antes. A independência II era em parte contemporânea da ocupação da cultura Dorset no sul da Groenlândia; mas o último persistiu até 1400 d.C.

Os achados arqueológicos da cultura da Independência I e as culturas da Independência II são creditados ao explorador dinamarquês Eigil Knuth. [1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Laursen, Dan (Dez 1996). «Eigil Greve Knuth (1903-1996)» (PDF). University of Calgary. Consultado em 18 de junho de 2017