Cyril Genik

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cyril Genik (1857-1925)

Cyril Genik (1857 – 12 de fevereiro de 1925) foi um agente da Imigração Ucraniana- Canadiana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em 1857 em Bereziv Nyzhnii, Galicia, filho de Ivan Genik, Presidente da Câmara da cidade, e Ana Pertsovych. Iniciou seus estudos em Kolomyja, antes de se mudar para o que é agora Ivano-Frankivsk para completar a sua formação como professor. Terminou seus estudos e obteve seu diploma de Bacharelato em Lviv, antes de ser nomeado professor em 1879 no Condado de Nadvirna. Em 1882, regressou à sua cidade natal e fundou uma escola. Durante a década de 1880, ele fundou uma empresa de serraria, bem como uma cooperativa de produtores. Em 1890 foi eleito para o conselho municipal da cidade de Kolomyja, a cidade onde iniciou os seus estudos. [1]

Genik conheceu Joseph Oleskiw, um homem que estava incentivando a emigração dos ucranianos para o Canadá, que pediu para acompanhar e dirigir seu segundo contingente de Ucranianos na sua viagem para o Canadá e ajudá-los a estabelecer. Genik, e a família e de sua esposa, juntamente com quatro filhos, se juntaram a um grupo de 64 ucranianos que chegaram na cidade de Quebeque em 22 de junho de 1896. Genik dirigiu o seu contingente primeiramente para Winnipeg e, em seguida para um povoado, que mais tarde seria Stuartburn , na Província de Manitoba, que agora é considerada como a primeira comunidade ucraniano-canadiana no oeste do Canadá. Em agosto, Genik apresentou requerimento para obter uma herdade em Stuartburn, mas rapidamente mudou de ideia e mudou-se para Winnipeg.

Neste mesmo mês, Oleskiw indicou Genik ao Departamento Canadiano do Interior como agente de imigração. Em setembro, Genik tornou-se um trabalhador eventual do departamento como interprete e tradutor. Na sua função como agente de imigração, Genik conheceu novos imigrantes ucraniano-canadianos na cidade de Quebeque, encorajou-os a falar Inglês e de abandonar seus costumes e tradições, e actuou como consultor, sempre que fosse necessário. [1]

Seu trabalho aumentou com o alargamento da emigração ucraniana para o Canadá, e em 1898 tornou-se a tempo inteiro trabalhador assalariado do governo, tornando-se assim o primeiro ucraniano a trabalhar a tempo inteiro como oficial do governo canadiano. [2]

Em 1899, Genik estabeleceu em sua casa a sala de leitura Taras Shevchenko,[3] e em 1903, criou o primeiro jornal em língua ucraniana no Canadá, o “Kanadyiskyi Farmer” (O Agricultor canadiano). Embora não fosse religioso, Genik acredita que deveria existir denominação cristã independente da religião Ortodoxa Grega e padrões ortodoxos russos, e em 1903-1904 fundou a Igreja Grega Independente[4] em colaboração com os ministros da Igreja Presbiteriana de Winnipeg.

Em 1911, após as eleições gerais daquele ano, onde perdeu para o Partido Liberal (que apoiou Genik) Genik perdeu o emprego, e sua vida na esfera pública foi terminou. Viveu por um tempo nos Estados Unidos, voltando a Winnipeg, aonde faleceu no dia 12 de fevereiro de 1925.

Na altura da sua morte, Genik era tão conhecido na comunidade ucraniano-canadiana que ficou conhecido como o "Czar do Canadá." [2][5]

Referências

  1. a b Hryniuk, Stella. «Cyril Genik». Dictionary of Canadian Biography. Consultado em 25 de janeiro de 2011. 
  2. a b «Forging Our Legacy: Canadian Citizenship and Immigration, 1900–1977». Citizenship and Immigration Canada. 2000. Consultado em 25 de janeiro de 2011. 
  3. Martynowych, Orest T., The Taras Shevchenko Reading Club/Educational Society For ... umanitoba.ca/faculties/.../04_The_Taras_Shevchenko_Reading_Club.pdf -
  4. Martynowych, Orest T., The Seraphimite, Independent Greek, Presbyterian and United Churches, umanitoba.ca/...canadian.../05_The_Seraphimite_Independent_Greek_Presbyterian_and_United_Churches.pdf -
  5. Family of C. C. T. (Con) Genik (2010). «Obituary for C. C. T. (Con) Genik». Passages MB. Consultado em 25 de janeiro de 2011. 

Veja também[editar | editar código-fonte]

Catedral de Estanho

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dictionary of Ukrainian Canadian biography, pioneer settlers of Manitoba, 1891–1900, V. J. Kaye, editor and compiler (Toronto, 1975).
  • Oleksander Dombrovsky, Outline of the history of the Ukrainian Evangelical-Reformed movement (New York et Toronto, 1979) [text in Ukrainian].
  • A heritage in transition : essays in the history of Ukrainians in Canada, M. R. Lupul, editor (Toronto, 1982).
  • J.-P. Himka, Galician villagers and the Ukrainian national movement in the nineteenth century (New York, 1988).
  • V. J. Kaye, Early Ukrainian settlements in Canada, 1895–1900 Dr. Josef Oleskow's role in the settlement of the Canadian northwest (Toronto, 1964).
  • O.T. Martynowych, The Seraphimite, Independent Greek, Presbyterian and United Churches, umanitoba.ca/...canadian.../05_The_Seraphimite_Independent_Greek_Presbyterian_and_United_Churches.pdf -
  • O.T. Martynowych, The Taras Shevchenko Reading Club/Educational Society for ...umanitoba.ca/faculties/.../04_The_Taras_Shevchenko_Reading_Club.pdf –
  • O. T. Martynowych, Ukrainians in Canada : the formative period, 1891–1924 (Edmonton, 1991).
  • M. H. Marunchak, Studies in the history of Ukrainians in Canada (5 vol. published, Winnipeg, 1964– ) [text in Ukrainian].
  • O. I. Sych, From the « new land » letters of Ukrainian emigrants from Canada (Edmonton, 1991) [text in Ukrainian].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]