Dólar espanhol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
dólar espanhol
real de a ocho
peso de ocho
peso fuerte (em espanhol)
Dados
Inflação
Sub-Unidade

½, 1, 2, 4, 8, 16 maravedis
¼, ½, 1, 2, 4 reales
1 real de a ocho
1, 2, 4 e 8 escudos
Símbolo Não disponível
Plural Dólares espanhóis
Moedas Não disponível
Notas Não disponível
Banco central Não disponível
Fabricante Não disponível

O Real de a ocho, também conhecido como dólar espanhol, peso de ocho ou peso fuerte, é uma moeda de prata, de aproximadamente 38 milímetros de diâmetro, no valor de oito reales, que foi cunhada pelo Império Espanhol a partir de 1598. Sua finalidade era corresponder ao alemão Táler.

História[editar | editar código-fonte]

Ele foi amplamente utilizado por muitos países como moeda internacional por causa de sua uniformidade nas características. Alguns países permitiram que o dólar espanhol fosse usado como moeda local.[1] O dólar espanhol foi a moeda em que o original dólar dos Estados Unidos foi baseado, e manteve-se em curso legal nos Estados Unidos até que a Lei da Cunhagem de 1857 proibiu seu uso nesse país.

As moedas em circulação nas colônias americanas eram, em sua maior parte, de origem espanhola ou portuguesa, prevalecendo, porém, os dólares espanhóis, que acabaram por denominar a moeda americana no lugar da Libra esterlina.[2]

Foi amplamente utilizado na Europa, nas Américas e no Extremo Oriente e tornou-se a primeira moeda global no final do século XVIII.[3][4]

Além do dólar norte-americano, várias outras moedas como o dólar canadense, o iene japonês, o yuan chinês, o peso filipino e várias moedas na América Latina foram, inicialmente, baseadas no dólar espanhol.[carece de fontes?]

Milhões de dólares espanhóis foram cunhados ao longo de vários séculos. Eles estavam entre as moedas de maior circulação do período colonial nas Américas, e ainda estavam em uso na América do Norte e no Sudeste da Ásia no século XIX.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dólar espanhol

Referências

  1. «Dissemination of Hispanic-American coinage». Enclopedia Britannica. Consultado em 7 de fevereiro de 2012 
  2. Michener, "Money in the American Colonies"
  3. Ray Woodcock (1 de maio de 2009). Globalization from Genesis to Geneva: A Confluence of Humanity. [S.l.]: Trafford Publishing. pp. 104–105. ISBN 978-1-4251-8853-5. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  4. Thomas J. Osborne (29 de novembro de 2012). Pacific Eldorado: A History of Greater California. [S.l.]: John Wiley & Sons. p. 31. ISBN 978-1-118-29217-4. Consultado em 13 de agosto de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.