Daniel Boone (série)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Daniel Boone
Daniel boone television parker 1966.JPG
Fess Parker e o ator convidado George Sanders em 'Daniel Boone', 1966.
Informação geral
Formato Série
Gênero Ação
Aventura
Duração 60 min
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Barney Rosenzweig
Ted Schilz
George Sherman
Joseph Silver
Produtor(es) executivo(s) Aaron Rosenberg
Produtor(es) associado(s) Cliff Bole
Joseph Silver
Bernard Wiesen
Distribuída por Brasil Fox Films do Brasil[1]
Vozes de AIC/SP. Arquimedes Pires e Chico Borges (Daniel Boone); Carlos Alberto Vaccari (Mingo); Áurea Maria (Rebecca), Maralise Tartarine (Jemima), Maria Inês e Zezinho Cutolo (Israel); Sílvio Mattos (Cincinnatus); Olney Cazarré (Jericho Jones); Silvio Navas (Andrew Cooper); Jorge Barcellos (Josh Clements); Xandó Batista (Simon Harman)[1]
Elenco Fess Parker
Patricia Blair
Albert Salmi
Ed Ames
Dallas McKennon
Rosey Grier
Tema de abertura Tema do Daniel Boone
Compositor da música-tema Lionel Newman, Vera Watson[1]
Emissora de televisão original Estados Unidos NBC[1]

Tv2 Guaiba

Transmissão original 24 de setembro de 1964 – 10 de setembro de 1970
N.º de temporadas 6
N.º de episódios 165

Daniel Boone é uma série de televisão americana de Ação-Aventura estrelada por Fess Parker como Daniel Boone que foi ao ar nos Estados Unidos de 24 de setembro de 1964 a 10 de setembro de 1970 pela NBC com 165 episódios, e foi feita pela 20th Century Fox Television.O show foi transmitido "ao vivo e a cores", começando no outono de 1965, a segunda temporada, e foi filmado inteiramente na Califórnia e em Kanab, Utah.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Parker como Daniel Boone.
Brock Peters com Parker em episódio de 1964

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Chris Alcaide, ator de westerns, apareceu duas vezes na série, uma como um índio, "Flathead" Joseph. Walter Coy fez sua última grande aparição na televisão num episódio de 1970, no papel de Chefe Blackfish.

Antecedentes, Tramas e Personagens[editar | editar código-fonte]

Fess Parker como Crockett em programa de TV da Disney de 1954-1955
Ed Ames intrepretava Mingo, o leal amigo índio de Daniel
  • Daniel Boone foi um dos dois vultos históricos norte-americanos interpretados por Fess Parker. Anteriormente ele apareceu como Davy Crockett em uma série de episódios dos programas de TV da série Walt Disney Anthology, com uma aclamação considerável e virou mania nacional. Por seu papel como Boone, que durou muito mais tempo, mas teve menor impacto, Parker novamente usou um chapéu de pele de guaxinim que foi popularizado anos antes pelos shows como Crockett. Este chapéu de Daniel Boone foi inclusive mencionado na canção tema do show "From the coonskin cap on the top of ol' Dan....".[3] Esforços foram feitos para se adquirir os direitos de Crockett de Walt Disney mas houve recusa da venda, assim a série acabou retratatando Boone mas reforçou as semelhanças com o personagem famoso, inclusive com uso do chapéu de pele. Isso causou confusão entre os dois personagens históricos fora dos Estados Unidos, inclusive no Brasil.

Em contraste, o "Boone" de Parker foi menos um explorador e mais um homem de família do que o "Crockett" de Parker. Parker como Crockett também geralmente usava uma leve barba, enquanto seu Boone era predominantemente bem barbeado. A esposa de Boone Rebecca e o filho Israel apareceram em muitos episódios. Na realidade, Boone teve dez filhos. Durante as duas primeiras temporadas, sua filha Jemima aparecia mas desapareceu sem explicação até o final da segunda temporada.

A série foi ambientada na década de 1770, pouco antes e durante a Revolução Americana, e principalmente centrada em aventuras e em torno de Boonesborough, Kentucky. Alguns aspectos do programa eram menos do que historicamente fiéis, que em um ponto levou o legislativo do Kentucky a condenar as imprecisões.

As inconsistências incluíram episódios como "A História de Aaron Burr", exibido na segunda temporada em que o ex-vice-presidente dos Estados Unidos visita Boonesborough. A trama era baseada em um levante, por parte de Burr, que organizou um grupo armado, supostamente para cometer traição, em 1806. Outro episódio da segunda temporada dependia de alegações de que os colonos de Boonesborough estavam planejando uma insurreição contra a coroa britânica, antes da Revolução Americana. Outras histórias se passaram durante a Revolução. Nenhuma explicação foi feita para a discrepância de 30 anos.

O personagem Mingo era meio-Cherokee e altamente educado, assim como Tonto, mas mais sensível e sem o inglês quebrado. Formado na Universidade de Oxford, Mingo apareceu como oficial britânico em dois episódios, e cantor de ópera em outro. Na realidade, Mingo era o nome de um pequeno grupo de nativos (e não um único índio) que foram descritos como Iroqueses [4] (Contudo, da perspectiva nativa a palavra Mingo significava "chefe" na linguagem Choctaw; em Chickasaw, minko era a palavra para "chefe"). Ames também interpretou o irmão gêmeo malvado de Mingo, Taramingo, no episódio "My Brother's Keeper". Seu papel de Mingo incluía uma famosa demonstração de arremesso de machadinha ( tomahawk) no The Tonight Show, numa apresentação de clip num especial de aniversário décadas depois que pode ser visto no youtube.

A canção tema da série teve três versões cantadas por Vera Matson, Lionel Newman e The Imperials.[5][6]

Outra adaptação para televisão retratou a vida de Daniel Boone anteriormente: foi na série de antologias da Disney em 1960, com Dewey Martin interpretando o personagem que não repetiu o impacto dos programas com Crockett.

Dublagem Brasileira[editar | editar código-fonte]

Elenco Principal

  • Fess Parker (Daniel Boone): Arquimedes Pires (1ª voz) /Francisco Borges (2ª voz)
  • Ed Ames (Mingo): Carlos Alberto Vaccari
  • Patricia Blair (Rebecca Boone): Áurea Maria
  • Veronica Cartwright (Jemima Boone): Maralisi Tartarini
  • Darby Hinton (Israel Boone): Maria Inês Nodial (1ª-4ª Temporadas)/ Zezinho Cutolo (5ª e 6ª Temporadas)

Elenco Secundário

  • Albert Salmi (Yadkin): Borges de Barros
  • Dal McKennon (Cincinnatus): Sílvio Matos
  • Jimmy Dean (Josh Clemens): Jorge Barcellos (1ª voz) / Marcos Miranda (2ª voz)
  • Robert Logan (Jericho Jones): Olney Cazarré

Referências

  1. a b c d «Daniel Boone - Ficha Técnica». RetrôTV. 1 de janeiro de 2011. Consultado em 18 de maio de 2013. Arquivado do original em 2 de junho de 2013 
  2. «Roosevelt Grier». Consultado em 26 de abril de 2016 
  3. «"Daniel Boone" Theme Song». Consultado em 19 de maio de 2013. Arquivado do original em 20 de junho de 2006 
  4. Mingo Indians
  5. «Daniel Boone Theme Song». Consultado em 20 de março de 2010. Arquivado do original em 5 de março de 2010 
  6. «Mingo». 28 de junho de 2008. Consultado em 20 de março de 2010. Arquivado do original em 29 de maio de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Daniel Boone (série)