Darren Uyenoyama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Darren Uyenoyama
Informações
Nascimento 15 de outubro de 1979 (39 anos)
Estados Unidos San Francisco, California
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes BC
Altura 1,68 m
Peso 57 kg
Divisão Peso-mosca
Peso-galo
Peso-pena
Envergadura 165 cm
Equipe Faito Tamashii Combat Club
Graduação      Faixa Preta em Jiu-Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2002–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 15
Vitórias 10
Por nocaute 2
Por finalização 4
Por decisão 4
Derrotas 5
Por nocaute 1
Por finalização 1
Por decisão 3
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Darren Uyenoyama (San Francisco, 15 de outubro de 1979) é um lutador de artes marciais mistas (MMA) dos Estados Unidos, que atualmente compete na divisão peso-galo. Lutador profissional desde 2002, Uyenoyama, anteriormente, competiu no Ultimate Fighting Championship, Strikeforce, DREAM, DEEP, e Shooto.

Background[editar | editar código-fonte]

Uyenoyama nasceu e cresceu em San Francisco, e é nipo-americano de terceira geração, pois tem avós maternos japoneses. Uyenoyama estudou na El Camino High School, onde lutou wrestling e, em seguida, começou a treinar Brazilian jiu-jitsu na academia de Ralph Gracie. Uyenoyama teve uma carreira de sucesso no BJJ, ganhou torneios e, finalmente, fez a transição das suas habilidades no chão para as artes marciais mistas. [1]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

Uyenoyama fez sua primeira luta de MMA em 2002, contra Rambaa Somdet e, embora ele tenha vencido na estréia, ele ficou sem lutar por um período de cinco anos, e retornou com mais uma vitória.

DREAM[editar | editar código-fonte]

Uyenoyama fez a sua estréia no DREAM contra Hideo Tokoro, e perdeu a luta por decisão unânime.

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

Uyenoyama fez sua estreia no Strikeforce, derrotando Andrew Valladerez através de uma finalização (mata-leão) em 59 segundos, no Strikeforce: Young Guns.

Uyenoyama aumentou o seu recorde no Strikeforce para 2-0, com outra finalização no primeiro round, vencendo Anthony Figueroa com uma guilhotina.

A terceira e última aparição de Uyenoyama no Strikeforce ocorreu no Strikeforce: Destruction. Uyenoyama venceu por decisão unânime.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Uyenoyama assinou com o Ultimate Fighting Championship em 2011.

Uyenoyama fez sua estréia na organização lutando na categoria peso-galo, contra o astro japonês, Norifumi Yamamoto, no UFC on Fox: Velasquez vs. Dos Santos.[2] Uyenoyama derrotou o grande favorito Yamamoto por decisão unânime.

Uyenoyama era esperado para fazer uma luta no peso-mosca, no UFC on Fox 3, em 5 de maio de 2012, contra John Dodson. No entanto, Uyenoyama foi forçado a sair da luta, e foi substituído pelo recém-chegado na promoção, Tim Elliott.[1]

Uyenoyama era esperado para enfrentar Louis Gaudinot, em 5 de Outubro de 2012, no UFC on FX: 5.[3] No entanto, Gaudinot foi forçado a sair da luta por conta de uma lesão, e foi substituído pelo recém-chegado na organização, Phil Harris.[4] Uyenoyama finalizou Harris no segundo round com um mata-leão.

Uyenoyama enfrentou Joseph Benavidez, em 20 de Abril de 2013, no UFC on Fox 7.[5] Uyenoyama perdeu a luta por nocaute técnico no segundo round.

Uyenoyama era esperado para enfrentar John Moraga, em 14 de Dezembro de 2013, no UFC on Fox 9.[6] No entanto, Moraga foi retirado da luta por conta de uma lesão não revelada, e foi substituído pelo recém-chegado na promoção, Alptekin Özkiliç.[7] Uyenoyama perdeu a luta por decisão dividida, e foi posteriormente demitido da organização, logo após a derrota.

Carreira pós-UFC[editar | editar código-fonte]

Depois de ser liberado do UFC, Uyenoyama assinou com o Pacific Xtreme Combate, em setembro de 2014, e enfrentou Shane Alvarez, no PXC 45, em 24 de outubro de 2014.[8] Ele nocauteou Alvarez no primeiro round.[9]

Na sua segunda luta com o PXC, ele enfrentou Kentaro Watanabe, no PXC 47, em 13 de março de 2015. Darren venceu Watanabe por decisão dividida.[10]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 10–6 Estados Unidos Riley Dutro Nocaute Técnico (socos) Pacific Xtreme Combat 55 18/11/2016 1 2:46 Guam Mangilao Pelo Cinturão Peso-mosca vago do PXC.
Vitória 10–5 Japão Kentaro Watanabe Decisão (dividida) Pacific Xtreme Combat 47 13/03/2015 3 5:00 Guam Mangilao
Vitória 9–5 Estados Unidos Shane Alvarez Nocaute Técnico (socos) Pacific Xtreme Combat 45 24/10/2014 1 N/A Guam Mangilao
Derrota 8–5 Turquia Alp Ozkilic Decisão (dividida) UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez 2 14/12/2013 3 5:00 Estados Unidos Sacramento, California
Derrota 8–4 Estados Unidos Joseph Benavidez Nocaute Técnico (socos do corpo) UFC on Fox: Henderson vs. Melendez 20/04/2013 2 4:50 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 8–3 Inglaterra Phil Harris Finalização (mata-leão) UFC on FX: Browne vs. Pezão 05/10/2012 2 3:38 Estados Unidos Minneapolis, Minnesota Estreia no peso-mosca.
Vitória 7–3 Japão Norifumi Yamamoto Decisão (unânime) UFC on Fox: Velasquez vs. Dos Santos 12/11/2011 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, California
Vitória 6–3 Japão Shuichiro Katsumura Nocaute Técnico (socos) Shooto: The Way of Shooto 5: Like a Tiger, Like a Dragon 23/09/2010 2 3:53 Japão Tóquio
Derrota 5–3 Japão Tomoya Miyashita Finalização (guilhotina) Deep: 47 Impact 17/04/2010 2 1:10 Japão Tóquio
Vitória 5–2 Estados Unidos Brad Royster Decisão (unânime) Strikeforce: Destruction 08/11/2008 3 5:00 Estados Unidos San Jose, California
Derrota 4–2 Japão Hideo Tokoro Decisão (unânime) Dream 4: Middleweight Grand Prix 2008 Second Round 15/06/2008 2 5:00 Japão Yokohama
Vitória 4–1 Estados Unidos Anthony Figueroa Finalização (guilhotina) Strikeforce: Shamrock vs. Le 28/03/2008 1 1:27 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 3–1 Estados Unidos Andrew Valladerez Finalização (mata-leão) Strikeforce: Young Guns II 01/02/2008 1 0:59 Estados Unidos San Jose, California
Derrota 2–1 Estados Unidos Rolando Velasco Decisão (unânime) CCFC: Undefeated 06/10/2007 3 5:00 Estados Unidos San Mateo, California
Vitória 2–0 Estados Unidos Will Nerbonne Finalização (mata-leão) CCFC: Judgement Day 17/02/2007 1 2:30 Estados Unidos Santa Rosa, California
Vitória 1–0 Estados Unidos Rambaa Somdet Decisão (unânime) DEEP: 5th Impact 06/09/2002 3 5:00 Japão Tóquio

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Tim Elliott replaces Darren Uyenoyama, meets John Dodson at UFC on FOX 3». mmajunkie.com. 17 de abril de 2012. Consultado em 17 de abril de 2012. Arquivado do original em 28 de julho de 2012 
  2. «Yamamoto vs. Uyenoyama official for UFC on FOX 1». 6 de setembro de 2011. Consultado em 18 de agosto de 2016. Arquivado do original em 9 de outubro de 2012 
  3. «Uyenoyama-Gaudinot added to UFC on FX 5». mmajunkie.com. 1 de agosto de 2012. Consultado em 18 de agosto de 2016. Arquivado do original em 4 de agosto de 2012 
  4. «UFC confirms fights for UFC on FX 5, Uyenoyama vs. Harris now on tap». mmajunkie.com. 22 de agosto de 2012. Consultado em 18 de agosto de 2016. Arquivado do original em 26 de agosto de 2012 
  5. Matt Molgaard (6 de março de 2013). «Joseph Benavidez Will Return Against Darren Uyenoyama at UFC on FOX 7». bleacherreport.com. Consultado em 6 de março de 2013 
  6. Luke Thomas (29 de setembro de 2013). «Darren Uyenoyama vs. John Moraga set for UFC on FOX 9 fight card». mmafighting.com. Consultado em 29 de setembro de 2013 
  7. Dave Doyle. «Injury forces John Moraga out of UFC on FOX 9 bout with Darren Uyenoyama». mmafighting.com. Consultado em 26 de novembro de 2013 
  8. Pacific Daily News. «Aguon and Dy will fight for bantamweight title at PXC 45». guampdn.com. Consultado em 13 de setembro de 2014. Arquivado do original em 9 de setembro de 2014 
  9. PXC: PACIFIC XTREME COMBAT 45
  10. PXC: PACIFIC XTREME COMBAT 47

Ligações externas[editar | editar código-fonte]