David Civera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Civera
David Civera no 906º programa de Luar
Informação geral
Nascimento 8 de janeiro de 1979 (37 anos)
Local de nascimento Flag of Spain.svg Teruel, Aragão, Espanha
Ocupação(ões) Cantor

David Civera Gracia (Teruel, Aragão, Espanha, 8 de janeiro de 1979) é um popular cantor espanhol.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Civera iniciou a sua carreira musical com 17 anos, quando concorreu ao programa “Lluvia de estrellas” , uma espécie de Chuva de Estrelas, naquele programa imitou Enrique Iglesias com a canção “Es una experiencia religiosa”. Em 1998 gravou o seu primeiro disco: Hoy como ayer.

Iniciou a sua carreira televisiva, trabalhando durante certo tempo no programa "Canciones de nuestra vida" . O produtor Alejandro Abad interessou-se por ele, quando atuava no dito programa e surgiu o seu primeiro álbum do artista : “Dile que la quiero”.

2001-2005: Festival Eurovisão da Canção e boom mediático[editar | editar código-fonte]

A canção "Dile que la quiero" foi eleita para representar a Espanha no Festival Eurovisão da Canção 2001 naa edição que se realizou em Copenhaga, onde terminou em sexto lugar entre 23 países participantes. O álbum que incluía a canção “Dile que la quiero” foi um êxito de vendas com mais de 400.000 cópias.[1]

Em 2002 lançou o seu terceiro trabalho: “En cuerpo y alma”, que incluía o tema “Que la detengan” que vendeu mais de 150.000 cópias em Espanha. Em 2003, saiu o disco “La chiqui big band”,[2] que com dois grandes : “Bye bye” e “Rosa y espinas”, estas duas canções chegaram ao nº do top de vendas 40 Principales,[3] [4] nesta acompanhado por David Bisbal. Nos finais dessea no, lançou um DVD, no qual se incluía um concerto e material em que se abordava a sua vida pessoal.[5] O álum foi Disco de platina tendo vendido mais de 100.000 cópias. Em 2005 editou o álbum “Perdóname”,[6] , conseguindo um disco de ouro, depois de vender mais de 40.0000 cópias.

2006-2008: Mira quién baila e grandes êxitos[editar | editar código-fonte]

Nos finais de 2005 e até fevereiro de 2006, participou como concorrente no programa de televisão “¡Mira quién baila!”, do qual saiu vencedor.

En 2006 publicou um novo disco , “Ni el primero ni el último”,[7] e um ano mais tarde faz o seu o próprio com o álbum "No bastará",[8] que não conseguiu repetir as vendas dos discos anteriores.

En março de 2008 começou como apresetnador do programa Madrid Superstar, de Telemadrid.

Em 28 de abril de 2008 publicou o álbum "Para vivir contigo"[9] e em finais foi lançado o primeiro álbum de compilações do cantor Grandes Éxitos.[10]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2001: Dile que la quiero
  • 2002: En cuerpo y alma
  • 2003: La Chiqui Big Band
  • 2005: Perdóname
  • 2006: Ni el primero ni el último
  • 2007: No bastará
  • 2008: Para vivir contigo
  • 2008: Grandes éxitos
  • 2009: Podemos elegir

Colaboração em séries[editar | editar código-fonte]

  • Esencia de poder (2001)
  • Ala...Dina (2001)
  • UPA Dance (2003)

Anuúncios publicitários[editar | editar código-fonte]

  • Jamón de Teruel (2002)
  • Muebles Rey (2006)
  • Aragón ríos limpios (2007)

Colaboração em discos[editar | editar código-fonte]

  • Todo éxitos (2001)
"Dile que la quiero"
  • Todo éxitos (2002)
"Que la detengan" y videoclip en DVD incluido
Canciones incluidas: "Me puedo enamorar", "Eres única", "Por volverte a ver", junto a Dyango "Quisiera ser", com o Dúo Dinámico "Resistiré".
En el disco participan, además, Vicente Seguí, Presuntos Implicados, Alberto Corteze Francisco.
  • Los más, la canción del verano (2006)
Canta junto a Nuria Fergó "La Bilirrubina"
  • Valemusic, A nuestra manera (2007)
Cantando una canción de David Bustamante "Devuélveme la vida"
  • Universalmusic, Realvolution(2009)
"She Below"

Tournés[editar | editar código-fonte]

Tourné Ano Concertos
Dile que la quiero 2001
Que la detengan 2002
La chiqui big band 2003
La chiqui big band 2004
Perdóname 2005
El orgullo y la visa 2006
No bastará 2007
Para vivir contigo 2008
41
Podemos Elegir 2010

Referências

  1. Los40 . «Nace David Civera en Teruel. O seu primeiro foi um enorme sucesso.» (em español). Consultado em 8 de janeiro de 2003.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); |fechaacceso= e |acesso= redundantes (Ajuda)
  2. Erro em Lua em Módulo:Citação/CS1 na linha 2140: attempt to call upvalue 'year_date_check' (a nil value).
  3. Los40 (21 de julho de 2003). «David Civera, nº1 de Los 40 Principales» (em espanhol). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  4. Los40 (20 de outubro de 2003). «Civera, nº1 de Los 40 con 'Rosas y espinas'» (em español). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  5. Los40 (26 de dezembro de 2003). «Lo mejor de 'La Chiqui Big Band' de Civera, en DVD» (em español). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  6. Los40 (27 de janeiro de 2005). «David Civera regresa pidiendo perdón en su cuarto disco» (em español). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  7. Los40 (29 de maio de 2006). «'Ni el primero ni el último' será o novo disco de David Civera» (em español). Consultado em 16 de junho.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  8. Vale Music (1 de junho de 2007). «David civera regresa más pop que nunca con su nuevo álbum 'No bastará'» (em español). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  9. Vale Music (28 de abril de 2008). «'Para vivir contigo' el nuevo disco de david civera ya a la venta» (em español). Consultado em 16 de junio.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  10. Vale Music (24 de novembro de 2008). «David civera celebra 10 años de su carrera con su nuevo álbum» (em español). Consultado em 19 de fevereiro de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]