Diádocos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Diádocos (em grego clássico: Διάδοχοι; transl.: Diádochoi , lit. "sucessores"), na história do Helenismo, foram os generais de Alexandre, o Grande que guerrearam entre si pelo Império Macedônico. O termo, porém, ainda servia para designar o fundador de uma escola filosófica, razão pela qual era sinônimo de escolarca. No Reino da Grécia, era o título que designava o príncipe herdeiro.[1][2][3]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]