Dina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se foi redirecionado(a) para esta página e não é a que procura, consulte: Dina (desambiguação).

O dina (português brasileiro) ou dine (português europeu) é a unidade de medida padrão do Sistema CGS de unidades para representação de força.

Dina é definida como a força necessária para provocar uma aceleração de um centímetro por segundo quadrado em um corpo de massa igual a um grama, e equivale a 10 micro newtons (10-5 N). O símbolo para esta unidade é dyn.

1 dyn = 1 g⋅cm/s2 = 10−5 kg⋅m/s2 = 10−5 N

Devido sua pequena magnitude, comparado a uma força em newtons, esta unidade de medida é geralmente utilizada para medições de tensão superficial (dyn/cm²), em balanças de precisão e em aparelhos de elevada precisão.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O nome vem do grego (δύναμις (dynamis), que significa força, poder). Os nomes dina e erg foram primeiramente propostos como unidade de força e energia em 1861 por Joseph David Everett.[2] Os nomes foram reutilizados em 1873, pelo Committee of the British Association, (da qual Everett fazia parte) usando o Sistema CGS de unidades para sistemas elétricos e dinâmicos.

Referências

  1. Joseph David Everett. «Full text of "Units and physical constants"». archive.org (em inglês). Consultado em 4 de agosto de 2017 
  2. Rossiter, William (1879). Dictionary of Scientific Terms. London and Glasgow: William Collins, Sons, and Coy. p. 109 
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.