Discussão:Ação Nacional Popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

1.Apagar informações em Ação Nacional Popular[editar código-fonte]

Bem-vindo à Wikipédia. A edição que fez na página Ação Nacional Popular foi revertida por ter apagado informações sem fornecer uma explicação. Da próxima vez que o fizer por favor apresente a justificação para apagar dados no Sumário de edição ao editar a página ou posteriormente na Página de discussão desse artigo. Se quiser fazer apenas testes de edição tem à sua disposição a Página de testes onde editar à vontade sem danificar a Wikipédia. Recomendamos também a leitura da página Breve introdução sobre a Wikipédia. Obrigado. Daimore msg 18h48min de 27 de abril de 2009 (UTC)

  • Agradeço a preocupação, mas não me sinto bem-vindo à Wikipédia, embora por cá ande há muitos anos. O clima de autoritarismo e imposição pelo número de uma comunidade sobre outra levou e leva diversos cidadãos Portugueses, como eu, a preferirem ter o seu lugar na Wikipedia Inglesa ou até Espanhola, Francesa, Italiana e Alemã.
  • O senhor Daimore anda a fazer policiamento das ilegalidades cometidas pelos seus conterrâneos que, há muito tempo, andam ansiosos por implementar o (na opinião de todos os Portugueses, aberrante) Acordo Ortográfico de 1990, que nunca foi aprovado. O que foi aprovado pelo nosso actual Governo foi um Protocolo Modificativo que se baseia no Acordo Ortográfico de 1990, e que não tem qualquer validade legal e está em contestação nacional nos órgãos competentes. O Protocolo instaurado em 2008, feito à revelia da vontade dos Portugueses e das instituições competentes, assume um período de transição de 6 anos.
  • Mas o mais importante é que ambos o Acordo Ortográfico de 1990 ou o recente Protocolo (que não está consumado) não admitem rescrição de nomes ou intituições fundadas antes 2014. Não tem efeitos de adulteração rectroactiva. Se os Brasileiros se sentirem incomodados com nomes de pessoas como Baptista ou de instituições como Acção Nacional Popular, terão de criar os seus redireccionamentos para os nomes originais e não o inverso. A Lei Portuguesa não o permite. Consulte o Diário da República se necessitar de esclarecimentos. É necessária mais alguma explicação? --217.129.73.35 (discussão) 22h31min de 2 de maio de 2009 (UTC)
Citação: você escreveu: «É necessária mais alguma explicação?» Sim, na verdade uma prova. Prove que todos os portugueses consideram "aberrante" o AO 1990, como você afirmou tão categoricamente aqui. Eu me limito a sugerir-lhe uma leitura, como tanto você fez a mim: GNU FDL. Se você um pouquinho mais educado, pediria para eu - ou qualquer um - mover a página de volta, não dar todo o crédito a você pela criação da mesma. Informe-se um pouco melhor antes de fazer suposições tão graves. Daimore msg 00h37min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Citação: 217.129.73.35 escreveu: «É necessária mais alguma explicação?» É necessária mais alguma prova que a Lei Portuguesa não permite a alteração de nomes originais de Pessoas ou Instituições. A pergunta é bem explícita. Ignorando isto com um apelo emocional ao meu comentário pessoal e empírico sobre a revolta que os Portugueses sentem de Norte a Sul é uma manobra de distracção.
Mas já que falas nisso, este protocolo modificativo está a ser combatida nos tribunais da União Europeia e conta com uma grande petição apoiada por grandes figuras nacionais de Portugal e por todo o meio académico. Tenho de justificar o que é verdade? Ou vocês andam tão longe da nossa realidade que a ignoram por completo?
Nem percebo que história é essa do crédito, eu não pretendo crédito nenhum, só estou a repor a legalidade de uma situação, por iniciativa própria. Além de que não faço quaisquer suposições. O desconhecimento dos Brasileiros sobre o Portugal real é em geral grande, mas isso não interessa para aqui. E também não percebo onde faltei à educação a alguém. Se há alguém que desrespeita as nossas leis são vocês, atropelando os nossos nomes. A Wikipédia Brasileira decidiu implementar o Protocolo Modificativo, mas está a aplicá-lo para além do permitido.
Voltando ao essencial e evitando os apelos emotivistas, aqui não está em causa qualquer GNU FDL (que foi em primeiro lugar violada pelo Maurício) nem a opinião dos Portugueses, aqui está em causa o uso abusivo do Protocolo Modificativo que não admite qualquer alteração aos Nomes Próprios de Pessoas Singulares, Colectivas ou Instituições, se não for requerido pelas mesmas. Como a Acção Nacional Popular é uma instituição defunta, não pode ser alterado o seu nome original, nem que tivesse erros ortográficos como "Assão Nassional Popolar", por exemplo. É sobre isto que pergunto se existe alguma dúvida. Ou vamos andar aqui a brincar com a idoneidade de instituições como a Lei Portuguesa?--217.129.73.35 (discussão) 03h04min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Não, quanto a isso não existe nenhuma dúvida da minha parte. Desde o primeiro momento minha maior preocupação foi a de manter o histórico da página, algo que você vem desrespeitando reiteradamente. Com a moção do Maurício o histórico está todo salvo, enquanto você toma o conteúdo como introduzido por você. Acho que você não entendeu ainda que não me oponho à moção para o nome original que, como bem afirmou, é de uma instituição defunta que, como pessoas, não pode ter seu nome mudado. Foi um erro do Maurício e outro erro seu, sistemático. Como disse alguém da ABL, "Os nomes próprios devem ser atualizados nos registros de nascimento para os que estão nascendo. Quem foi registrado com uma determinada grafia, permanece com a mesma grafia do registro por toda a vida.". Basta pedir, basta não insistir na destruição do histórico. Basta ser um pouco menos arrogante e não presumir má-fé, além de mandar uma mensagem a mim, não a si mesmo. Assim que fizer isso eu movimentarei a página. Ou qualquer outro. Ou você mesmo (se registrar-se). Cumprimentos, Daimore msg 03h15min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Vou tomar a iniciativa de transferir a discussão, que está a decorrer na minha página de discussão, para a discussão principal da página Acção Nacional Popular. Mais acrescento que até decisão, por respeito à página original, antes da intervenção abusiva do Maurício, deverá ser mantida a dita original Acção Nacional Popular--217.129.73.35 (discussão) 03h15min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Meu caro, você está dificultando isto sobremaneira. Seja mais prático. Peça a movimentação da página. É tão simples, agora que está tudo explicado. Daimore msg 03h16min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Ok, peço desculpa, então, não percebo essa parte da autoria. Eu não tenho autoria nenhuma sobre a página. Peço desculpa então. Se puderes, então diz-me qual é procedimento para corrigir erros como o Maurício cometeu. Tudo de bom para ti.--217.129.73.35 (discussão) 03h21min de 3 de maio de 2009 (UTC)


Ok, excelente. Wink.png Peço que transfira esta discussão para a discussão do artigo no nome correto deste. Sobre a parte da autoria, todo o material publicado na Wikipédia pode ser distribuído, editado, usado para fins comerciais, etc. contanto que sejam citados os autores. Do jeito que estava a página parecia que você a havia criado. Vou movê-la. Cumprimentos, Daimore msg 03h27min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Yes check.svg Feito. Daimore msg 03h29min de 3 de maio de 2009 (UTC)


Tudo o que eu fiz no passado foi uma reversão do redireccionamento feito pelo Maurício e apresentei a justificação. Como posso ter eu tomado a autoria da página para mim? Eu quase nem a li. Só fiquei espantado e, como a maioria dos Portugueses, senti uma pequena indignação e fiz a reversão dos redireccionamentos.
Também há aqui outro ponto que não compreendo. O que é "pedir uma moção" no Brasil? Pedir um redireccionamento? E porque não posso redireccionar anonimamente de minha própria iniciativa?--217.129.73.35 (discussão) 03h30min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Meu Deus, isto parecia uma conversa de surdos! Haha! Peço desculpa então. Mensagem cá, mensagem lá, quando eu estava a fazer uma resposta, já havia outra pergunta :)
  • Então, entenda-se "moção" por "movimentação". Acho que a palavra que usei pode referir a um fenômeno climático. Mover uma página é mandar todo o seu histórico para um novo título, sem maiores perdas. Os redirecionamentos e afluentes costumam ser alterados frente a isso. Redirecionar uma página é criar uma ligação que leva diretamente à página principal a que aquilo se refere. Quanto a isso não há nenhum problema. O problema, que não atende aos requisitos da licença que utilizamos, é transferir o conteúdo de uma página para um novo nome, e então redirecionar aquele nome antigo para o novo. Isso dá todo o crédito a quem criou a nova página sem mencionar os contribuidores da página original. Porém, apenas usuários registrador podem mover páginas, e está aí a origem desse problema todo. Pior: só administradores podem mover uma página para outra, se esta última possuir histórico (qualquer usuário pode requisitar isso, no entanto). Então, vejamos: você notou, corretamente, que a página foi movida indevidamente. Porém, transferiu o conteúdo para o nome correto e redirecionou o nome incorreto para a nova página que criou, o que não pode ser feito. Se, no primeiro momento, tivesse requisitado a movimentação da página, explicando os motivos, como bem o fez, não haveria toda essa guerra de edições. Daimore msg 03h42min de 3 de maio de 2009 (UTC)
Percebi então. Peço desculpa então por desconhecer essa regra de "movimentação" e peço desculpa se pareci muito impetuoso. De facto, meu amigo, em Portugal fala-se muito sobre este assunto nas ruas; o assunto anda muito quente e as pessoas estão a reagir muito mal. Apesar de ter sido dado 6 anos para a implementação do Protocolo Modificativo, a população em geral está completamente contra e os académicos recusam implementá-lo. Nós gostamos do Português Brasileiro, mas gostamos do nosso também. As alterações são muito grandes e causam-nos grandes dificuldades. Os interessados na implementação argumentam que a reforma altera 0,5% do vocabulário Brasileiro e 1,5% do vocabulário Português, só que esse 1,5% não tem em conta todas as derivações de cada palavra e a frequência no discurso, e aí está a prova de que por trás do interesse de forçar esta união ortográfica, está nas editoras que querem poupar dinheiro não fazendo 2 traduções de um livro para cada país. Seria mais interessante uma união lexical do que uma união ortográfica. Tu já viste o caos que é a diferença de termos em todos os campos? Vejamos o científico: "Capacitor" no Brasil, "Condensador" em Portugal, "Ecrã"-"Tela", "Usuário"-"Utilizador", "Carboidrato"-"Hidrato de Carbono" - isso sim, não faz sentido porque dificulta a comunicação, dificulta a cooperação científica. Faço sentido? Tudo de bom e os melhores cumprimentos--217.129.73.35 (discussão) 04h05min de 3 de maio de 2009 (UTC)