Discussão:Câmara municipal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este artigo foi movido para um título mal formatado, visto que em Portugal se escreve Câmara Municipal não Câmara municipal. Da mesma forma se escreve Assembleia Municipal. Vou já mudar isso para o título que estava.

Ver: Câmara Municipal de Lisboa - http://www.cm-lisboa.pt/ Câmara Municipal de Sintra - http://www.cm-sintra.pt/

E os exemplos multiplicam-se... --JLCA 13:58, 24 Março 2006 (UTC)

Emprega-se a maiúscula inicial:

18. Nos nomes de órgãos de soberania ou do Governo central ou regional, regiões, repartições oficiais, instituições, estabelecimentos de qualquer natureza, ou em nomes similares de quaisquer desses: Assembleia da República, Ministério da Saúde, Região Norte, Beira Interior, Academia das Ciências de Lisboa, Escola Preparatória Pedro Santarém, Embaixada dos Estados Unidos da América, Exército, Força Aérea, Marinha, Câmara Municipal de Oeiras. Em iniciativas que assumam um carácter temporal não efémero: Presidência Aberta, Governo em Diálogo, Lisboa, Cidade Limpa.

[[1]] --JLCA 14:06, 24 Março 2006 (UTC)

Desculpe-me, mas os exemplos que você apresentou não são adequados. Ninguém disse que não se escreve "Câmara Municipal de Lisboa" ou "Prefeitura de São Paulo". Todavia, quando se trata de designação genérica é em minúsculas: "a câmara municipal daquele município" ou "a prefeitura daquele município". --Dantadd 17:48, 25 Abril 2006 (UTC)

Aqui em Portugal um órgão de soberania (seja nacional, regional, local. ...) deve ser com maiúscula inicial. Ex: Assembleia da República. Portanto, a página estava bem, mas você mudou. --JLCA 18:13, 25 Abril 2006 (UTC)

Então carece criar um Câmara Municipal (Portugal), no Brasil se diz "as câmaras municipais", "a câmara municipal votou em unanimidade", mas "a Câmara Municipal de São Paulo". --Dantadd 18:18, 25 Abril 2006 (UTC)

O Manual da PCURS (que foi escrito por professores de Letras) também refere isso:

Nos nomes de diversos setores de uma administração ou instituição.

11. Nos nomes de diversos setores de uma administração ou instituição.

Exemplos: Reitoria, Pró-Reitoria de Administração, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Pró-Reitoria de Extensão Universitária, Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários, Gabinete da Reitoria, Assessoria Jurídica, Assessoria de Comunicação Social, Gerência de Web, Conselho Departamental, Departamento de Jornalismo, Centro de Pastoral Universitária, etc http://www.pucrs.br/manualred/maiusculas.php

No fundo eu pergunto-me se você também usaria senada em vez de Senada para se referir à instituição. --JLCA 18:26, 25 Abril 2006 (UTC)

JLCA, acho que está havendo um erro de interpretação da sua parte. Eu não falo do nome próprio de um órgão específico, falo apenas da expressão genérica! É claro que se escreve "Câmara Municipal de Curitiba", mas quando se refere de forma indefinida diz-se: "as câmaras municipais brasileiras...." O artigo é sobre um termo genérico. O manual da PUC-RS fala dos nomes de instituições específicas e não do termo genérico. Por isto que se escreve "Prefeitura de Belo Horizonte" e "as prefeituras de Minas Gerais estão...". Acho que agora me fiz entender, ou não? E você adora uma letra maiúscula, que "lasqueira" heheheh --Dantadd 18:29, 25 Abril 2006 (UTC)

No fundo você volta a revelar a sua profunda ignorância, como já o tinha feito em relação ao nome Muhammad, que você teimava em dizer que estava incorrecto. Basta visitar a sua página de discussão para ver os sucessivos conflitos que você tem arranjado com as pessoas por causa dessa mania da correcção. Sugiro que se dedique a algo mais produtivo, como escrever artigos. Um órgão de soberania deve ser escrito com maiúscula inicial, sugiro que leia "Prontuário Ortográfico e Guia da Língua Portuguesa" de Magnus Bergstrom e Neves Reis antes de falar. --JLCA 18:40, 25 Abril 2006 (UTC)

Eu sinceramente não esperava esta ofensa, já que eu não o havia ofendido, havia até mesmo brincado contigo, achando que havíamos superado coisas passadas. Enfim, a discussão termina aqui já que sua cabecinha não entendeu o que é um termo genérico. E se tiver o mínimo de paciência, use o mesmo tempo que usou para bisbilhotar minha página de discussão e pesquise que você encontrará diversos artigos começados e completamente escritos por mim. --Dantadd 18:43, 25 Abril 2006 (UTC)

E você adora uma letra maiúscula, que "lasqueira" heheheh - eu não admito este tipo de brincadeira, não lhe reconheço intimidade para me tratar assim. Também não lhe dou intimidade para se referir à minha "cabecinha". Eu não me esqueci das humilhações que você me fez na Esplanada a respeito do uso de Muhammad, que chegaram mesmo ao ponto da insinuação de que eu seria uma espécie de agente islâmico na Wikipédia. A sua página de usuário está à disposição de qualquer um, assim como a minha também está, podendo as duas serem lidas por qualquer pessoa. Portanto, não é como entrar na casa de alguém para mexer naquilo que se tem nas gavetas. --JLCA 19:10, 25 Abril 2006 (UTC)

Hmmmm...que postura mais sisuda e sóbria. Vossa Senhoria se sente um comendador, não é JLCA? Eu nunca, jamais insinuei que V. Sa. fosse "agente islâmico" em lugar nenhum, acho que V. Sa. confundiu minhas declarações com as de outrem. Reveja os arquivos e leia direito. Bom, tentei ao máximo estabelecer um relacionamento cordial com V. Sa. mas não foi possível. E passando pelas diversas páginas fora do domínio principal vejo que V. Sa. gosta mesmo é de cultivar inimizades. Eu até hoje não cultivei nenhuma, mas a partir de hoje já tenho Vossa Eminência Reverendíssima. Ah! E Tudo Em Maiúsculas Para Ficar Ao Gosto De V. Sa. Tenha Uma Boa Noite. --Dantadd 19:21, 25 Abril 2006 (UTC)

Uma boa noite também para as patrulhas da Wikipédia.--JLCA 19:29, 25 Abril 2006 (UTC)

E para os donos-da-verdade também. --Dantadd 19:46, 25 Abril 2006 (UTC)