Discussão:Durval de Noronha Goyos Júnior

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Untitled[editar código-fonte]

    Prezados, Porque ainda está aparecendo o aviso de que falta fontes ou referências para o meu artigo? Já adicionei as mesmas e ela não some. Como devo proceder, por favor?

    Grato.

    --Nsao (discussão) 14h28min de 21 de maio de 2010 (UTC)[responder]

    O artigo precisa de ainda mais fontes.

    --HonraAlheia (discussão) 15h51min de 17 de fevereiro de 2012 (UTC)[responder]

    Wikipédia é uma enciclopédia livre, por quê vocês insistem em apagar conteúdo que cita fontes e que tem embasamento em uma decisão de um juiz? De fato, Durval de Noronha Goyos Jr. nunca foi árbitro da OMC ou do GATT, conforme decidido por um juiz. Ademais, Wikipédia não serve como propaganda mas sim para fatos.

    --HonraAlheia (discussão) 09h44min de 1 de abril de 2012 (UTC)[responder]

    Noronha e a OMC[editar código-fonte]

    O editor Nsao tira o tempo todo o texto sobre as afirmações infundadas de Noronha ser árbitro do OMC. Sendo que ele mesmo espalha essa informação em todos os seus livros, artigos e palestras, sem base para isso, é fundamental incluir a informação aqui. Parece que o autor original do artigo ache que wikipedia serve para propaganda. Não é esse o intuito de Wikipedia, mas sim para criar artigos baseados em fontes confiaveis sobre o verbete, mesmo se os fatos não sempre favoreçam o sujeito. Para de tirar essa informação. Como Wikipedia mesmo diz: Se não quiser que o seu texto seja editado e redistribuído, por favor, não o submeta aqui. --HonraAlheia (discussão) 19h31min de 6 de abril de 2012 (UTC)[responder]

    ER Pedido de eliminação de Página[editar código-fonte]

    Nao eh vandalismo. Noronha mesmo espalha em seus livros que ele eh arbitro da OMC. Isso faz parte da sua biografia. O fato que a informação foi tirada por ele mesmo do artigo nao altera o fato que ele diz, mesmo sem base para isso, que eh arbitro da OMC. Basta abrir um dos seus livros para confirmar. Por isso eh importante incluir essa informação aqui. Wikipédia serve para fatos, mesmo se os fatos nao favorecem o sujeito. --HonraAlheia (discussão) 12h24min de 9 de abril de 2012 (UTC)[responder]

    O administrador Gunnex sugeriu a inclusão da informação sobre Noronha e a OMC no artigo sobre Noronha, dizendo que como um artigo separado nao fazia sentido. Por isso o artigo de Noronha deve ficar.--HonraAlheia (discussão) 12h47min de 9 de abril de 2012 (UTC)[responder]

    Não entendo por que Nsao quer tanto eliminar este artigo. O primeiro pedido de eliminação já foi indeferido, por que um segundo (terceiro etc) será aceito? Que Noronha viva com as consequencias das suas afirmações públicas. Se forem verdades, o que ele, ou Nsao, tem a temer? --HonraAlheia (discussão) 12h41min de 10 de abril de 2012 (UTC)[responder]

    Guerra de edições[editar código-fonte]

    Peço a intermediação de um administrador. O editor Nsao (quem desconfio é o proprio Durval de Noronha Goyos) está desfazendo sem parar o texto sobre a OMC. Peço que um administrador julgue se tal texto deverá ficar ou não. O texto tem base em fontes confiáveis e portanto deverá ser incluido aqui. Pelo jeito, o Noronha não quera que a verdade seja espalhada sobre a verdade (ou falta dela) das suas alegações ser árbitro da OMC e do GATT (ele não é e nunca foi). Ademais, ele não se manifesta na discussão sobre os motivos de excluir o texto, que demostra claramente a sua falta de boa fé. Obrigado. --HonraAlheia (discussão) 14h21min de 7 de maio de 2012 (UTC)[responder]

    Mudança do título "Pioneiro e Emprendedor" para "Expansão internacional", e uso de livros em faculdades[editar código-fonte]

    Como Wikipédia não é um lugar para propaganda, e nao há fontes verificáveis que confirmam que Noronha é um pioneiro e emprendedor, mudei o título para "Expansão internacional", que é neutro.

    Não há menção das faculdades que usam os livros e artigos do Noronha, nem fontes, portanto recomendo a exclusão daquelas referências.--HonraAlheia (discussão) 17h41min de 14 de maio de 2012 (UTC)[responder]

    Material Contencioso Ofensivo - Vandalismo Destrutivo - Biografia de Pessoas Vivas (BPVs)[editar código-fonte]

    Prezados, Atualmente, vivenciamos uma discussão desgastante e conflituosa frente à página. Conforme podemos observar acima, foi instaurado material contencioso ofensivo, vez que tais alegações estão repletas de cunho difamatório e injurioso contra o Dr. Noronha. Assim, estamos procedendo com a devida retificação do artigo de forma, em razão do conteúdo injurioso. Sendo que conforme políticas da própria Wikipédia a orientação geral é de não denegrir o material bibliográfico de pessoas vivas, “in verbis”: “As biografias de pessoas vivas (BPVs) devem ser escritas de forma conservadora no que diz respeito à privacidade do sujeito. A Wikipédia é uma enciclopédia, não um tabloide: não é nossa função ser sensacionalista ou ser o veículo primário para a divulgação de afirmações excitantes sobre a vida da pessoa. Uma orientação geral importante a se considerar quando escrever material biográfico de pessoas vivas é “não denegrir”, em que se recomenda a análise dos seguintes fatores: “especulação ou fato”, “apresentação desproporcional de informação controversa em relação àquelas outras que tornam a pessoa notável”. Outrossim, solicitamos o bloqueio da biografia supracitada para que tão somente o usuário “Nsao” possa proceder com alterações ou aceitar aquelas que se fizerem pertinentes, vez que tal usuário atua em nome do próprio autor. Nsao (discussão) 21h13min de 4 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado Dr Noronha, a informação não é difamatória. No que ofende a sua dignidade, isso é devido às suas próprias ações. O senhor continua espalhando em outros lugares que é árbitro da OMC. Visto que o senhor citou políticas da Wikipédia, gostaria de lembrá-lo que Wikipédia também não serve para publicidade para a sua sociedade de advogados e para a sua própria pessoa. Lamento, mas Wikipédia serve para fatos, e o caso contra Celso Lafer é um fato, também é fato que o senhor perdeu o caso, e o recurso também. Mesmo assim, continua espalhando uma mentira. Fato é que o senhor não é e nunca foi árbitro, nem da OMC, nem do GATT, fato é que o senhor diz que é árbitro. Wikipédia permite a inclusão de fatos com as falsidades que o senhor promove. Não inventei nada, inclui apenas fatos que são livremente disponíveis para tudo mundo na internet, e nos arquivos do tribunal onde o senhor sofreu duas derrotas. --HonraAlheia (discussão) 11h53min de 6 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado “honraAlheia”, O conteúdo disponibilizado por V. Sa., é inverídico, difamatório e injurioso. Sendo que constituem crime conforme nossa legislação penal: Difamação - Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. Injúria - Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa. Ademais, são contrárias as políticas da Wikipédia por tratar-se de nítido material contencioso ofensivo, vez que tais alegações estão repletas de cunho difamatório e injurioso. Assim, estamos procedendo com a devida retificação do artigo de forma, em razão do conteúdo injurioso. Sendo que conforme políticas da própria Wikipédia a orientação geral é de não denegrir o material bibliográfico de pessoas vivas, “in verbis”: “As biografias de pessoas vivas (BPVs) devem ser escritas de forma conservadora no que diz respeito à privacidade do sujeito. A Wikipédia é uma enciclopédia, não um tabloide: não é nossa função ser sensacionalista ou ser o veículo primário para a divulgação de afirmações excitantes sobre a vida da pessoa. Uma orientação geral importante a se considerar quando escrever material biográfico de pessoas vivas é “não denegrir”, em que se recomenda a análise dos seguintes fatores: “especulação ou fato”, “apresentação desproporcional de informação controversa em relação àquelas outras que tornam a pessoa notável”. 200.205.208.2 (discussão) 19h36min de 6 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado Durval, não digo nada diferente do que Celso Lafer publicou sobre você, e o tribunal achou a favor dele. Se o que eu escrevi fosse realmente ofensivo a você, o Celso Lafer estaria preso em termos da legislação que você citou. Fato que não aconteceu, significa que a sua ameaça é vazia.--HonraAlheia (discussão) 20h04min de 6 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Resposta a editor Nsao[editar código-fonte]

    Prezado Sr. Noronha, eu vou responder frase a frase à sua discussão para explicar de vez as razões pelas quais o texto sobre a sua alegação de ser árbitro da OMC deve ficar no verbete, e para evitar a necessidade de explicar cada vez porque desfaço a sua sabotagem.

    Nsao: Prezado “honraAlheia”, O conteúdo disponibilizado por V. Sa., é inverídico, difamatório e injurioso.

    HonraAlheia: O conteúdo é verdade, baseado em fatos e fontes confiáveis. Portanto não é difamatório e nem injurioso. Se a informação causar-lhe alguma injúria, é porque o senhor mesmo diz que é arbitro sem que ocupe de fato tal cargo, não obstante que dois tribunais acharam que essa sua afirmação é falsa. São as suas próprias ações, portanto, que lhe causam injuria.

    Nsao: Sendo que constituem crime conforme nossa legislação penal: Difamação - Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. Injúria - Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

    HonraAlheia: Sendo que apenas resumi fontes que são livremente disponíveis no domínio público, não tem difamação e nem injúria. Repito que, se o que escrevi no artigo fosse difamação ou injúria, Celso Lafer estaria preso, e não absolvido. O juiz concordou com ele quando disse que o senhor não é e nunca foi árbitro da OMC, isso quer dizer que o juiz também cometeu crime em termos dos artigos referidos?

    Nsao: Ademais, são contrárias as políticas da Wikipédia por tratar-se de nítido material contencioso ofensivo, vez que tais alegações estão repletas de cunho difamatório e injurioso.

    HonraAlheia: A fonte da “ofensa” é o senhor mesmo, portanto não pode reclamar quando outros contam das suas falsidades. Se o senhor conferir várias outras biografias, o senhor vai ver que incluem frequentemente fatos que não favorecem o verbete (veja, por exemplo, o verbete sobre Bill Clinton que inclui dados do seu caso com Monica Lewinski, fato que não é muito favorável a ele).

    Nsao: Assim, estamos procedendo com a devida retificação do artigo de forma, em razão do conteúdo injurioso.

    HonraAlheia: Vou desfazer as suas “retificações” cada vez. O mundo tem o direito de saber a verdade e o intuito da Wikipédia é ser uma fonte de fatos, ou seja, da verdade.

    Nsao: Sendo que conforme políticas da própria Wikipédia a orientação geral é de não denegrir o material bibliográfico de pessoas vivas, “in verbis”: “As biografias de pessoas vivas (BPVs) devem ser escritas de forma conservadora no que diz respeito à privacidade do sujeito.

    HonraAlheia: O meu texto cumpre totalmente essa política. O senhor espalha publicamente, nos seus livros, nas suas palestras, nos seus sites, que é arbitro da OMC, então, esse não é um assunto privado. Falando de políticas da Wikipédia, uma delas é não sabotar o conteúdo. Cada vez que o senhor tira o meu texto, o senhor comete sabotagem, pois está tirando informação verídica e referenciada. Então, quem não está cumprindo as políticas da Wikipédia é o senhor. Outra política dá para ler no final das páginas de edição, nomeadamente: “Se não quiser que o seu texto seja editado e redistribuído, por favor, não o submeta aqui.” O senhor se faria um grande favor se lembrar disso.

    Nsao: A Wikipédia é uma enciclopédia, não um tabloide: não é nossa função ser sensacionalista ou ser o veículo primário para a divulgação de afirmações excitantes sobre a vida da pessoa.

    HonraAlheia: As minhas afirmações têm fontes, portanto não usei Wikipédia como veículo primário, e muito menos são sensacionalistas. Qualquer pessoa pode ir ler as fontes que citei (e tem muitas fontes que não citei por causa do excesso). Expor uma falsidade que alguém espalha por todo canto não é sensacionalista.

    Nsao: Uma orientação geral importante a se considerar quando escrever material biográfico de pessoas vivas é “não denegrir”, em que se recomenda a análise dos seguintes fatores: “especulação ou fato”, “apresentação desproporcional de informação controversa em relação àquelas outras que tornam a pessoa notável.

    HonraAlheia: Não concordo que o senhor é uma pessoa notável. Pessoas notáveis não precisam inventar histórias ou falsificar o seu currículo (como Celso Lafer disse) para criar notoriedade. O meu texto não o denegriu, constatou apenas fatos que estão livremente disponíveis. O senhor mesmo se denigre. O meu texto não é especulação, e a apresentação foi proporcional. A informação não é controversa, pois dois tribunais decidiram de vez que o senhor não é, e nunca foi, árbitro da OMC ou do GATT. Recomendo a leitura das fontes, inclusive a decisão dos juízes, que citei para a sua melhor orientação. --HonraAlheia (discussão) 20h45min de 7 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Guerra de edições improdutiva[editar código-fonte]

    Caros editores, acabo de proteger totalmente este artigo. Durante o tempo que durará sugiro que pense num modo de adequar o artigo às políticas da wikipédia, nomeadamente a ausência de fontes que suportem o afirmado no texto. Esta guerra só é possível pq o conteúdo não está suportado por fontes fiáveis e independentes, ou seja cada um escreve o que lhe apetece seja especulativo ou seja verdade! A não ser assim eliminarei todo o conteúdo não referenciado e qualquer remoção posterior será resolvida com bloqueios de conta e proteção de página por um período bem longo. Espero que a msg seja devidamente compreendida. --Nelson Teixeira msg 07h28min de 10 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Caro Nelson, gostaria de informar que o meu conteúdo foi bem referenciado. O texto de editor Nsao não tem nenhuma fonte fiável, além de ser autobiográfico e publicidade.--HonraAlheia (discussão) 08h53min de 10 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Se assim é nada tem a recear, as partes referenciadas serão sempre preservadas. --Nelson Teixeira msg 08h59min de 10 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado Nelson. Pus de novo o meu texto, o que poderá ver tem amplas fontes, fiáveis e indepentes ao contrario do texto de Nsao. O texto é objetivo e neutro. Agradeceria a sua opinião. --HonraAlheia (discussão) 07h31min de 13 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Guerra de Edições[editar código-fonte]

    Caros Nsao e HonraAlheia,

    Este é o último aviso a ambos. Novas edições sem discussão nesta página (ironicamente chamada de "página de discussão") serão revertidas e os srs. serão bloqueados. Este tipo de comportamento por aqui não pode e não será tolerado, pois destroem o histórico da página, algo intolerável. Último aviso aos dois. José Luiz disc 02h14min de 17 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado Sr. José Luiz, edição feita para adicionar fontes e documentos que indicam que Durval de Noronha Goyos Jr. é Árbitro da OMC e GATT. Grato. Nsao (discussão) 13h47min de 19 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Sr. Noronha, essa é uma lista indicativa, e não significa nada. As listas são de 1996 e seu nome não aparece na lista mais recente da OMC de 2011. Mas, diga-nos, por que os tribunais, na primeira e na segunda instância, não aceitaram esses documentos? Acima disso,você nunca foi chamado ser um árbitro em qualquer caso. Portanto, essas fontes são falsas e deveriam ser eliminadas.--HonraAlheia (discussão) 17h25min de 19 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezados, somos colaboradores da Wikipédia não somos o Sr. Noronha, e as fontes são fidedignas e autênticas. Estamos à disposição para eventuais esclarecimento. Lembrando que o usuário “HonraAlheia” continua com discussões em nítido material contencioso, contrárias as políticas da Wikipédia. Atenciosamente Nsao (discussão) 18h46min de 19 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Caro Editor Nsao. Juraria, pelo seu estilo, agressividade, a falta de responder às fontes que coloquei e uso de palavras antiquárias, que você fosse o Noronha mesmo. As fontes que você colocou sobre Noronha deixam as seguintes perguntas: 1. Por que os tribunais não aceitaram esses documentos como prova que Noronha é árbitro? 2. Por que Noronha nunca participou de nenhum painel da OMC ou do GATT? 3. Por que o nome dele não aparece na lista mais recente de árbitros da OMC? 4. Por que não há nenhum documento da OMC confirmando que ele é arbitro? Falo de uma carta no papel timbrado da OMC. Não é o papel do Itamaraty ou da OAB nomear árbitros da OMC. Essas perguntas e dúvidas reforçam a conclusão do tribunal que Noronha estava apenas um uma lista indicativa sem caráter oficial e que, portanto, ele não é um árbitro. Se esses documentos realmente fossem prova de ser árbitro, ele teria ganho a ação contra Celso Lafer. Espero as suas respostas sobre essas dúvidas o mais breve possivel, se não, vou colocar o meu texto, modificado, de volta. Noronha parece usar essa alegação de ser árbitro para criar alguma credibilidade que lhe falta, igual ao que ele faz quando diz que Noronha Advogados é o maior escritório de advocacia da América do Sul, enquanto tem uns 20 advogados trabalhando para ele. --HonraAlheia (discussão) 18h07min de 20 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Prezado, agradecemos seus comentários, não obstante terem nítido cunho ofensivo e infundados contra o Prof. Noronha, o que nos faz crer que se trata de rixa pessoal. No mais, as certidões são fidedignas e a veracidade das mesmas podem ser aferida por se tratarem de cópias autenticadas em cartório. Caso lhe interesse maiores informações favor contatar diretamente o Ministério das Relações Exteriores. Atenciosamente, Colaboradores da Wikipédia. Nsao (discussão) 21h03min de 20 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Caros Colabores, acho que não entenderam as perguntas (não foram apenas comentarios), portanto vou resumir para uma única pergunta: por que Noronha não ganhou a ação contra Celso Lafer mesmo com as certidões "fidedignas"? --HonraAlheia (discussão) 10h03min de 21 de julho de 2012 (UTC)[responder]

    Comprovantes disputados de ser árbitro[editar código-fonte]

    Estimado Nsao, analisei os documentos que você colocou como "provas" de Noronha ser árbitro. Todos esses documentos indicam que o Noronha estava apenas em uma lista indicativa, e que ele nunca atuou como árbitro, que seria a única prova verídica e fidedigna que ele foi em algum momento árbitro. Mesmo o documento do GATT diz que o Noronha foi apenas recomendado para inclusão pela missão permanente do Brasil. Não existe nenhum documento provando que ele foi de fato, em algum momento, árbitro da OMC. O documento da OAB não prova que ele é árbitro, uma vez que é apenas o relatório de um inquérito disciplinar. A lista da OMC é de 1995, e a lista mais recente de árbitros da OMC não o inclui como árbitro. Esses mesmos documentos foram apresentados para o juiz no caso contra Celso Lafer, e não foram aceitos como prova de Noronha ser árbitro. Portanto, dizer aqui na Wikipédia que ele é arbitro é enganoso. Wikipédia não pode aceitar como verdade o que Noronha não conseguiu provar em um tribunal. Portanto, peço que coloque a situação em contexto ou indicando que ele esteve apenas em uma lista indicativa, ou tirando qualquer menção da OMC ou do GATT. Senão, eu vou fazê-lo. --HonraAlheia (discussão) 14h32min de 28 de julho de 2012 (UTC)[responder]