Discussão:Humanismo secular

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Texto de proselitismo religioso[editar código-fonte]

    Mais uma página com propaganda religiosa.. ou deve ser reformulada, ou colocada como "Humanismo secular segundo a religião xyz". Kodai 16:57, 14 Jan 2005 (UTC)

    Não Kodai, o assunto é conveniente, o problema é que houve um vandalismo que eu já reverti. Campani 17:52, 14 Jan 2005 (UTC)
    Concordo Campani ... Ao contrário, seria até anti-religioso se assim pode ser dito. Mas há um erro de expressão no artigo : É que a locução humanismo secular não designando uma entidade, nem religião, nem mesmo um movimento organizado ou consagrada corrente filosófica (senão uma postura ou estado gnoseológico de algumas pessoas), não teria as iniciais maiúsculas (Humanismo ...) . Trata-se de uma mera expressão idiomática embora bem caracterizada e definida. Pode-se-ia usar negrito, ou itálico ou mesmo aspas para enfatizar os vocábulos já que sua expressão é o próprio tema do discurso - mas as maiúsculas, fazem-nos pressentir uma entidade ou personalidade em verdade inexistente) SDS --RubensL 18:26, 14 Jan 2005 (UTC)
    Me desculpe, Rubens, mas não é o que acontece. O Humanismo Secular é sim um movimento organizado, como se pode ver facilmente nas referências do artigo da Wikipedia de língua inglesa. Por esse motivo pode e deve ter iniciais maiúsculas. A circunstância de que não há ainda um movimento organizado bem conhecido nos países de língua portuguesa não chega a ser relevante. Luis Dantas

    Não é o que se lê - ou o que se le é ![editar código-fonte]

    Olá Luis ... O texto do artigo não bate com o que você afirma acima (de tratar-se de organização, embora (então duvidosamente) não religiosa). De duas uma : Ou não há entidade, órgão, personalidade e - o artigo está ótimo, ou há, e trata-se de sutil propaganda (e a sutilesa está em 'omitir' a existência da tal entidade (grêmio, clube, associação (se não quizer, religião não teísta)).

    Que confusão. Eu disse que se trata de um movimento organizado, não de uma organização. E de qualquer forma, que importa se existe ou não uma (única, suponho) organização, ou mesmo se ela é mencionada? O HS é uma postura filosófica que por sua vez é representada por várias organizações. Qual é o problema? Luis Dantas 14:40, 18 Jan 2005 (UTC)
    - O que eu propús com as minúsculas é justamente secularizar o texto : Eu próprio me tenho por humanista (desde que seu xará Luiz IV deu os nomes aos edifícios humanas, exatas e biológicas), e, justamente por não ser religioso, nem de ofício nem por diletantismo, penso ser o que há de mais laico ou secular.
    - Portanto, sou um humanista secular (com minúsculas) e note, no momento em que afiliar-me, associar-me, pegar minha carteirinha ou escrever "Humanismo", deixarei de ter o principal atributo que penso ter, o de 'livre pensador.
    Continuo sem ver qual é o problema. Luis Dantas 14:40, 18 Jan 2005 (UTC) ]
    - Aliás, de rotarianos a maçons, todos gostam de se acharem livres-pensadores, mas só a existência de doutrinas e estatutos em suas organizações, sejam quais forem, já os contradizem.
    - Mas confesso, o artigo está bom mesmo - ressalvada aquela indicação subliminar (conjugada à resvaladia omissão da existência da(s) entidade(s)). --RubensL 17:49, 17 Jan 2005 (UTC)
    Com certeza o humanismo secular NÃO é um movimento, agremiação ou religião. É sim uma estrutura teórica/pragmática/ideológica. Dizer o contrário seria o mesmo que chamar o evolucionismo, por exemplo, de "agremiação","igreja" ou "movimento". Campani 19:31, 17 Jan 2005 (UTC)
    Foi o que pensei, Campani. Mas duvidando, deixo o benefício da dúvida.--RubensL 23:21, 17 Jan 2005 (UTC)
    Essa não foi uma comparação muito feliz. Evolucionismo é uma teoria científica, Humanismo Secular é uma postura filosófica e ideológica. São escopos completamente distintos, ainda que haja afinidade natural entre um e outro. O HS é sim um movimento (e pode ser considerado uma religião também) sem deixar por isso de ser uma proposta filosófica e ideológica. Será que a existência de um partido comunista torna o Marxismo menos ideológico? Luis Dantas 14:40, 18 Jan 2005 (UTC)

    ---

    Caro Luis ... o evolucionismo (com 'e' minúsculo) é uma teoria, e Charles Darvin (não sei se é assim o nome)(mas as iniciais seguramente são maiúsculas) é uma pessoa. Assim, em bom português, as pessoas, entidades, lugares tem seus nomes próprios com iniciais maiúsculas. Bom ver que cristianismo e budismo escrevem-se com iniciais minúsculas, mas Igreja Católica, que é um ente, tem as iniciais maiúsculas. Sem ingressar no mérito, é bom você definir logo : Ou é ou não é um ente, para usar ou não as iniciais maiúsculas. Depois discutimos o mais :-) . Um abraço--RubensL 15:30, 18 Jan 2005 (UTC)
    Amigos, acabo de descobrir esta "ideologia" sempre vivida por mim, mas não possuia este referencial do humanismo secular. Acredito na definição do termo como um conjunto de idéias, uma definição mais aproximada de um tipo de ateísmo. Pesquisei e li bastante sobre o humanismo secular, pude notar que não podemos definir o termo como uma religião ou qualquer tipo de organização. Uma religião, por exemplo, precisa contemplar a existência de seres superiores, algo subjetivo e místico. Portanto, não teria relação alguma com o humanismo secular, pois ele obedece lógica científica. Aqui encontrei algumas informações esclarecedoras sobre o humanismo secular: Humanismo Secular Portugal. Abraço a todos! --Augusto Moser 15:02, 27 Jun 2005 (UTC)
          Bom dia.
               Acabo por não perceber se a vossa discussão é ortográfica, semantica, linguistica,
          semiológica, filosófica, epistemológica, e.t.c. Mas considero-a pertinente se me disse-
          rem que buscam uma definição epistemolócica do conceito " humanismo secular ".(escrevi
          com iniciais minúsculas porque me refiro ao conceito)
               Cuidado com as definições e seus paradigmas filosóficos e linguisticos. Como todos
          sabemos podem ser redutores até ao absurdo.
                                                           Dias Viana,P
    

    Mas quem são os humanistas seculares ?[editar código-fonte]

    Prezados RubensL, Luis Dantas, Kodai e outros,

    afinal de contas, quem são os autores mais destacados do Humanismo Secular ?? Talvez seja um engano meu, mas até aqui todos os movimentos seculares sobre os quais li tinham indicação de seus expoentes mais destacados.

    Obrigado, --Hgfernan 17:20, 13 Novembro 2005 (UTC)