Cruz de Voo Distinto (Estados Unidos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dfc-usa.jpg

A Cruz de Voo Distinto é uma condecoração militar atribuída a qualquer funcionário ou membro alistado das Forças Armadas dos Estados Unidos, reconhecidos por ato de "heroísmo ou conquista extraordinária enquanto participava de um voo aéreo, após 11 novembro de 1918."[1]

A Cruz de Voo a Distinto, foi autorizada por uma lei do Congresso de 2 de julho de 1926, modificada pela Ordem Executiva 7786 de 8 de janeiro de 1938.[2] Ela foi criada retroativamente a partir de 11 de novembro de 1918. Acreditando que também poderia ser concedido àqueles que tinham sido recomendados a receber a Medalha de Honra, a Cruz para Serviços Distintos, a Cruz da Marinha ou a Medalha de Serviços Distintos, mas que não teriam sido concedidos.

A primeira pessoa a recebê-la foi o capitão Charles Lindbergh que a recebeu por cruzar o Oceano Atlântico em voo sem escalas (Nova Iorque / Paris) em 1927.[2] O primeiro membro da Marinha a recebê-lo foi o Comandante Richard Byrd. em 9 de maio de 1926, sobrevoando o Polo Norte.

Referências

  1. «Distinguished Flying Cross» (em inglês). GruntsMilitary.com 
  2. a b «The Distinguished Flying Cross Society». web.archive.org. 15 de julho de 2010. Consultado em 12 de dezembro de 2018