Distorção (telecomunicações)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Nas telecomunicações e no processamento de sinais, chama-se distorção à transmissão infiel de sinais, decorrente da atenuação e do deslocamento de fase de diferentes componentes de frequência. Por exemplo, uma onda quadrada fica arredondada ("espalhada") quando transmitida em par trançado. Este tipo de distorção, denominada "distorção linear", pode ser particularmente corrigida no receptor por meio de um equalizador que possua características inversas às do canal.

A distorção pode advir de várias causas, como a troca de funções de mecanismos como um transistor ou amplificador operacional. Pode ser causada também por um componente eletrônico passivo, como o cabo coaxial, a fibra óptica etc.

Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.