Domar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Domar
Rei lendário dos Suíones
Representação de Domar de 1554 na História de João Magno
Reinado século III
Antecessor(a) Domalde
Sucessor(a) Dyggve
Descendência Dyggve
Casa Casa dos Inglingos
Pai Domalde

Domar (em nórdico antigo: Dómarr) foi um rei lendário dos Suíones no século III. É talvez o primeiro monarca a que se pode chamar Rei dos Suíones, no sentido de rei do Reino dos Suíones (Svea Rike). Está mencionado na Ynglingatal do poeta norueguês Tjodolfo de Hvinir do século IX, e na Saga dos Inglingos do historiador islandês Snorri Sturluson do século XIII. É ainda objeto de citação mínima na História da Noruega, um manuscrito norueguês do século XII, e na Íslendingabók, um manuscrito islandês do século XII.

Pertenceu à Casa dos Inglingos, sendo filho do rei Domalde e pai do rei Dyggve. Viveu em Velha Upsália. Foi casado com Drott, irmã do rei Dan – primeiro rei da Dinamarca, segundo uma lenda tradicional, sem fundamentação histórica. Durante o seu reinado houve boas colheitas e paz. Morreu de morte natural, e está sepultado em Velha Upsália.[1][2]

Referências

  1. Snorri Sturluson. «Ynglinga saga» (em Nórdico antigo). Heimskringla. Consultado em 28 de janeiro de 2017 
  2. Lagerqvist, Lars; Nils Åberg (2004). «Saga och sägen om våra förhistoriska kungar (Lendas e tradições dos nossos reis pré-históricos)». Litet lexikon över Sveriges regenter (Pequeno léxico dos regentes da Suécia) (em sueco). Boda kyrkby: Vincent. p. 7. 63 páginas. ISBN 91-87064-43-X 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Domalde
Rei da Suécia
Século III
Sucedido por
Dyggve