Dresdner Sportclub 1898

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dresdner SC
Dsc1898 Logo.svg.png
Nome Dresdner Sportclub 1898
Fundação 30 de abril de 1898 (115 anos)
Estádio Heinz-Steyer-Stadion
Capacidade 20.000
Presidente Günther Rettich
Competição Bezirksklasse Dresden, Grupo 4 (VIII)
Divisão 2011
Website Site oficial
Kit left arm black stripes.png Kit body blackstripes.png Kit right arm black stripes.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Hauptverein Dresdner Sport-Club 1898 e.V. é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 30 de abril de 1898, sediada em Dresden, na Saxônia. Além do futebol, o clube comporta várias seções, entre outras, de atletismo, ciclismo, ginástica, halterofilismo, natação, salto ornamental e vôlei masculino e feminino.

História[editar | editar código-fonte]

Dresdner SC (1898-1945)[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 1900, o Dresdner SC 1898 foi um dos fundadores da Federação Alemã de Futebol (DFB). Esse clube, de história longa e rica, conheceu diferentes períodos. Uma inatividade entre 1950 e 1966 no futebol permitiu ao SC Einheit Dresden que fosse indiretamente o seu herdeiro.

O Dresdner SC foi criado em um restaurante do hotel Stadt Coblenz. Foi considerado como o sucessor do Dresden English FC, um dos pioneiros do futebol alemão.

O clube que criou ao longo do tempo vários departamentos de esportes diferentes ganhou uma bonita reputação nos anos 1920 e 1930. O atleta Rudolf Harbig estabeleceu seis recordes mundiais. As equipes masculinas de futebol e de hockey no gelo, assim como as mulheres do Handebol se puseram em evidência.

A partir de 1933, o Dresdner SC evoluiu na Gauliga Sachsen, uma das dezesseis ligas de nível máximo criadas por ordem dos nazistas. O clube conquista seis vezes essa liga e foi vice-campeão por três ocasiões durante as temporadas de sua existência. Em 1940 e 1941, o vence a Tschammer Pokal, a ancestral da DFB Pokal, conhecida como Copa da Alemanha.

Em 1945, o clube foi dissolvido pelas tropas de ocupação aliadas. Alguns antigos membros do clube reconstituíram a Sportgemeinschaft Friedrichstadt ou SG Friedrichstadt, conhecida apenas como SG Dresden-Friedrichstadt.

Era na República Democrática Alemã[editar | editar código-fonte]

SG Dresden-Friedrichstadt[editar | editar código-fonte]

Três das nações aliadas vitoriosas França, Reino Unido, Estados Unidos produziram a constituição da Alemanha Ocidental (RFA), a quarta potência, a URSS, ficou com o controle da parte oriental do país, criando a RDA, em outubro de 1949.

No fim da Segunda Guerra Mundial, em 1958, toda a atividade esportiva da Alemanha Oriental foi gerenciada pela Gestal dos Clubes Esportivos da RDA, a Deutschen Sportauschusses. A partir de 1950, os clubes se tornaram Betriebsportgemeinschaft (BSG), ou comunidades esportivas de empresas ou corporativas.

As entidades que recusaram se adequar as diretivas e os princípios de gestão foram simplesmente dissolvidas. Esse foi o caso do SG Dresden-Friedrichstadt.

O clube havia terminado a temporada 1949-1950 como vice-campeão, perdendo em casa por 5 a 1, em 16 de abril de 1950, diante de 60.000 expectadores. O adversário era o ZSG Horst Zwickau. Durante a partida, muitas decisões da arbitragem mudaram o andamento do jogo, ainda que esportivamente, o Zwickau tenha se mostrado superior. Após o apito final, os torcedores de Dresden manifestaram seu descontentamento. Violentos ataques tiveram que ser contidos pela polícia. Apesar das suspeitas, nunca apareceu um certificado de que a partida tenha sido manipulada. Contudo, é certo que o sucesso do "clube socialista" ZSG Horts contra um simples time de futebol foi comemorado pelos membros do SED, o partido único no poder. Manfred Ewald, na época, chefe do departamento de futebol do Deutschen Sportausschuss, comentou a decisão desse comitê da maneira seguinte: "Nós nos felicitamos particularmente pelos atletas da sociedade de empresas do estado que nos trouxeram a vitória... Os motins e provocações que ocorreram apenas nos confirmaram as intenções de criarmos e implementarmos equipes esportivas corporativas."

As consequências práticas dessa frase foram muito simples. O SG Dresden-Friedrichstadt foi dissolvido e seus membros foram incorporados ao VVB Tabak Dresden, desde o mês de maio de 1950. Ainda foi disputado um amistoso em maio de 1950, quando dois jogadores da equipe vice-campeã ainda estava presentes. Em protesto a essas medidas, onze jogadores deixaram a República Democrática Alemã e assinaram contratos profissionais na Alemanha Ocidental, sobretudo com o Hertha Berlim. Entre os jogadores que optaram pelo exílio, Helmut Schön, chegou a integrar posteriormente a seleção nacional.

A vaga na DDR-Oberliga seria ocupada pelo VVB Tabak Dresden, mas em razão do êxodo de atletas jovens, os dirigentes arbitrariamente colocaram no mais alto posto um clube recentemente criado, o SG Volkspolizei Dresden.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Campeão da Gauliga Sachsen: 1934, 1939, 1940, 1941, 1943, 1944;
  • Vice-campeão da Gauliga Sachsen: 1935, 1936, 1942;
  • Campeão Alemão: 1943, 1944;
  • Vice-campeão Alemão Oriental: 1950;
  • Campeão da DDR-Liga, Grupe D: 1978;
  • Vice-campeão da DDR-Liga, Grupe D: 1972, 1975, 1977;
  • Vice-campeão da Bezirksliga Dresden: 1987;
  • Campeão da Bezirksliga: 1991;
  • Campeão da Landesliga Sachsen: 1992;
  • Campeão da Oberliga Nordost Süd: 1998;
  • Vice-campeão da Oberliga Nord-Est-Sud: 1997;
  • Vencedor da Tschammer Pokal: 1940, 1941;

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Andreas Baingo, Michael Horn: Die Geschichte der DDR-Oberliga, Verlag Die Werkstatt, Göttingen 2004, ISBN 3-89533-428-6, S.18;
  • Neue Fußball-Woche, article commentant le match "Empor Lauter-Tabak Dresden" de la mi-mai 1950;
  • Klaus Querengässer: 100 Jahre Fußball in Dresden, 1993;
  • Peter Salzmann: Fußballheimat Dresden, 1995;
  • Peter Salzmann: Dresdner Hefte 55 – Beiträge zur Kulturgeschichte, 1998;
  • Andreas M. Tschorn: 165 Jahre Dresdner Sport-Club - Triumphe & Tragödien 1843 - 2008, 2008;