Copa da Alemanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
DFB-Pokal
Copa da Alemanha
Dados gerais
Organização DFB
Edições 68
Local de disputa Alemanha Alemanha
Número de equipes 64
Sistema Torneio de jogo único
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

A Copa da Alemanha. Deutscher Fußball-Bund-Pokal ou DFB-Pokal) é uma competição de futebol disputada na Alemanha anualmente. É o segundo título mais importante do futebol alemão após a Bundesliga.

História[editar | editar código-fonte]

Historicamente, o número de participantes no torneio principal tem variado entre quatro a partir de 1956 (até 1960) e 128 (de 1973 a 1982), resultando em torneios de 2 a 7 rodadas. Desde o início da Bundesliga em 1963, todos os clubes da primeira divisão da Bundesliga estão automaticamente habilitados para a DFB Pokal, e a partir de 1974 foram também incluídas as equipes da 2. Fußball-Bundesliga.

A final é desde 1985 realizada no Estádio Olímpico de Berlim. Nos anos anteriores, o local da final era determinado alguns dias antes. A DFB decidiu levar em consideração a facilidade com que os torcedores de quaisquer que fossem os finalistas teriam para chegar a capital da Alemanha.

Originalmente os jogos eram realizados copo em jogos de ida e volta, e com o desenvolvimento da competição, após o segundo jogo não havendo um vencedor era disputada uma prorrogação e persistindo o resultado a decisão se dá por pênaltis. Em 1939 Tschammer-Pokal a semifinal entre SV Waldhof Mannheim e Wacker Wien ficou empatada por três vezes antes da classificação ser decidida por sorteio. A DFB decidiu organizar uma disputa por pênaltis depois que uma disputa com situação semelhante surgiu em 1970, quando a classificação disputada por Alemannia Aachen e SV Werder Bremen teve que ser decidida por sorteio, após dois empates.

Em 1971-72 e 1972-73 as partidas foram realizadas em jogos de ida e volta. A segunda etapa era uma prorrogação em dois tempos de 15 minutos, se o placar agregado persistisse em empate. Se depois da prorrogação não houvesse um vencedor a disputa seria definida por pênaltis.

Quando em 1977 a final disputada entre 1. FC Köln e Hertha BSC teve de ser repetida, isso levou a grandes dificuldades de logística. Com isso a DFB decidiu não deixar as finais das copas serem mais repetidas, regulamentando disputa de pênaltis após o tempo extra. Esta mudança foi abrangida a todos os jogos da Copa no ano de 1991.

Formato[editar | editar código-fonte]

Primeira rodada[editar | editar código-fonte]

Para a época 2009/2010 a primeira rodada da Copa da Alemanha será elaborada a partir de dois potes diferentes, um contendo os clubes da Bundesliga, o outro contendo todas as outras equipes. Para os potes, o regulamento do ano determinará os cruzamentos, exceto para as equipes que ganharam a promoção para a Bundesliga e os clubes até o 15º colocado da última temporada da segunda divisão (2. Fußball-Bundesliga).

O mesmo se aplica para os 3 times rebaixados da primeira divisão da Bundesliga. O sorteio começa com um lote retirado do pote em segundo, seguido pela retirada do pote da Bundesliga. A equipe, que foi sorteada primeiro terá a vantagem do jogo em casa. Os vencedores dos jogos vão avançar para a segunda rodada.

Segunda rodada[editar | editar código-fonte]

O mesmo procedimento será aplicado para o sorteio da segunda fase. Se não há muita mais opções de clubes em um dos potes, os lotes vão ser retirados apenas do pote restante. Os vencedores dos jogos irão proceder às oitavas de final.

Oitavas, quartas e semifinal[editar | editar código-fonte]

Começando com os 16 classificados, haverá apenas um pote com os nomes dos clubes. A vantagem de decidir em casa é do clube melhor classificado, a menos que um dos dois seja um clube amador que vá se defrontar contra um clube da Bundesliga (profissional), lhe será concedida a vantagem de decidir em casa.

Final[editar | editar código-fonte]

Os dois finalistas se encontram em um estádio definido pela Federação Alemã de Futebol (DFB) para disputarem a final da Copa.

Empates na final[editar | editar código-fonte]

Se após o término do tempo de jogo normal o placar ainda é de empate, um tempo extra de 2 tempos de 15 minutos serão disputados, e, se após esse tempo ainda não existe um time vencedor, a decisão será através da disputa de pênaltis.

Participantes[editar | editar código-fonte]

64 equipas vão participar na Copa da Alemanha. Além dos 18 times da Bundesliga e os 18 times da 2. Fußball-Bundesliga da temporada passada, os vencedores dos 21 copas regionais, bem como o campeão, segundo, terceiro e quarto colocado de equipas da Liga da Terceira Divisão passada são qualificadas.

Inscrições de equipas de clubes licenciados não são elegíveis para a Copa. Além disso, duas equipes do mesmo clube ou entidade corporativa são elegíveis para jogar na Copa. No caso, que uma copa regional tenha sido vencida por uma equipe reserva de um clube de licenciado ou de uma equipa de um clube já classificado para a Copa, a equipa seguinte eleita através do ranking da taça regional vai tomar seu lugar.

Se o campeão, o segundo, o terceiro ou o quarto colocado da temporada passada da Liga da Terceira Divisão já qualificado para a Copa da Alemanha ao vencer uma competição de copa regional, ou se essa é uma equipe reserva de um clube já classificado, a equipe seguinte será escolhida através de campeonato regional ou da terceira divisão.

As vagas remanescentes até a de número 64 serão preenchidas pelas associações regionais, que somam a maioria das equipes masculinas da liga. Cada associação pode fornecer apenas mais um participante. A decisão sobre quais associações serão escolhidos, serão tomadas pelo conselho da Federação Alemã de Futebol responsável de acordo com as estatísticas apuradas dos membros da DFB. Cada associação regional tem de ser representada por uma equipa de amadores.

Clubes parceiros não são elegíveis para disputa da Copa da Alemanha. Um requisito para a participação é uma declaração, o que garante um estádio, que não necessariamente tem que ser no domicílio do clube, livre de publicidade para o caso de uma eventual transmissão televisiva ao vivo. No caso do clube não ser dono do estádio, um declaração com o "de acordo" do proprietário tem de ser apresentada.

Lista dos campeões[editar | editar código-fonte]

Tschammer Pokal[editar | editar código-fonte]

Temporada Campeão Vicecampeão Placar Estádio da final Público
19341935 1. FC Nürnberg FC Schalke 04 2 – 0 Düsseldorf 55.000
19351936 VfB Leipzig FC Schalke 04 2 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 70.000
19361937 FC Schalke 04 Fortuna Düsseldorf 2 – 1 Köln 72.000
19371938 Rapid Wien FSV Frankfurt 3 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 38.000
19381939 1. FC Nürnberg VfR Mannheim 2 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 60.000
19391940 Dresdner SC 1. FC Nürnberg 2 – 1 (pro) Estádio Olímpico de Berlim 60.000
19401941 Dresdner FC Schalke 04 2 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 65.000
19411942 TSV 1860 München FC Schalke 04 2 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 80.000
19421943 First Vienna FC Hamburgo SV 3 – 2 (pro) Stuttgart 45.000

DFB Pokal[editar | editar código-fonte]

Temporada Campeão Vicecampeão Placar Estádio da final Público
19521953 Rot-Weiss Essen Alemannia Aachen 2 – 1 Düsseldorf 40.000
19531954 Stuttgart 1. FC Köln 1 – 0 (pro) Ludwigshafen 60.000
19541955 Karlsruher FC Schalke 04 3 – 2 Braunschweig 25.000
19551956 Karlsruher Hamburgo SV 3 – 1 Karlsruhe 25.000
19561957 Bayern München Fortuna Düsseldorf 1 – 0 Augsburg 42.000
19571958 VfB Stuttgart Fortuna Düsseldorf 4 – 3 (pro) Kassel 28.000
19581959 Schwarz-Weiß Essen Borussia Neunkirchen 5 – 2 Kassel 20.000
19591960 Borussia Mönchengladbach Karlsruher SC 3 – 2 Düsseldorf 50.000
19601961 Werder Bremen 1. FC Kaiserslautern 2 – 0 Gelsenkirchen 18.000
19611962 1. FC Nürnberg Fortuna Düsseldorf 2 – 1 (pro) Hanôver 41.000
19621963 Hamburgo SV Borussia Dortmund 3 – 0 Hanôver 68.000
19631964 1860 München Eintracht Frankfurt 2 – 0 Stuttgart 45.000
19641965 Borussia Dortmund Alemannia Aachen 2 – 0 Hanôver 55.000
19651966 Bayern München Meidericher SV 4 – 2 Frankfurt 62.000
19661967 Bayern München Hamburger 4 – 0 Stuttgart 67.000
19671968 1. FC Köln VfL Bochum 4 – 1 Ludwigshafen 60.000
19681969 Bayern München FC Schalke 04 2 – 1 Frankfurt 60.000
19691970 Kickers Offenbach 1. FC Köln 2 – 1 Hanôver 50.000
19701971 Bayern München 1. FC Köln 2 – 1 (pro) Stuttgart 71.000
19711972 FC Schalke 04 1. FC Kaiserslautern 5 – 0 Hanôver 61.000
19721973 Borussia Mönchengladbach 1. FC Köln 2 – 1 (pro) Düsseldorf 69.000
19731974 Eintracht Frankfurt Hamburgo SV 3 – 1 (pro) Düsseldorf 52.000
19741975 Eintracht Frankfurt MSV Duisburg 1–0 Hanôver 43.000
19751976 Hamburgo SV 1. FC Kaiserslautern 2 – 0 Frankfurt 61.000
19761977 1. FC Köln Hertha Berlim 1 – 0 Hanôver 54.000
19771978 1. FC Köln Fortuna Düsseldorf 2 – 0 Gelsenkirchen 70.000
19781979 Fortuna Düsseldorf Hertha BSC Berlin 1 – 0 (pro) Hanôver 56.000
19791980 Fortuna Düsseldorf 1. FC Köln 2 – 1 Gelsenkirchen 56.000
19801981 Eintracht Frankfurt 1. FC Kaiserslautern 3 – 1 Stuttgart 71.000
19811982 Bayern München 1. FC Nürnberg 4 – 2 Frankfurt 61.000
19821983 1. FC Köln SC Fortuna Köln 1 – 0 Köln 61.000
19831984 Bayern München Borussia Mönchengladbach 1 – 1 (pen) 7 – 6 Frankfurt 61.000
19841985 Bayer Uerdingen Bayern München 2– – 1 Estádio Olímpico de Berlim 70.000
19851986 Bayern München VfB Stuttgart 5 – 2 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19861987 Hamburgo SV Stuttgarter Kickers 3 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19871988 Eintracht Frankfurt VfL Bochum 1 – –0 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19881989 Borussia Dortmund Werder Bremen 4 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19891990 1. FC Kaiserslautern Werder Bremen 3 – 2 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19901991 Werder Bremen 1. FC Köln 1 – 1 (pen) 4 – 3 Estádio Olímpico de Berlim 73.000
19911992 Hannover 96 Borussia Mönchengladbach 0 – 0 (pen) 4 – 3 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19921993 Bayer 04 Leverkusen Hertha BSC BerlinII 1 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19931994 Werder Bremen Rot-Weiss Essen 3 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
19941995 Borussia Mönchengladbach VfL Wolfsburg 3 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 75.700
19951996 1. FC Kaiserslautern Karlsruher SC 1 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 75.800
19961997 VfB Stuttgart Energie Cottbus 2 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 76.400
19971998 Bayern München MSV Duisburg 2 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 75.800
19981999 Werder Bremen Bayern München 1 – 1 (pen) 5 – 4 Estádio Olímpico de Berlim 75.841
19992000 Bayern München Werder Bremen 3 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 76.000
20002001 FC Schalke 04 1. FC Union Berlin 2–0 Estádio Olímpico de Berlim 73.011
20012002 FC Schalke 04 Bayer 04 Leverkusen 4 – 2 Estádio Olímpico de Berlim 70.000
20022003 Bayern München 1. FC Kaiserslautern 3 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 70.490
20032004 Werder Bremen Alemannia Aachen 3 – 2 Estádio Olímpico de Berlim 71.682
20042005 Bayern München FC Schalke 04 2 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 74.349
20052006 Bayern München Eintracht Frankfurt 1 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 74.349
20062007 1. FC Nürnberg VfB Stuttgart 3 – 2 (pro) Estádio Olímpico de Berlim 74.220
20072008 Bayern München Borussia Dortmund 2 – 1 (pro) Estádio Olímpico de Berlim 74.244
20082009 Werder Bremen Bayer 04 Leverkusen 1 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 72.244
20092010 Bayern München Werder Bremen 4 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 72.954
20102011 Schalke 04 MSV Duisburg 5 – 0 Estádio Olímpico de Berlim 75.708
20112012 Borussia Dortmund Bayern München 5 – 2 Estádio Olímpico de Berlim 75.708
20122013 Bayern München Stuttgart 3 – –2 Estádio Olímpico de Berlim 75.420
20132014 Bayern München Borussia Dortmund 2 – 0 (pro) Estádio Olímpico de Berlim 76.197
2014–2015 Wolfsburg Borussia Dortmund 3 – 1 Estádio Olímpico de Berlim 75.815
2015–2016 Bayern München Borussia Dortmund 0 – 0 (pen) 4 – 3 Estádio Olímpico de Berlim 75.345
2016–2017 Em disputa Estádio Olímpico de Berlim
*Placares, estádios e públicos em parênteses apontam as informações de um segundo jogo realizado devido ao empate na primeira partida.

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Esta tabela mostra as estatísticas dos clubes vencedores. Em negrito está o clube campeão da última edição.

Ranking Clube Títulos Última conquista Vices Última final perdida
1 Bayern München 18 2016 2 2012
2 Werder Bremen 6 2009 4 2010
3 Schalke 04 5 2011 7 2005
4 1. FC Köln 4 1983 6 1991
5 Eintracht Frankfurt 4 1988 2 2006
6 Nürnberg 4 2007 2 1982
7 Hamburgo 3 1987 3 1974
8 Stuttgart 3 1997 3 2013
9 Borussia Dortmund 3 2012 3 2016
10 Borussia Mönchengladbach 3 1995 2 1992
11 1. FC Kaiserslautern 2 1996 5 2003
12 Fortuna Düsseldorf 2 1980 5 1978
13 Karlsruher SC 2 1956 2 1996
14 TSV 1860 München 2 1964 0
15 Dresdner SC 2 1941 0
16 Wolfsburg 1 2015 0
17 Bayer 04 Leverkusen 1 1993 2 2009
18 Rot Weiss 1 1953 1 1994
19 Hannover 96 1 1992 0
20 KFC Uerdingen 05 1 1985 0
21 Kickers Offenbach 1 1970 0
22 Schwarz-Weiß Essen 1 1959 0
23 Vienna 1 1943 0
24 Rapid Wien 1 1938 0
25 VfB Leipzig 1 1936 0

O troféu[editar | editar código-fonte]

Troféu da DFB Pokal.

O primeiro jogador a levantar o troféu e mostrá-lo para a multidão foi Aki Schmidt do Borussia Dortmund, no ano de 1965, após o Borussia Dortmund vencer por 2 a 0 o Alemannia Aachen. Assim, o troféu de hoje, com uma altura de 52 centímetros tinham substituído os troféus concedidos no passado. O Goldfasanen-Pokal (Taça Faisão Dourado), que tinha sido oficial do vencedor do troféu durante os anos de 1935-1943, tinha lembrado Dr. Peco Bauwens, ex-presidente da DFB, muito da Era nazista, e por isso ele decidiu que um novo troféu deveria ser criado para substituí-lo.

Este novo troféu foi então disputado entre 1954 e 1964, mas não agregou os valores culturais da DFB. Portanto, Bauwens pediu ao artista Colônia Wilhelm Nagel para criar uma nova taça.

O resultado foi um troféu pesando 12,5KG e deixando espaço suficiente em sua base para a gravação dos nomes dos clubes vitoriosos. Esta taça era feita de prata banhado a ouro Sterling quente. Utilizados 250g de ouro fino e decorado a sua obra de arte com doze turmalinas, doze peças de cristal de rocha e 18 nephrites. O emblema da DFB forma nephrite verde no centro. A taça tem um volume de 8 litros.

Uma vez que, até 1991, aproximadamente. 700 letras e números que denotam o ano e os nomes dos vencedores foram gravadas na base, este último teve de ser ampliado em 5 cm para proporcionar espaço adicional. A área de base é agora suficientemente dimensionado para permitir gravações até 2020.

O valor do material, como é atualmente estimada por especialistas em arte é de cerca de 100 mil euros. No entanto, o valor real muito maior, porque a DFB Cup é considerada a mais popular competição do futebol alemão após o "Meisterschale" (troféu de campeões da Bundesliga), tendo um grande valor afetivo e desportivo agregado a ele.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]