Fußball-Club Gelsenkirchen-Schalke 04

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de FC Schalke 04)
Ir para: navegação, pesquisa
Schalke 04
FC Schalke 04 Logo.png
Nome Fußball-Club Gelsenkirchen-Schalke 04
Alcunhas Emanuel 04
Os Azuis Reais
S04
Mascote Erwin
Fundação 4 de maio de 1904 (113 anos)
Estádio Veltins-Arena
Capacidade 62 271
Localização Gelsenkirchen, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha
Presidente Alemanha Clemens Tönnies
Treinador Itália Domenico Tedesco
Patrocinador Rússia Gazprom
Material (d)esportivo Alemanha Adidas
Competição Alemanha Bundesliga
Alemanha Copa da Alemanha
União Europeia Liga Europa da UEFA
BL 2016–17
CA 2016–17
LE 2016–17
Em disputa
Quartas de final
Quartas de final
Website site oficial
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Fußball-Club Gelsenkirchen-Schalke 04 é um clube de futebol alemão, sediado na cidade de Gelsenkirchen, no populoso Vale do Ruhr.

Introdução[editar | editar código-fonte]

Fundado em 4 de maio de 1904, o Schalke tornou-se um dos clubes mais populares da Alemanha. Um dos motivos é que no passado muitos de seus jogadores eram também mineiros, numa cidade em que esta atividade econômica foi muito importante e fundamental no seu desenvolvimento.

Ainda nos dias atuais, os jogadores do Schalke fazem visitas as profundezas das minas, como forma de manter a proximidade com a história do Schalke e com seus torcedores.

Desde a fundação do clube, o Schalke conquistou sete Campeonatos Alemães. Seis destes títulos foram conquistados durante os doze anos do régime nazista na Alemanha, época durante a qual o Schalke, como clube de obreros protestantes, contou com a simpatia considerável do oficialismo. Após o fim da ditadura, o clube perdeu a liderança na região para o Borussia Dortmund, ganhando somente um Campeonato pós-guerra em 1958.

História[editar | editar código-fonte]

O atual Schalke 04 foi fundado no dia 4 de maio de 1904 por um grupo de garotos de 14 e 15 anos, que tinham o intuito de jogar futebol, com o nome de Westfalia Schalke. O nascimento deu-se no bojo da expansão da exploração das minas por indústrias na cidade de Gelsenkirchen, localizada no Vale do Ruhr.

A relação entre o clube e as minas é grande, tanto que um dos apelidos pelo qual a equipe é conhecida é Die Knappen, ou “os mineiros” – este termo, em alemão, significa aquele mineiro que terminou com êxito o aprendizado da profissão.

A oficialização do registro como um clube deu-se em 1909, entretanto, para participar de competições, associou-se ao Turnverein 1877 Schalke, que já pertencia a Associação Ocidental Alemã, em 1912, ligação que existiu por 12 anos, quando houve a separação e o batismo como FC Schalke 04.

Além do nome, outra característica mudada em 1924 foram as cores do time, que passaram a ser o azul e o branco (anteriormente, eram vermelho e amarelo).

O clube, após divergências com a associação organizadora das competições alemães à época, ascendeu paulatinamente às divisões existentes, saindo dos campeonatos do distrito de Ruhr, avançando pelos certames do oeste do país e alcançando o cenário nacional – entre 1933 e 1942, atingiu nove finais de campeonato alemão.

Em 1934 veio o primeiro dos sete títulos alemães conquistados, todos antes da instituição da Bundesliga , que passou a cuidar da competição nacional, o que aconteceu em 1963.

Os títulos seguintes ocorreram nos anos de 1935, 1937, 1939, 1940, 1942 e 1958.Como curiosidade, destaca-se a vitória conquistada em 1939. A conquista foi alcançada com a maior vantagem em uma decisão disputada no país: goleou o Admira Viena por 9 a 0.

Com estes troféus, a equipe angariou o status de uma das mais populares do país, o qual mantém atualmente. Exemplo disso é o fato de que na temporada 2004/05 do Bundesliga, na qual foi o quarto colocado na classificação final, o clube obteve uma média de público de 61.387 espectadores e o estádio Veltins-Arena tem capacidade de 61.481.

Após a grande fase no fim na década de 1930, a equipe não conseguiu repetir o sucesso no período posterior ao encerramento da Segunda Guerra Mundial – o título de 1958 foi um momento isolado.

Criada a Bundesliga, a equipe foi incluída entre as 16 equipes do grupo de elite. Entretanto, o time lutou nos anos iniciais da liga contra o rebaixamento – aliás, somente não caiu para a divisão inferior na temporada 1964/65 porque o número de membros do primeiro grupo foi ampliado para 18.

Na temporada 1970/71, o clube foi um dos envolvidos em um escândalo de suborno no campeonato. Na temporada seguinte, em 1971/1972, o Schalke 04 terminou na segunda colocação e venceu a DFB Pokal pela segunda vez – a primeira fora em 1937.

No começo da decada de 1980 o Schalke 04 viveu um período muito ruim, foi rebaixado na temporada 1980/81, 1982/83 a primeira após a volta à primeira divisão, na temporada 1983/84 o Schalke não conseguiu o acesso mais voltou a elite do futebol da alemanha na temporada 1984/85 e 1987/88 o time do Schalke ficou na 2 divisão até a temporada 1990/91 e voltou a elite do futebol alemão temporada 1991/92).

Na década de 1990, a princípio o Schalke 04 tentava a sua reafirmação dentre o cenário nacional, e nas suas primeiras temporadas não obteve grandes resultados a nível nacional, ficando na parte de baixo da tabela e até brigando contra o rebaixamento e ficando em posições no meio da tabela. Em meio a bagunça de troca de presidentes e gerentes, na temporada de 1995/96 o Schalke teve a sua temporada de ressurreição. A equipe comandada por Jörg Berger em grande temporada alcançou a terceira colocação na Bundesliga, que o deu direito de ser um dos participantes da Copa da UEFA na temporada que via a seguir.

Nela o clube ganhou seu principal título internacional, a Copa da UEFA de 1996/97. Entretanto ela não começou tão bem, o técnico que comandou a equipe a bela campanha na temporada anterior foi demitido após doze jogos e foi substituído pelo holandês Huub Stevens que permaneceu na beira do campo comandando o clube de Gelsenkirchen até 2002. Huub guiou o Schalke ao inédito título com grandioso protagonismo de Marc Wilmots que havia chegado naquela temporada. O belga anotou cinco gols na competição, um deles na primeira partida diante da Inter. E também foi o escolhido para sacramentar a vitória por 4-1 nos pênaltis em pleno Giuseppe Meazza. Antes disso, o time eliminou: Roda JC,Trabzonspor, Brügge, Valencia e Tenerife.

A equipe acumulou, nas temporadas seguintes, dois vice-campeonatos alemães muito difíceis de serem digeridos nas temporadas 2000/01 e 2006/07. Em ambas liderou parte do campeonato, mas deixou o título escapar nas últimas rodadas, sendo superado, por Bayern de Munique e Stuttgart. Na primeira citada, o clube tropeçou diante do Colônia na penúltima rodada e viu o Bayern vencer seu jogo no apagar das luzes. Na última rodada, o Schalke venceu o Unterhaching por 5-3 mas viu o Bayern empatar o jogo diante do HSV nos acréscimos e ficar com a salva de prata. No caso a torcida do Schalke se despedia do Parkstadion e já comemorava o título antes da hora, que foi castigada com o gol bávaro que deu o título ao clube de Munique por apenas um ponto.

Na segunda, o Schalke brigava com os suábios do Stuttgart, mas novamente na penúltima rodada o título escorreu pelos dedos Azuis Reais. Após perder por 2-0 para o maior rival, o Borussia Dortmund. O Schalke ficou dependente de uma combinação de resultados para ficar com a salva de prata que não ocorreu, na última partida os Azuis Reais venceram o seu confronto mas não contaram com o Stuttgart tropeçar e novamente ficaram com o vice-campeonato.

Entretanto, o Schalke ainda obteve sucesso nacional mesmo com as decepções, só que na DFB-Pokal. Nas temporadas de 2000/01 e 2001/02 o clube conseguiu o bicampeonato da copa nacional, onde bateu o Union Berlin e o Bayer Leverkusen nas duas finais, respectivamente. Totalizando quatro conquistas até então, perdendo apenas para o Bayern de Munique no quadro dos maiores vencedores da DFB Pokal.

Depois da dobradinha o Schalke não teve grandiosas conquistas nas grandes competições mas passou a ter frequência maior nas competições europeias como a Liga Europa e Champions League e também fez boas campanhas na Bundesliga como os vice-campeonatos de 2004/05 e 2009/10. Ainda conseguiu alguns títulos de nível de certa forma inferiores, entre 2003 e 2005 a equipe conquistou duas Copas Intertotos e uma DFB Ligapokal.

Após isso, os mineiros voltaram a conquistar uma taça importante a nível nacional apenas em 2010/11. Na Bundesliga a equipe de Gelsenkirchen não teve muito sucesso e passou quase todo o campeonato na parte de baixo da tabela brigando inclusive contra o rebaixamento. Mas o mesmo não ocorreu nas duas outras competições em que o time participou. A equipe comandada por Ralf Rangnick fez história ao passar por Valencia e Inter de Milão na Champions League e atingir a até então melhor campanha da história do time na competição, o Schalke acabou sendo eliminado nas semifinais pelo Manchester United mas mesmo sem o título, a campanha ainda é memorável para a torcida do time. A grande coroação veio no final da temporada em Berlim, com uma vitória acachapante por 5-0 sobre o Duisburg o Schalke 04 levou para Gelsenkirchen sua quinta DFB-Pokal.

Com o título, se ganhou o direito de participar da Supercopa da Alemanha e no início da temporada 2011-12, após vencer nos pênaltis o Borussia Dortmund, os Azuis Reais se sagraram pela primeira vez campeões da Supercopa da Alemanha.

Títulos oficiais[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Temporadas
UEFA Cup (adjusted).png Copa da UEFA 1 1996–97
UEFA Intertoto Cup.png Copa Intertoto da UEFA 2 2003Cscr-featured.svg e 2004Cscr-featured.svg
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Meisterschale.png Campeonato Alemão 7 1933–34, 1934–35, 1936–37Cscr-featured.svg, 1938–39, 1939–40, 1941–42, 1957–58
Coppagermania.png Copa da Alemanha 5 1937–38Cscr-featured.svg, 1971–72Cscr-featured.svg, 2000–01Cscr-featured.svg, 2001–02Cscr-featured.svg, 2010–11Cscr-featured.svg
DeustcherSupercupTrophy.png Supercopa da Alemanha 1 2011Cscr-featured.svg
Flag of Germany.svg Copa da Liga Alemã 1 2005Cscr-featured.svg
Flag of Germany.svg Campeonato Alemão - 2ª Divisão 2 1981–82, 1990–91
FC Schalke 04 Logo.png
Total (Nacionais + Internacionais) 19

Cscr-featured.svg Campeão Invicto

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes atuais[editar | editar código-fonte]

  • 1º - Camisa azul, calção branco e meias azuis;
  • 2º - Camisa branca, calção azul e meias brancas;
  • 3º - Camisa verde, calção e meias pretas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
3º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Combinação 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Combinação 2
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Combinação 3

Uniformes dos goleiros[editar | editar código-fonte]

  • Camisa laranja, calção e meias laranjas;
  • Camisa cinza, calção e meias cinzas;
  • Camisa branca, calção e meias brancas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Quarto

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2015-16
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2014-15
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2013-14
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2012-13
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2011-12
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2010-11
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2009-10
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2008-09
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1º euro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2007-08
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1º euro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2006-07
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 1 de fevereiro de 2018.

Elenco atual do Fußball Club Gelsenkirchen-Schalke_04[1]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G Alemanha Ralf Fährmann 19 A Áustria Guido Burgstaller 36 A Suíça Breel Embolo
2 V Estados Unidos Weston McKennie 20 Z Alemanha Thilo Kehrer
3 Z Espanha Pablo Insua 21 LD Alemanha Sascha Riether
5 Z Sérvia Matija Nastasić 22 A Croácia Marko Pjaca
7 M Alemanha Max Meyer 23 A Alemanha Cedric Teuchert
8 V Alemanha Leon Goretzka 24 LE Alemanha Bastian Oczipka
9 A Argentina Franco Di Santo 25 M Marrocos Amine Harit
10 V Argélia Nabil Bentaleb 28 M Áustria Alessandro Schöpf
11 M Ucrânia Yevhen Konoplyanka 29 Z Brasil Naldo
14 LE Gana Baba Rahman 32 A Gana Bernard Tekpetey
17 V França Benjamin Stambouli 34 G Áustria Michael Langer
18 M Alemanha Daniel Caligiuri 35 G Alemanha Alexander Nübel

Técnico: Alemanha Domenico Tedesco


Jogadores Notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Kader Archive» (em alemão). Schalke 04. Consultado em 1 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Fußball-Club Gelsenkirchen-Schalke 04