Klaas-Jan Huntelaar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Klaas-Jan Huntelaar
Klaas-Jan Huntelaar
Klaas-Jan Huntelaar em 2011
Informações pessoais
Nome completo Dirk Jan Klaas Huntelaar
Data de nasc. 12 de agosto de 1983 (33 anos)
Local de nasc. Voor-Drempt, Países Baixos
Nacionalidade Países Baixos neerlandêês
Altura 1,86 m
Destro
Apelido Bomtelaar
Informações profissionais
Clube atual Alemanha Schalke 04
Número 25
Posição Atacante
Clubes de juventude
1988–1994
1994–2000
2000–2002
Países Baixos VV H. en K.
Países Baixos De Graafschap
Países Baixos PSV Eindhoven
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2004
2003
2003–2004
2004–2006
2006–2009
2009
2009–2010
2010–
Países Baixos PSV Eindhoven
Países Baixos De Graafschap (emp.)
Países Baixos AGOVV (emp.)
Países Baixos Heerenveen
Países Baixos Ajax
Espanha Real Madrid
Itália Milan
Alemanha Schalke 04
0001 0000(0)
0009 0000(0)
0037 000(27)
0062 000(40)
0136 00(105)
0020 0000(8)
0030 0000(7)
0216 00(121)
Seleção nacional3
2002–2006
2006–
Países Baixos Países Baixos Sub-21
Países Baixos Países Baixos
0023 000(18)
0076 000(42)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 16 de maio de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 16 de maio de 2016.

Dirk Jan Klaas Huntelaar mais conhecido somente por Klaas-Jan Huntelaar (Drempt, 12 de agosto de 1983) é um futebolista neerlandês que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Schalke 04.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Huntelaar pelo Ajax

Eredivisie[editar | editar código-fonte]

Revelado pelas categorias de base do PSV Eindhoven, foi duas vezes emprestado a clubes de menor expressão da Holanda para adquirir experiência.

Após quatro anos no PSV, foi vendido ao Heerenveen, em 2004, permanecendo por uma temporada e meia neste clube, onde marcou 33 gols em 46 jogos.

Após sua passagem pelo Heerenveen, foi negociado com o Ajax, onde marcou 76 gols em quatro temporadas da Eredivisie, conquistando o prêmio de artilheiro mundial, concedido pela IFFHS, em 2006.

Curiosamente, Huntelaar teve seu melhor momento na carreira até hoje num dos maiores rivais do clube onde foi revelado. Em sua carreira nas ligas holandesas, Huntelaar conquistou a marca de 135 gols em 183 jogos.

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Em 2 de dezembro de 2008, foi contratado pelo Real Madrid, da Espanha, por 20 milhões, para substituir o lesionado Ruud van Nistelrooy.[1][2]

Sua estreia pelos merengues aconteceu apenas em 4 de janeiro de 2009, na vitória por 1 a 0 sobre o Villarreal, disputada no Santiago Bernabéu, pela La Liga, quando entrou aos 56 minutos.[3] Seu primeiro gol aconteceu apenas quatro partidas depois, em 15 de fevereiro, na vitória por 4 a 0 sobre o Sporting de Gijón, no Estádio El Molinón.[4]

Tendo disputado somente vinte partidas, e marcado apenas oito gols, acabou perdendo espaço com as contratações milionárias do presidente Florentino Pérez (que acabava de retornar ao comando) para a temporada 2009/10, como Cristiano Ronaldo e Karim Benzema.

Milan[editar | editar código-fonte]

Em 6 de agosto de 2009, foi confirmada sua transferência para o Milan, da Itália, firmando um contrato de quatro anos, com valores não revelados, mas especulados em torno de 18 milhões, mais 2 milhões conforme seu desempenho.[5]

Sua estreia no rossonero aconteceu em 29 de agosto, quando entrou no decorrer do segundo tempo contra a maior rival do Milan, a Internazionale. Apesar disso, Huntelaar não pôde evitar a derrota do seu time por 4 a 0 para a então campeã da Serie A.[6]

O holandês não vinha tendo muitas oportunidades no Milan, mas em uma partida contra o Catania, ele entrou nos minutos finais e ajudou o time marcando dois gols, decretando assim a vitória por 2-0.

Schalke 04[editar | editar código-fonte]

Pouco aproveitado no Milan, no dia 31 de agosto de 2010, data do fechamento da janela de transferências europeia, Huntelaar acertou com o Schalke 04, custando cerca de 14 milhões de euros.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Huntelaar pela seleção nacional.

Pela seleção nacional Sub-21, conquistou a Euro Sub-21 2006, sob o comando do ténico Louis van Gaal. Além do título da sua equipe, Huntelaar ainda foi o artilheiro e conquistou o prêmio de melhor jogador do torneio.

Pela seleção principal, era muito provável que Huntelaar fosse um dos 23 selecionados por Marco van Basten para a disputa da Copa do Mundo 2006, o que não aconteceu, provocando a revolta dos torcedores do Ajax, que contestavam ainda mais o posto de van Basten na Oranje, apesar deste ser um dos maiores ídolos da história do clube de Amsterdã.

Huntelaar (à esquerda) e Ruud van Nistelrooy em treino.

Após a Copa, porém, Klaas-Jan foi convocado por van Basten para um amistoso contra a República da Irlanda, em 16 de agosto de 2006. Huntelaar marcou dois gols e deu duas assistências na vitória holandesa por 4 a 0, se tornando o primeiro jogador holandês a marcar na sua estreia pela seleção desde Dick Nanninga, em 1978.

Depois de ter sido deixado de fora de vários jogos, Huntelaar voltou a ser convocado para a seleção em Outubro de 2007, para os jogos contra Romênia e Eslovênia, pelo qualificatório para a Euro 2008. Devido à suspensão de Ruud van Nistelrooy, Huntelaar iniciou como titular contra a Eslovênia, em 17 de outubro de 2007, e marcou seu primeiro gol em jogos oficiais na vitória de sua seleção por 2 a 0.

Na Euro 2008, foi reserva de Nistelrooy. Sua única partida no torneio foi na vitória por 2–0 sobre a Romênia, com Huntelaar marcando um dos gols.

Com a aposentadoria de Ruud van Nistelrooy da seleção, Huntelaar passou a disputar agora com Robin van Persie a preferência do treinador Bert van Marwijk no time titular. Até o final das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo 2010, Huntelaar havia marcado catorze gols em 25 partidas pela Oranje.

Foi reserva de Van Persie na campanha do vice-campeonato mundial holandês, marcando apenas um gol no torneio, na partida contra Camarões. Mas seu grande momento na seleção teria início após a Copa. Agora pelas eliminatórias da Euro 2012, em 3 de setembro de 2010, fez um hat-trick contra San Marino, e a Holanda venceu por 5-0. Seguiu-se com mais dois gols marcados num jogo contra a Finlândia, quatro dias depois. Adicionou mais dois gols a sua contagem na vitória por 4-1 sobre a Suécia, em 12 de outubro. É atualmente o artilheiro das eliminatórias para a Euro, com oito gols. Num período de cinco meses, entre 3 de setembro de 2010, data do jogo contra San Marino, e 9 de fevereiro de 2011, num amistoso contra a Áustria, somou um total de 10 gols marcados pela seleção, e agora tem um total de 26 gols em 42 jogos pela Oranje, entrando para a seleta lista dos 10 maiores artilheiros da mesma.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ajax
Schalke 04
Holanda

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «"The Hunter" llega a Madrid». Consultado em 29 de agosto de 2009. 
  2. «Madrid to sign Ajax goal machine Huntelaar». Consultado em 29 de agosto de 2009. 
  3. «Klaas-Jan Huntelaar Game Logs». Consultado em 29 de agosto de 2009. 
  4. «Sporting Gijon 0-4 Real Madrid». Consultado em 29 de agosto de 2009. 
  5. «Huntelaar fecha com o Milan». Consultado em 6 de agosto de 2009. 
  6. «No dérbi de Milão, massacre da Inter». Consultado em 29 de agosto de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]