Mateja Kežman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mateja Kežman
Матеја Кежман
MatejaKezman.jpg
Informações pessoais
Nome completo Mateja Kežman
Data de nasc. 12 de abril de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Belgrado, Iugoslávia
Altura 1,82 m
Destro
Apelido Batman
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1996–1997
1997–1998
1998
1998–2000
2000–2004
2004–2005
2005–2006
2006–2009
2008–2009
2009–2011
2009
2011
2011
2012
Radnički Pirot
Loznica
Sartid Smederevo
Partizan
PSV Eindhoven
Chelsea
Atlético de Madrid
Fenerbahçe
Paris Saint-Germain (emp.)
Paris Saint-Germain
Zenit (emp.)
South China
BATE Borisov
South China
0017 000(11)
0013 0000(5)
0014 0000(4)
0074 000(43)
0176 00(129)
0041 0000(7)
0033 000(10)
0069 000(30)
0035 0000(8)
0018 0000(2)
0010 0000(2)
0016 0000(7)
0011 0000(0)
0002 0000(0)
Seleção nacional
2000–2002
2003–2006
Iugoslávia
Sérvia e Montenegro
0026 000(10)[1]
0024 0000(7)[1]

Mateja Kežman - em sérvio, Матеја Кежман (Belgrado, 12 de abril de 1979) é um ex-futebolista sérvio que atuava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Uma das sensações da antiga Seleção Servo-Montenegrina, viveu boa fase no PSV Eindhoven, tendo sido artilheiro e campeão no Campeonato Neerlandês. Entretanto, não teve o mesmo desempenho em centros europeus maiores, não indo tão bem no Chelsea e no Atlético de Madrid, clube pelo qual foi à Copa do Mundo de 2006.

Na Copa, foi expulso na goleada de 0 x 6 sofrida diante da Argentina e não jogou mais por seu país, não tendo atuado ainda pela Seleção Sérvia, formada após a Copa com a dissolução da Sérvia e Montenegro. Sem chances também no futebol francês, onde atuava pelo Paris Saint-Germain, foi emprestado à equipe russa do Zenit São Petersburgo, em 2011 foi vendido para o South China e logo depois se transferiu para o BATE Borisov da Bielorrússia.

Referências

  1. a b NIKOLIC, Sinisha (11 de dezembro de 2009). «Serbia National Team List of Results 2000-2009» (em inglês). RSSSF. Consultado em 8 de agosto de 2014