Saúl Ñíguez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Saúl Ñíguez
Saúl Ñíguez
Saúl Ñíguez em 2018.
Informações pessoais
Nome completo Saúl Ñíguez Esclápez
Data de nasc. 21 de novembro de 1994 (24 anos)
Local de nasc. Elche, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,84 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Atlético de Madrid
Número 8
Posição Volante
Clubes de juventude
2006–2008
2008–2012
Real Madrid
Atlético de Madrid
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2013
2012–
2013–2014
Atlético de Madrid B
Atlético de Madrid
Rayo Vallecano (emp.)
00070 000(8)
00259 00(34)
00037 000(2)
Seleção nacional3
2009
2010–2011
2012
2012–2013
2013
2013–2017
2016–
Espanha Sub-16
Espanha Sub-17
Espanha Sub-18
Espanha Sub-19
Espanha Sub-20
Espanha Sub-21
Espanha
00004 000(1)
00011 000(1)
00003 000(0)
00011 000(0)
00008 000(0)
00025 000(9)
00018 000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 6 de outubro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 12 de outubro de 2019.

Saúl Ñíguez Esclápez, mais conhecido apenas como Saúl (Elche, 21 de novembro de 1994), é um futebolista espanhol que atua como volante. Atualmente defende o Atlético de Madrid e a Seleção Espanhola.

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Começo[editar | editar código-fonte]

Família de jogadores de futebol, seu pai José Antonio Ñíguez e seus irmãos Aaron Ñíguez e Jonathan Ñíguez também foram profissional. Aos 11 anos, ingressou no time de jovens do Real Madrid Club de Fútbol, ​​onde permaneceu por 2 anos até se mudar para o Atlético de Madrid aos 13 anos.

Atlético de Madrid[editar | editar código-fonte]

Saúl fez sua estreia pelo time principal do Atlético na temporada de 2011–12, durante a primeira etapa da fase eliminatória da Liga Europa contra o Besiktas, jogando no Vicente Calderon no dia 8 de março de 2012. A Liga Europa da UEFA de 2011–12 foi o primeiro título que conquistou com o Atlético.

Na temporada seguinte 2012–13, Saúl foi alternado treinamentos com a equipe chegando a disputar algumas partidas como Copa del Rey e Competição Europeia. Fez sua estreia na Primeira Divisão Espanhola no dia 21 de abril de 2013.

Depois de jogar por empréstimo no Rayo Vallecano durante a temporada 2013–14, suas performances fizeram com que retornasse ao Atlético de Madrid na temporada de 2014–15 e tivesse o seu contrato renovado até 2019.[1] Ele começou como titular na primeira mão da Supercopa da Espanha contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu. O jogo de ida terminou com um empate de 1 a 1, e na volta, na qual Saúl participou como substituto, o Atlético venceu por 1 a 0, proclamando-se campeão do Supercopa. No dia 16 de setembro de 2014, ele fez sua estreia na Liga dos Campeões no primeiro dia da competição. Entrou em campo aos 75 minutos para substituir Mario Suárez, na derrota por 3 a 2 contra o Olympiacos, no Estádio Karaiskákis. No dia 27 de setembro, ele marcou seu primeiro gol com a camisa rojiblanca na sexta rodada do Campeonato Espanhol, contra o Sevilla. Na ocasião, o Atlético goleou por 4 a 0. Já no dia 5 de maio de 2015, foi anunciada a renovação do jogador até 30 de junho de 2020, expandindo assim seu vínculo com o clube por mais um ano.[2]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de maio de 2015 ele foi convocado pelo técnico Vicente del Bosque para treinar antes dos jogos da Seleção contra Costa Rica e Bielorrússia.[3]

Já no dia 26 de agosto de 2016, ele foi convocado novamente dessa vez pelo novo treinador Julen Lopetegui, fazendo sua estreia no dia 1 de setembro, no Estádio Rei Balduíno, em Bruxelas, contra a Bélgica, com uma vitória de 2 a 0.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético de Madrid
Espanha

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Saúl renueva por el Atlético hasta 2019». www.atleticodemadrid.com. 17 de fevereiro de 2014. Consultado em 5 de abril de 2018 
  2. «Saúl amplía su contrato hasta el 30 de junio de 2020». www.atleticodemadrid.com. 5 de maio de 2015. Consultado em 5 de abril de 2018 
  3. «Sergio Rico y Aleix Vidal, novedades de la lista de España». as.com. Consultado em 26 maio de 2018 
  4. «Relatório técnico» (PDF). UEFA. Consultado em 19 de junho de 2017 
  5. «Saúl Ñíguez vence Bota de Ouro adidas do EURO Sub-21». UEFA.com. 30 de junho de 2017 
  6. «Revelada Equipa do Torneio Sub-21». UEFA.com. 1 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Saúl Ñíguez