Marcos Alonso Mendoza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcos Alonso
Marcos Alonso
Marcos Alonso em 2018.
Informações pessoais
Nome completo Marcos Alonso Mendoza
Data de nasc. 28 de dezembro de 1990 (28 anos)
Local de nasc. Madrid, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,88 m[1]
Canhoto
Informações profissionais
Número 3
Posição Lateral-esquerdo[1]
Clubes de juventude
1999–2009 Real Madrid
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2010
2009–2010
2010–2013
2013–2016
2014
2016–
Real Madrid B
Real Madrid
Bolton Wanderers
Fiorentina
Sunderland (emp.)
Chelsea
0039 0000(3)
0001 0000(0)
0046 0000(5)
0085 0000(5)
0020 0000(0)
0133 000(19)
Seleção nacional3
2009
2018–
Espanha Sub-19
Espanha
0003 0000(0)
0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de novembro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de outubro de 2018.

Marcos Alonso Mendoza (Madrid, 28 de dezembro de 1990) é um futebolista espanhol que atua como lateral-esquerdo. Atualmente defende o Chelsea, da Inglaterra.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Neto do futebolista Marcos Alonso Imaz, que se destacou pelo Racing Santander e Real Madrid e, filho do também futebolista Marcos Alonso Peña, com destaque nos rivais Atlético de Madrid e Barcelona, Marcos Alonso iniciou sua carreira nas categorias de base do Real Madrid, com apenas oito anos. Quando completou dezoito, passou a receber sua primeiras chances no Real Madrid Castilla. Durante o mesmo período, também passou a receber suas primeiras convocação para as categorias de base da Espanha, na época, para a sub-19.[2]

Em 11 de dezembro de 2009, recebeu sua primeira chance no elenco principal do Real Madrid, sendo chamado pelo então treinador Manuel Pellegrini, para uma possível ausência de Marcelo, na partida contra o Valencia. Porém, sua estreia aconteceu apenas em 4 de abril do ano seguinte, na partida contra o Racing Santander, substituindo Gonzalo Higuaín aos noventa minutos de partida. Apesar de disputar apenas uma partida pela equipe principal do Real, Alonso foi contratado pelo Bolton Wanderers após o término da temporada, firmando um contrato de três temporadas.[3]

Chelsea[editar | editar código-fonte]

Em 31 de agosto de 2016, Marcos Alonso acerta sua ida para o Chelsea da Inglaterra. Alonso teve uma temporada de estreia muito positiva com a camisa dos Blues. Com 6 gols marcados e 3 assistências foi peça importante da conquista do título da Premier League. Na temporada seguinte, mesmo com a campanha irregular do Chelsea que terminou o campeonato em 5° colocado, Alonso seguiu sendo um dos grandes destaques da equipe, sobretudo na construção de jogadas ofensivas, tendo marcado 7 vezes e anotado 2 assistências ao longo da Premier League.

Acidente[editar | editar código-fonte]

Em 2 de maio de 2011, Marcos Alonso foi preso pela polícia espanhola depois de seu envolvimento em um acidente de carro em Madrid. O carro colidiu com um muro, causando a morte de uma jovem de 19 anos. Ele foi acusado de conduzir a 112 km/h em via cuja velocidade máxima permitida era de 50 km/h. Além disso, havia ingerido mais álcool que o permitido por lei. A acusação pediu quatro anos de prisão para Alonso.

Alonso assumiu toda a culpa e espontaneamente pagou 200 mil euros à família da universitária por danos morais, além de arcar com os honorários advocatícios do caso, em valor que superou os 100 mil euros. A acusação retirou seu pedido de prisão e Alonso chegou a um acordo com a família da jovem para indenizá-los em mais 300 mil euros. Assim, a sua pena foi convertida numa multa de 61 mil euros à justiça e foi proibído de dirigir durante três anos e quatro meses.[4]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chelsea

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marcos Alonso Mendoza