David Luiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Luiz
David Luiz
David Luiz pelo Paris Saint-Germain em 2015
Informações pessoais
Nome completo David Luiz Moreira Marinho
Data de nasc. 22 de abril de 1987 (29 anos)
Local de nasc. Diadema (SP), Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,89 m
Destro
Apelido Valderraminha; Geezer[1]
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Chelsea
Número 30
Posição Zagueiro e volante
Clubes de juventude
1999–2001
2001–2005
Brasil São Paulo
Brasil Vitória
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005–2007
2007–2011
2011–2014
2014–2016
2016–
Brasil Vitória
Portugal Benfica
Inglaterra Chelsea
França Paris Saint-Germain
Inglaterra Chelsea
0055 0000(2)
0132 0000(6)
0143 000(12)
0089 0000(8)
0003 0000(0)
Seleção nacional3
2007
2010–
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil
0002 0000(0)
0056 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 24 de setembro de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de março de 2016.

David Luiz Moreira Marinho (Diadema, 22 de abril de 1987) é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro e volante. Atualmente defende o Chelsea.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Vitória[editar | editar código-fonte]

Após ser mandado embora do São Paulo ainda na categoria infantil sob a justificativa de que era "muito baixo",[2] David Luiz foi convidado para um teste nas categorias de base do Vitória aos 14 anos.[1] Ainda na adolescência, o jovem seguiu para Salvador e passou a morar nas dependências do rubro-negro baiano, junto a outros jogadores da base. Nas categorias de base do Vitória, David jogou inicialmente como volante, mas com poucas oportunidades neste setor, chegou a ter sua dispensa cogitada no clube.[3] Foi então que surgiu a chance de atuar na zaga da equipe júnior do Vitória:

Incorporado como zagueiro, passou a se destacar e foi promovido para a equipe profissional,[4] disputando sua primeira partida em 2005. No ano seguinte, chamou ainda mais atenção após uma partida contra o Santa Cruz, válida pela Copa do Brasil de 2006.[4]

O Vitória vivia uma de suas piores fases na história, tanto no campo, já que havia sido pela primeira vez rebaixado para a Série C, quanto financeiramente, e as categorias de base passaram a ser a única solução do clube naquela época. Aos 19 anos, David passou a compor um jovem trio de zaga com Wallace e Anderson Martins, e ainda jogavam naquela equipe Leandro Domingues e Marcelo Moreno. Todos revelados nas categorias de base do clube.[5]

Depois de boas atuações nos dois primeiros jogos da Série C daquele ano,[6] se machucou e ficou de fora do terceiro confronto, em que sua equipe empatou com o Coruripe por 3 a 3.[7] Retornou já no jogo seguinte e participou de mais cinco encontros,[6] tendo que se ausentar na terceira rodada da segunda fase novamente por lesão.[8] Atuou na vitória por 3 a 1 sobre o Ferroviário, sendo penalizado com o terceiro cartão amarelo, tendo que perder o próximo confronto da equipe, contra o Confiança.[9] Retornou mais uma vez e embalou nove partidas em sequência, ajudando o rubro-negro a sofrer apenas uma derrota nesse período.[6] Quando precisou se ausentar novamente por conta de uma lesão, seu time foi derrotado por 3 a 1 para o mesmo Ferroviário pelo octogonal final da Série C.[10] Esteve na vitória por 2 a 0 sobre o Treze e foi novamente suspenso, ficando de fora na nova derrota do Leão, dessa vez para o Ipatinga por 2 a 1.[11] Nas últimas nove partidas, atuou em oito,[6] ajudando na franca recuperação do time, que garantiu o vice-campeonato da Série C e consequentemente o acesso para a Série B do ano seguinte.

No início de 2007, após ter disputado as primeiras partidas pelo Campeonato Baiano,[12][13] David Luiz foi para o Benfica, de Portugal, inicialmente por empréstimo.[14]

Benfica[editar | editar código-fonte]

Permaneceu sem entrar em campo no mês de fevereiro e estreou-se no Benfica num jogo das competições europeias, mais precisamente na Taça UEFA, frente ao Paris Saint-Germain, no Parque dos Príncipes, em Paris, fazendo uma apresentação ruim.[15]

Porém, foi escalado para o jogo seguinte, este pelo Campeonato Português,[16] e deu a volta por cima, ganhando a titularidade e jogando as últimas nove partidas[17][17][18][19] do certame nacional e ainda outras três pela competição europeia.[20][21][22] Em maio, agradando aos dirigentes do Benfica, o clube português acionou então a cláusula do contrato que permitia a contratação em definitivo, e David assinou por cinco temporadas.[23]

Na temporada 2007–08, após jogar dois jogos em agosto, um pelo nacional[24] e outro pelas fases de qualificações da Liga dos Campeões da UEFA,[25] sofreu uma lesão num jogo-treino no dia 22[26] e ficou de fora até o fim de novembro, quando retornou para jogar apenas mais sete partidas pelo campeonato[27][28][29] e duas pela fase de grupos da Liga dos Campeões,[30][31] até se lesionar novamente em confronto com o Vitória de Guimarães no fim de janeiro[32] e ausentar-se do resto da temporada[33] (apesar de ter tentado retornar em duas partidas como suplente ainda no começo de fevereiro, uma pela copa nacional e outra pela Taça UEFA).[34][35] Se recuperou da lesão apenas em agosto.[36]

Sua volta, porém, só ocorreu em novembro, em partida da Taça como suplente.[37] Após jogar seu primeiro encontro pelo Campeonato Português na temporada,[38] no seu jogo seguinte, pela fase de grupos da Liga dos Campeões, marcou seu primeiro gol com a camisa benfiquista, o único da derrota por 5 a 1 para o Olympiakos.[39] Mais dois encontros pelo nacional,[40][41] um pela Taça[42] e outro pela Liga dos Campeões[43] depois, sentou no banco nos dois seguintes pelo campeonato, num empate com o Nacional[44] e na derrota para o Trofense, primeira do Benfica no certame.[45] De retorno ao time titular, jogou todas as demais partidas seguintes da temporada, com exceção a dois confrontos, uma pela Taça da Liga em que foi poupado,[46] e a última do nacional, por lesão no jogo anterior.[47][48]

Em 2009–10, veio a consagração oficial de David no Benfica. Das cinquenta e uma partidas do clube na temporada, o central jogou quarenta e nove, faltando, por suspensão, apenas uma pela fase de grupos da Liga Europa da UEFA[49] e outra pelo Campeonato Português.[50] O Benfica acabou por conquistar o certame depois de cinco anos[51] e David foi eleito o melhor jogador de toda a temporada portuguesa.[52] O destaque rendeu atenções de grandes clubes pelo mundo, incluindo Real Madrid[53] e Manchester United,[54] e uma proposta rejeitada do Manchester City.[55]

A rejeição desta proposta, segundo sites, deixou o central insatisfeito,[56] fazendo-o não renovar seu contrato meses depois.[57] Na temporada 2010–11, continuou a se destacar, trazendo, em janeiro de 2011, proposta oficial do Chelsea, numa negociação que durou alguns dias mas que, a princípio, não se concretizou.[58][59][60] Depois de uma longa negociação, foi confirmada a sua transferência para o Chelsea por 21,3 milhões de libras (R$ 57 milhões), além do clube inglês ter cedido o jogador Nemanja Matić no negócio.[61] Com a intenção de demonstrar sua gratidão ao clube e torcida do Benfica, escreveu uma carta a estes poucos dias depois de tê-los deixado:

Chelsea[editar | editar código-fonte]

2011-12[editar | editar código-fonte]

No Chelsea, ao contrário do Benfica, onde usava a camisa número 23, David Luiz recebeu a camisa número 4 - que estava sem dono desde a saída do francês Claude Makélélé em 2008.[63]

Fez sua estreia no clássico contra o Liverpool entrando no segundo tempo no lugar do português José Bosingwa.[65] No jogo seguinte, em empate por 0 a 0 contra o Fulham, foi escalado como titular e teve atuação brilhante, apesar de ter cometido um pênalti no último minuto do confronto, sendo escolhido o "homem do jogo".[66][67] Por já ter jogado a Liga dos Campeões pelo Benfica na temporada, o central não pôde ser inscrito no grupo de disputa do torneio, ficando assim disponível apenas para o certame nacional.[68]

David Luiz celebrando o título da Liga dos Campeões da UEFA de 2011-12.

Em seu terceiro jogo, no dia 1 de março, num clássico contra o Manchester United, marcou o primeiro gol da vitória por 2 a 1 do seu time,[69] sendo apontado pela segunda vez consecutiva o "homem do jogo".[70] Voltou a marcar no seu quinto jogo com a camisa azul, no triunfo por 2 a 0 sobre o Manchester City, sendo escolhido pela terceira vez o melhor em campo.[71] Essas performances lhe renderam o prêmio de jogador do mês da liga inglesa, se tornando apenas o terceiro brasileiro a ser honrado com a premiação.[72]

Devido a uma pequena lesão, perdeu os primeiros jogos da temporada 2011–12, fazendo sua estreia apenas na Liga dos Campeões, e acabou por marcar o primeiro gol da vitória sobre o Bayer 04 Leverkusen por 2 a 0.[73] No seu segundo encontro, foi eleito o melhor em campo num jogo válido pela Copa da Liga Inglesa que foi para a disputa de pênaltis, tendo convertido sua cobrança nesta.[74] Voltou a marcar no empate em 3 a 3 com o Manchester United e na vitória por 3 a 0 sobre o Bolton Wanderers.[75][76]

No dia 14 de março, os Blues enfrentariam o Napoli pelo jogo de volta das oitavas-de-final da Liga dos Campeões no Stamford Bridge. Após uma derrota por 3 a 1 no jogo de ida, o time inglês precisava reverter o resultado. Com atuação impecável de David, que mais tarde foi escolhido o homem do jogo pelo site da UEFA, o Chelsea aplicou 4 a 1 no time italiano e avançou às quartas-de-final do torneio.[77] A surpreendente campanha do Chelsea continuou com vitórias sobre o Benfica, ex-clube de David Luiz, nas quartas-de-final,[78] além de uma improvável vitória no Stamford Bridge[79] seguido de um empate em pleno Camp Nou contra o Barcelona,[80] na época considerado pela maioria dos jornalistas esportivos como o melhor time do mundo, resultado que decretou a classificação dos ingleses por 3-2 no placar agregado, o Chelsea estava agora na final da Liga dos Campeões da UEFA. Nos jogos contra o Barcelona, porém, David Luiz não esteve presente devido a uma lesão sofrida dias antes numa partida da Premier League. Tal classificação trouxe um grande ânimo ao clube, e no dia 19 de maio, seu primeiro jogo após a lesão,teve uma boa atuação converteu um pênalti e sagrou-se campeão da UEFA Champions League pelo Chelsea.[81][82]

2012-13[editar | editar código-fonte]

David Luiz no Mundial de Clubes de 2012.

Em 22 de setembro, David assinou um contrato de cinco anos com o Chelsea. Ele começou a nova temporada mais uma vez como um regular ao lado de Gary Cahill e Terry, e marcou seu primeiro gol de uma cobrança de falta contra FC Nordsjælland, em uma vitória por 4 a 0 fora de casa na Liga dos Campeões.[83] E no Mundial de Clubes, em que o Chelsea perdeu a final para o Corinthians, foi escolhido o segundo melhor jogador do torneio, recebendo a Bola de Prata por suas atuações, um dos quais como médio-defensivo. Ele jogou nessa posição contra o Aston Villa em uma vitória por goleada de 8 a 0, e na semana seguinte sendo escolhido o melhor em campo e entre o batedores de falta.[84][85] Em 13 de fevereiro, O técnico do Barcelona pediu a contratação de David Luiz segundo a imprensa europeia.[86][87] Junto ao zagueiro alemão Hummels.[88][89] E disse que estava feliz pelo interesse do Barcelona em sua contratação.[90][91] Marcou mais um gol contra o Fulham na vitória por 3 a 0 fora de casa em 14 de abril.[92][93] David Luiz foi muito elogiado pelo companheiro John Terry que o projetou como futuro capitão dos Blues.[94] Fez o gol da vitória do Chelsea em 25 de abril, contra o Basel na primeira partida da fase eliminatória da UEFA Europa League.[95] E novamente marcou contra o Basel desta vez na partida de volta na vitória por 3 a 1 em 2 de maio.[96]

Paris Saint-Germain[editar | editar código-fonte]

2014-15[editar | editar código-fonte]

David Luiz em 2015

Em 23 de maio de 2014 David foi vendido ao Paris Saint-Germain, assinando um contrato de cinco anos, pela quantia de € 50 milhões (cerca de R$ 185,6 milhões), se tornado assim, o defensor mais caro da história, superando a transação de Thiago Silva do Milan para o próprio PSG, por € 44 milhões (R$ 132,8 milhões).[97] No clube, o zagueiro recebeu a camisa 32, anteriormente utilizada por David Beckham.

Fez sua estreia pelo clube francês em 16 de agosto, fazendo dupla de zaga com seu compatriota compatriota Marquinhos na derrota para o Bastia por 2x0 no Parc des Princes. Em 30 de setembro, David Luiz marcou seu primeiro gol pelo clube, numa vitoria contra o Barcelona em partida válida pela Liga dos Campeões da UEFA, terminada com a vitória do Paris Saint-Germain por 3 a 2. Em 19 de Janeiro de 2015, David marcou seu primeiro gol na liga francesa numa derrota por 4x2 contra o Évian.

Retorno ao Chelsea[editar | editar código-fonte]

Em 31 de agosto de 2016, o Paris Saint-Germain anunciou a venda de David Luiz ao seu antigo clube, o Chelsea.[98]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Convocado à Seleção Sub-20 para a disputa do Mundial da categoria de 2007,[99] foi titular nos dois primeiros jogos[100][101] mas acabou sendo suspenso por uma cotovelada na vitória do Brasil por 3 a 2 sobre a Coreia do Sul e ficou de fora do restante da competição.[102]

Foi convocado pela primeira vez para a Seleção principal em 2010, na primeira convocação de Mano Menezes como treinador desta.[103] Fazendo dupla aclamada com Thiago Silva, continuou a ser convocado em 2011.[104][105][106] Em junho foi chamado para a Copa América de 2011.[107]

Copa das Confederações de 2013[editar | editar código-fonte]

Em 14 de maio de 2013, foi convocado para a Copa das Confederações no Brasil, na qual a seleção foi tetracampeã do torneio. Na final da competição contra a Espanha, David Luiz salvou uma bola em cima da linha que resultaria no gol de empate da Seleção Espanhola.[108][109][110]

Copa do Mundo de 2014[editar | editar código-fonte]

Foi convocado para a Copa do Mundo de 2014, sendo sua primeira Copa.[111].

Marcou um gol nas quartas-de-final contra a Colômbia. Foi eleito o melhor jogador da partida pela FIFA.[carece de fontes?]. Após o término da partida contra a Seleção Colombiana, David Luiz viu que James Rodríguez estava chorando e foi consolar o jogador colombiano.[112]

Esteve em campo na derrota por 1–7 na semifinal contra a Alemanha, denominada Mineiraço.[113] O jornalista Tim Vickery da BBC definiu que "O desempenho de David Luiz contra a Alemanha foi a pior coisa que eu já vi de um jogador de alto nível numa partida importante".[114] Na disputa de terceiro lugar, contra a seleção da Holanda, falhou nos dois primeiros gols, sendo de forma grave no segundo gol ao rebater de cabeça um cruzamento para o meio da área. [115]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filho de Regina Célia e Ladislau Luiz Marinho,[116][117] David saiu de casa aos 14 anos para tentar a sorte no futebol baiano.[118][119] Em sua cidade natal, estudou nos Centros Educacionais do SESI e ainda participou do Programa Atleta Futuro (PAF).[120]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 24 de setembro de 2016.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[121]

Clube Temporada Liga Copa Copa da Liga Competições
Continentais
Outros
Torneios
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Vitória 2006 26 1 2 0 25 1 53 2
2007 0 0 0 0 2 0 20 0
Total 26 1 2 0 27 1 55 2
Benfica 2006–07 (emp.) 10 0 0 0 4 0 14 0
2007–08 8 0 2 0 0 0 4 0 14 0
2008–09 19 2 2 0 4 0 2 1 27 3
2009–10 29 2 2 0 5 1 13 0 49 3
2010–11 16 0 3 0 2 0 6 0 1 0 28 0
Total 82 4 9 0 11 1 29 1 1 0 132 6
Chelsea 2010–11 12 2 0 0 0 0 12 2
2011–12 20 2 6 0 3 0 11 1 40 3
2012–13 30 2 6 0 4 1 14 4 3 0 57 7
2013–14 19 0 3 0 3 0 9 0 0 0 34 0
2016–17 2 0 0 0 1 0 0 0 3 0
Total 83 6 15 0 11 1 34 5 3 0 146 12
Paris Saint-Germain 2014–15 28 2 5 1 2 0 10 2 45 5
2015–16 25 1 4 1 3 0 7 1 1 0 40 3
2016–17 3 0 0 0 0 0 0 0 1 0 4 0
Total 56 3 9 2 5 0 17 3 2 0 89 8
Total na carreira 247 14 36 2 28 2 80 8 33 1 421 27

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

[122]

Ano
Jogos Gols
2010 4 0
2011 6 0
2012 7 0
2013 16 0
2014 14 3
2015 8 0
2016 1 0
Total 56 3

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vitória
Benfica
Chelsea
Paris Saint-Germain
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Origens: paixão pela bola e amor ao Brasil levam David Luiz à Seleção». globoesporte.globo.com. 21 de abril de 2013. Consultado em 27 de abril de 2013. 
  2. «David Luis vai para o Chelsea e SPFC lucra R$ 427.500». Blog do Navarro. 31 de janeiro de 2011. Consultado em 3 de fevereiro de 2011. 
  3. «Hulk e David Luiz partilham amizade segura pelo tempo». ojogo.pt. agosto de 2010. Consultado em 19 de janeiro de 2011. 
  4. a b «Zagueiro convocado por Mano é avaliado em R$ 114,5 milhões». gterra.com.br. 27 de julho de 2010. Consultado em 19 de janeiro de 2011. 
  5. «Vitória expõe tradição e os "Meninos do Barradão" na Vila». esportes.terra.com.br. 26 de julho de 2010. Consultado em 4 de agosto de 2010. 
  6. a b c d «CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C - 2006». cbf.com.br. Consultado em 4 de março de 2011. 
  7. «Desfalcado, Vitória encara o Coruripe neste domingo». jornaldamidia.com.br. 22 de julho de 2006. Consultado em 4 de março de 2011. 
  8. «Confederação Brasileira de Futebol - SÚMULA DA PARTIDA». cbf.com.br. 20 de agosto de 2006. Consultado em 4 de março de 2011. 
  9. «Vitória terá três desfalques contra Confiança». esportes.terra.com.br. 28 de agosto de 2006. Consultado em 4 de março de 2011. 
  10. «Após derrota, Vitória foca duelo com líder Treze». esportes.terra.com.br. 16 de outubro de 2006. Consultado em 4 de março de 2011. 
  11. «Vitória tem dois desfalques contra o líder». esportes.terra.com.br. 23 de outubro de 2006. Consultado em 4 de março de 2011. 
  12. «Ipitanga 1 x 1 Bahia; Vitória 5 x 0 Catuense». atarde.com.br. 28 de janeiro de 2007. Consultado em 19 de janeiro de 2011. 
  13. «Vitória lidera Baiano; Bahia é lanterna». atarde.com.br. 14 de janeiro de 2007. Consultado em 19 de janeiro de 2011. 
  14. «Vitória contrata o meia Jackson, ex-Coritiba». atarde.com.br. 31 de janeiro de 2007. Consultado em 19 de janeiro de 2011. 
  15. a b «David Luiz: Jóia da Luz já é referência». cmjornal.xl.pt. 14 de agosto de 2010. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  16. «E se tivéssemos perdido com o David Luiz nas Aves?». cmjornal.xl.pt. 11 de março de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  17. a b «CD Estrela Amadora - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 19 de março de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  18. «CS Marítimo Funchal - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 21 de abril de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  19. «Benfica Lissabon - Académica Coimbra» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 20 de maio de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  20. «Benfica Lissabon - FC Paris Saint-Germain» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 15 de março de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  21. «Espanyol Barcelona - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 5 de abril de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  22. «Benfica Lissabon - Espanyol Barcelona» (em inglês). transfermarkt.co.uk. 12 de abril de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  23. «David Luiz assina por cinco épocas». cmjornal.xl.pt. 30 de maio de 2007. Consultado em 11 de março de 2011. 
  24. «Leixões SC - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 18 de agosto de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  25. «Benfica Lissabon - FC Kopenhagen» (em inglês). transfermartk.co.uk. 14 de agosto de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  26. «David Luiz pára 5 a 6 semanas». record.xl.pt. 22 de agosto de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  27. «Académica Coimbra - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 24 de novembro de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  28. «Benfica Lissabon - CD Estrela Amadora» (em inglês). transfermartk.co.uk. 20 de dezembro de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  29. «Vitória Guimarães SC - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 26 de janeiro de 2008. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  30. «Benfica Lissabon - AC Milan» (em inglês). transfermartk.co.uk. 28 de novembro de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  31. «Shakhtar Donetsk - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 4 de dezembro de 2007. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  32. «Bruxa bizarra solta». folha.com.br. 1 de fevereiro de 2008. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  33. «Benfica Lissabon Portugal» (em inglês). transfermarkt.co.uk. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  34. «Benfica Lissabon - 1.FC Nuremberg» (em inglês). transfermartk.co.uk. 14 de fevereiro de 2008. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  35. «Benfica 4-1 P. Ferreira». ogol.com.br. 10 de fevereiro de 2008. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  36. «David Luiz recuperado de lesão». slbenfica.wplatinum.net. 13 de agosto de 2008. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  37. «Benfica Lissabon - Desportivo Aves» (em inglês). transfermartk.co.uk. 10 de novembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  38. «Académica Coimbra - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 23 de novembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  39. «Olympiacos Piraeus - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 27 de novembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  40. «Benfica Lissabon - Vitória Setúbal FC» (em inglês). transfermartk.co.uk. 27 de novembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  41. «CS Marítimo Funchal - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 27 de dezembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  42. «Leixões SC - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 13 de dezembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  43. «Benfica Lissabon - Metalist Kharkiv» (em inglês). transfermartk.co.uk. 18 de dezembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  44. «Benfica 0-0 Nacional». ogol.com.br. 22 de dezembro de 2008. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  45. «Trofense 2-0 Benfica». ogol.com.br. 4 de janeiro de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  46. «Benfica Lissabon - Sporting Olhanense» (em inglês). transfermartk.co.uk. 14 de janeiro de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  47. «Sporting Braga - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 17 de maio de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  48. «Benfica Lissabon - CF Belenenses Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 23 de maio de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  49. «Benfica Lissabon - AEK Athens» (em inglês). transfermartk.co.uk. 17 de dezembro de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  50. «Rio Ave FC - Benfica Lissabon» (em inglês). transfermartk.co.uk. 9 de janeiro de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  51. «Benfica campeão, cinco anos depois». rtp.pt. 9 de maio de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  52. «Brasileiro é eleito melhor jogador do Campeonato Português». esporte.ig.com.br. 12 de maio de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  53. «Real Madrid intensifica conversas por David Luiz». abril.com.br. 3 de março de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  54. «Manchester United pode 'atravessar' Real e levar David Luiz». abril.com.br. 11 de fevereiro de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  55. «Man. City chega aos 35 milhões de euros por David Luiz». abola.pt. 8 de julho de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  56. «Relações muito tensas entre direção e David Luiz». record.xl.pt. 26 de novembro de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  57. «David Luiz é para vender já». record.xl.pt. 26 de novembro de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  58. «Chelsea alinha Kalou para ter David Luiz». record.xl.pt. 20 de janeiro de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  59. «Benfica confirma proposta do Chelsea por David Luiz». folha.uol.com.br. 27 de janeiro de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  60. «Fim das negociações com o Chelsea por David Luiz». record.xl.pt. 28 de janeiro de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  61. «David Luiz no Chelsea por 25 milhões com Nemanja Matić nas negociações». abola.pt. 31 de janeiro de 2011. Consultado em 31 de janeiro de 2011. 
  62. «David Luiz: «Sou um eterno benfiquista»». 2010.record.xl.pt. 1 de março de 2011. Consultado em 11 de março de 2011. 
  63. «David Luiz recebe a camisa número 4». globoesporte.globo.com. 2 de janeiro de 2011. Consultado em 4 de fevereiro de 2011. 
  64. «David Luiz afirma que jogar no Chelsea é realizar um sonho». globoesporte.globo.com. 3 de fevereiro de 2011. Consultado em 4 de fevereiro de 2011. 
  65. «Raul Meireles (Liverpool) estraga estreias de Torres e David Luiz (Chelsea)». abola.pt. 6 de fevereiro de 2011. Consultado em 6 de fevereiro de 2011. 
  66. «David Luiz: Half the price of Fernando Torres but twice the player, so far» (em inglês). telegraph.co.uk. telegraph.co.uk. Consultado em 15 de fevereiro de 2011. 
  67. «Fulham 0 Chelsea 0: match report» (em inglês). telegraph.co.uk. 14 de fevereiro de 2011. Consultado em 14 de fevereiro de 2011. 
  68. «David Luiz threat to 'untouchable' John Terry» (em inglês). independent.co.uk. 14 de fevereiro de 2011. Consultado em 19 de fevereiro de 2011. 
  69. «David Luiz marca em triunfo do Chelsea sobre o Manchester». folha.uol.com.br. 1 de março de 2011. Consultado em 1 de março de 2011. 
  70. «Chelsea FC VS. Manchester United: Match Report» (em inglês). worldsoccerreader.com. 1 de março de 2011. Consultado em 4 de março de 2011. 
  71. «Luiz leads Blues past City» (em inglês). skysports.com. 20 de março de 2011. Consultado em 20 de março de 2011. 
  72. «MARCH AWARDS FOR CHELSEA PAIR» (em inglês). chelseafc.com. 1 de abril de 2011. Consultado em 1 de abril de 2011. 
  73. «VÍDEO: David Luiz marca, Chelsea bate Bayer Leverkusen e larga na frente no grupo E». espn.estadao.com.br. 13 de setembro de 2011. Consultado em 13 de setembro de 2011. 
  74. «Alex é expulso e jovens do Chelsea precisam de pênaltis para avançar». esportes.terra.com.br. 21 de setembro de 2011. Consultado em 21 de setembro de 2011. 
  75. «Manchester reage, faz 3 e empata com Chelsea em jogo polêmico». esportes.terra.com.br. 5 de fevereiro de 2012. Consultado em 9 de março de 2012. 
  76. «David Luiz marca e Chelsea atropela Bolton na Premier League». d24am.com. 25 de fevereiro de 2012. Consultado em 9 de março de 2012. 
  77. «Chelsea 4-1 Napoli». uefa.com. 14 de março de 2012. Consultado em 15 de março de 2012. 
  78. «Chelsea 2-1 Benfica». uefa.com. 4 de abril de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2012. 
  79. «Chelsea 1-0 Barcelona». uefa.com. 18 de abril de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2012. 
  80. «Barcelona 2-2 Chelsea». uefa.com. 24 de abril de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2012. 
  81. «'Ex-maloqueiro' é o único brasileiro do Chelsea garantido na final do Mundial». R7.com. 12 de dezembro de 2012. Consultado em 14 de dezembro de 2012. 
  82. «David Luiz volta à zaga, mas Chelsea tem dois mistérios para a decisão». Globoesporte.com. 14 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2012. 
  83. «Nordsjælland wings clipped by clinical Chelsea». Globoesporte.com. Consultado em 2 de outubro de 2012. 
  84. «Rampant Blues crush Villa». ESPN.com. Consultado em 2 de janeiro de 2013. 
  85. «Luiz reinvented as Chelsea destroy Villa». ESPN.com. Consultado em 1 de janeiro de 2013. 
  86. «Imprensa europeia coloca David Luiz na mira do Barcelona». UOL.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2013. 
  87. «Técnico do Barça pede a contratação de David Luiz, diz imprensa europeia». Globoesporte.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013. 
  88. «À procura de zagueiro, Barcelona põe David Luiz e Hummels entre favoritos». Globoesporte.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2013. 
  89. «David Luiz será grande prioridade do Barça em próxima janela de transferências, diz jornal». Globoesporte.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2013. 
  90. «David Luiz diz estar com "orgulho e alegria" por interesse do Barça». Terra. Consultado em 22 de fevereiro de 2013. 
  91. «David Luiz comenta suposto interesse do Barcelona: ‘Motivo de orgulho’». Globoesporte.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2013. 
  92. «Inglês: United arranca empate com o West Ham, City vence com Tevez». Ogol.com. Consultado em 17 de abril de 2013. 
  93. «Com pintura de David Luiz e dois de Terry, Chelsea recupera 3ª colocação». Globoesporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2013. 
  94. «Terry projeta David Luiz como futuro capitão do Chelsea». Globoesporte.com. Consultado em 20 de abril de 2013. 
  95. «David Luiz marca no fim, Chelsea bate Basel e frustra torcedor Federer». Globoesporte.com. Consultado em 25 de abril de 2013. 
  96. «Com pintura de David Luiz, Chelsea ratifica favoritismo e avança à decisão». Globoesporte.com. Consultado em 2 de maio de 2013. 
  97. «Chelsea aceita proposta, e PSG anuncia contratação de David Luiz». Globoesporte.com. Consultado em 23 de maio de 2014. 
  98. «David Luiz move agreed». Sitio oficial Chelsea FC. Consultado em 31 de agosto de 2016. 
  99. «CBF divulga lista final da seleção brasileira sub-20». oglobo.globo.com. 6 de junho de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  100. «Brazil - Korea Republic» (em inglês). fifa.com. 3 de julho de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  101. «Poland - Brazil» (em inglês). fifa.com. 30 de junho de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  102. «Após cotovelada, zagueiro da seleção sub-20 é suspenso por 4 jogos». folha.uol.com.br. 6 de julho de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  103. «David Luiz e Ramires convocados». record.xl.pt. 26 de julho de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  104. «David Luiz e Thiago Silva seguem as pegadas de Lúcio e Juan por sucesso». globoesporte.globo.com. 6 de setembro de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  105. «Thiago Silva elogia David Luiz e mostra otimismo com a nova Seleção». globoesporte.globo.com. 12 de agosto de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  106. «Brasil: Hulk, David Luiz e Luisão convocados para a França». maisfutebol.iol.pt. 25 de janeiro de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2011. 
  107. «Os 22 jogadores da Copa América». cbf.com.br. 8 de junho de 2011. Consultado em 8 de junho de 2011. 
  108. «Confira a lista de convocados por Felipão para a Copa das Confederações». Consultado em 14 de Maio de 2013. 
  109. «Sem Kaká e Ronaldinho, Felipão convoca seleção para Copa das Confederações». Consultado em 15 de Maio de 2013. 
  110. «O CAMPEÃO VOLTOU! BRASIL ATROPELA A ESPANHA NO MARACANÃ: 3 A 0». Consultado em 30 de Junho de 2013. 
  111. «Felipão anuncia convocados da Seleção para a Copa do Mundo». GloboEsporte.com. 7 de maio de 2014. Consultado em 7 de maio de 2014. 
  112. Globo Esporte (04/07/14). «James Rodríguez chora após derrota e foi consolado por David Luiz». Globo Esporte. Consultado em 04/07/14. 
  113. «David Luiz falha novamente e se despede com imagem manchada dentro de campo». Consultado em 19 de julho de 2014]. 
  114. «Tim Vickery: Herói do Brasil ignorou função e jogou para arquibancada». Consultado em 11 de janeiro de 2015. 
  115. «Xodó, David Luiz irrita time e torcida com surtos ofensivos». Consultado em 11 de janeiro de 2015. 
  116. «Ladislau Marinho: «David não se deixa abater»». record.xl.pt. 11 de março de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2011. [ligação inativa]
  117. «David Luiz: "Sou casado com a minha profissão"». vidas.correiodamanha.pt. 22 de abril de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. [ligação inativa]
  118. «David Luiz tem um novo amor». vidas.correiodamanha.pt. 2 de outubro de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2011. [ligação inativa]
  119. «David Luiz termina relação com estudante». Consultado em 10 de outubro de 2012 data=11 de setembro de 2012. [ligação inativa]
  120. «Ex Aluno do SESI está na Seleção Brasileira de Futebol». sesisp.org.br. 4 de agosto de 2010. Consultado em 6 de março de 2011. [ligação inativa]
  121. «Football : David Luiz» (em inglês). FootballDatabase.eu. Consultado em 1 de agosto de 2012. 
  122. «Player - David Luiz» (em inglês). National Football Teams. Consultado em 1 de agosto de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre David Luiz