Final da Copa das Confederações FIFA de 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Final da Copa das Confederações FIFA de 2013
Maracana internal view april 2013.jpg
Evento Copa das Confederações FIFA de 2013
Data 30 de junho de 2013
Local Maracanã, Rio de Janeiro
Melhor em campo Brasil Neymar
Árbitro Países BaixosNED Björn Kuipers
Público 73 531

A final da Copa das Confederações FIFA de 2013 foi um jogo de futebol que determinou o campeão da competição. O jogo entre a Seleção Brasileira e a Seleção Espanhola aconteceu no Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro, Brasil, em 30 de junho de 2013. Foi a primeira vez que a Espanha participou de uma final de Copa das Confederações. Já o Brasil participou da quinta final e terceira consecutiva.[1]

O Brasil derrotou a Espanha por 3 a 0 e conquistou seu quarto título da competição, sendo o terceiro consecutivo, após vencer as edições de 1997, 2005 e 2009.[2] Esta foi a primeira derrota da Espanha desde 10 de agosto de 2011, quando perdeu para a Itália num amistoso. Em jogos oficiais, o último revés havia sido na estreia da Copa do Mundo de 2010, uma derrota para a Suíça por 1 a 0.[3] A expulsão de Gerard Piqué aos 68 minutos foi a primeira de um jogador da Seleção Espanhola após 91 jogos (desde Xabi Alonso em setembro de 2007).[3]

Caminho até a final[editar | editar código-fonte]

Brasil Fase Espanha
Adversário Resultado Fase de grupos Adversário Resultado
Flag of Japan.svg Japão 3 – 0 1ª rodada Flag of Uruguay.svg Uruguai 2 – 1
Flag of Mexico.svg México 2 – 0 2ª rodada Flag of French Polynesia.svg Taiti 10 – 0
Flag of Italy.svg Itália 4 – 2 3ª rodada Flag of Nigeria.svg Nigéria 3 – 0
Vencedor do Grupo A
Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Brasil 9 3 3 0 0 9 2 +7
2 Flag of Italy.svg Itália 6 3 2 0 1 8 8 0
3 Flag of Mexico.svg México 3 3 1 0 2 3 5 –2
4 Flag of Japan.svg Japão 0 3 0 0 3 4 9 –5
Classificação final Vencedor do Grupo B
Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1 Flag of Spain.svg Espanha 9 3 3 0 0 12 1 +11
2 Flag of Uruguay.svg Uruguai 3 3 2 0 1 11 3 +8
3 Flag of Nigeria.svg Nigéria 3 3 1 0 2 7 6 +1
4 Flag of French Polynesia.svg Taiti 0 3 0 0 3 1 24 –23
Adversário Resultado Fase final Adversário Resultado
Flag of Uruguay.svg Uruguai 2 – 1 Semifinal Flag of Italy.svg Itália 0 – 0 (pro)
(pen. 7-6)

Partida[editar | editar código-fonte]

30 de junho Brasil Brasil 3 – 0 Flag of Spain.svg Espanha Maracanã, Rio de Janeiro
19:00
Fred Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2', Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Neymar Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Relatório Público: 73 531
Árbitro: Países BaixosNED Björn Kuipers
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil[4]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Espanha[4]
Brasil
BRASIL:
GR 12 Júlio César
LD 2 Daniel Alves
ZA 3 Thiago Silva Capitão
ZA 4 David Luiz
LE 6 Marcelo
VL 18 Paulinho Substituído após 88 minutos de jogo 88'
VL 17 Luiz Gustavo
MC 11 Oscar
AT 19 Hulk Substituído após 73 minutos de jogo 73'
AT 10 Neymar
AT 9 Fred Substituído após 80 minutos de jogo 80'
Suplentes:
MC 23 Jádson Entrou em campo após 73 minutos 73'
AT 21 Entrou em campo após 80 minutos 80'
VL 8 Hernanes Entrou em campo após 88 minutos 88'
Treinador:
Luiz Felipe Scolari
BRA-ESP-2013-06-30.svg
Espanha
ESPANHA:
GR 1 Iker Casillas Capitão
LD 17 Álvaro Arbeloa Penalizado com cartão amarelo após 14 minutos 14' Substituído após 45+1 minutos de jogo 45+1'
ZA 15 Sergio Ramos Penalizado com cartão amarelo após 27 minutos 27'
ZA 3 Gerard Piqué Expulso com 68 minutos de jogo 68'
LE 18 Jordi Alba
VL 16 Sergio Busquets
MC 8 Xavi
MC 6 Andrés Iniesta
AT 11 Pedro Rodríguez
AT 13 Juan Mata Substituído após 52 minutos de jogo 52'
AT 9 Fernando Torres Substituído após 59 minutos de jogo 59'
Suplentes:
ZA 5 César Azpilicueta Entrou em campo após 45+1 minutos 45+1'
MC 22 Jesús Navas Entrou em campo após 52 minutos 52'
AT 7 David Villa Entrou em campo após 59 minutos 59'
Treinador:
Vicente del Bosque

Melhor em campo:
Brasil Neymar[5]

Bandeirinhas:
Países Baixos Sander van Roekel
Países Baixos Erwin Zeinstra
Quarto árbitro:
Alemanha Felix Brych
Quinto árbitro:
Alemanha Mark Borsch

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Brasil Brasil Critérios[6] [7] Flag of Spain.svg Espanha
3 Gol marcado Gols 0
47% Posse de bola 53%
25 min Tempo de bola em jogo 28 min
23 Desarmes certos 20
12 Desarmes errados 5
1 Escanteios 8
26 Faltas cometidas 16
8 Finalizações certas 7
6 Finalizações erradas 8
2 Cobranças de falta certas 1
0/0 Cobranças de pênalti (gols/tentativas) 0/1
2 Impedimentos 0
0 Cartões amarelos 2
0 Cartões vermelhos 1
331 Passes certos 448
27 Passes errados 31
26 Lançamentos certos 18
20 Lançamentos errados 15
9 Viradas de jogo certas 10
0 Viradas de jogo erradas 1
29 Passes errados 35
12 Dribles certos 14
8 Dribles errados 4

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Banquete final de um grande aperitivo (em português). FIFA.com. Página visitada em 29 de junho de 2013.
  2. Brasil brilha e quebra recordes. FIFA (1 de julho de 2013). Página visitada em 2 de julho de 2013.
  3. a b Goleada brasileira derruba marcas do atual campeão do mundo. Lance!net (1 de julho de 2013). Página visitada em 2 de julho de 2013.
  4. a b Formação Tática – Final – Brasil-Espanha (PDF). FIFA (30 de junho de 2013). Página visitada em 1 de julho de 2013.
  5. Brasil v Espanha – Homem do Jogo (em inglês). FIFA.com (30 de junho de 2013). Página visitada em 30 de junho de 2013.
  6. Brasil v Espanha – Estatísticas. FIFA (30 de junho de 2013). Página visitada em 2 de julho de 2013.
  7. 6ª Rodada - Copa das Confederações de 2013 – Brasil x Espanha. Footstats (30 de junho de 2013). Página visitada em 2 de julho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]