Júlio César Soares Espíndola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Júlio César
Júlio César
Júlio César na Internazionale em 2011
Informações pessoais
Nome completo Júlio César Soares de Espíndola
Data de nasc. 3 de setembro de 1979 (35 anos)
Local de nasc. Duque de Caxias (RJ), Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,87 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Portugal Benfica
Número 20
Posição Goleiro
Clubes de juventude
Brasil Grajaú
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1997–2005
2005–2012
2005
2012–2014
2014
2014–
Brasil Flamengo
Itália Internazionale
Itália Chievo (emp.)
Inglaterra Queens Park Rangers
Canadá Toronto FC (emp.)
Portugal Benfica
00163 000(0)
00300 000(0)
00000 000(0)
00027 000(0)
00007 000(0)
00030 000(0)
Seleção nacional3
2004– Brasil Brasil 00087 000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 29 de maio de 2015.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 12 de julho de 2014.

Júlio César Soares de Espíndola, mais conhecido como Júlio César (Rio de Janeiro, 3 de setembro de 1979) é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente joga no Benfica.

Em 2009, a IFFHS nomeou-o como o terceiro melhor goleiro do mundo, atrás apenas de Iker Casillas e Gianluigi Buffon.[1] Ele também foi premiado como o melhor goleiro do campeonato italiano em 2009 e 2010.[2] Ele foi nomeado para o Ballon d'Or de 2009 e foi o 21º jogador mais bem colocado, sendo o 2° melhor goleiro da lista; Casillas, em 16° lugar, foi o goleiro mais bem colocado.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Infância e Juventude[editar | editar código-fonte]

Júlio César nasceu e viveu a infância na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Júlio jogava no asfalto, com meias no lugar de luvas. Aos 9 anos, Júlio César começou a jogar no Futsal no Grajaú Country Club, uma equipe da Zona Norte do Rio de Janeiro, e desde já, demonstrava talento.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Aos 11 anos, Júlio César chegou ao Flamengo pra fazer um teste, e passou. Aos 17 anos foi promovido pro time profissional e conquistou três Campeonatos Cariocas, uma Copa dos Campeões, e uma Copa Mercosul. E rapidamente, se ternou ídolo dos Flamenguistas pela raça, amor a camisa, e talento excepcional em baixo das traves.

A Saída Conturbada do Flamengo[editar | editar código-fonte]

Nos 4 anos e meio que jogou pelo Flamengo, Júlio brigou os anos de 2001, 2002 e 2004 pra não cair pra Série B. Isso fez com que Júlio tivesse problemas, com a diretoria, e dentro de campo, não conseguia mais ter o mesmo talento do que antes. Júlio César também foi muito criticado pela torcida após a perda da Copa do Brasil de 2003, contra o Cruzeiro, e a de 2004, contra o Santo André, o que causou principalmente, invasões nos treinos.

Inter de Milão[editar | editar código-fonte]

Júlio César em ação pela Internazionale.

Então, veio o reconhecimento internacional, que o levou a transferir-se para a Inter de Milão em 2005. O que parecia um passo a frente, virou decepção. Nos primeiros 6 meses, Júlio foi emprestado ao pequeno Chievo Verona também da Itália, mas não recebeu, uma chance sequer de jogar pelo Chievo. Depois, Júlio voltou de férias pra Internazionale.

Em sua primeira temporada na Inter, Júlio César foi reserva de Toldo. Entretanto, na temporada seguinte, ganhou um voto de confiança do técnico Roberto Mancini e passou a ser o goleiro titular, tornando-se rapidamente uma das principais peças da equipe Nerazzurri e deixando o já em fim de carreira Toldo, que também fora ídolo do time por muitos anos, no banco de reservas.

O Auge[editar | editar código-fonte]

Em sua mais vitoriosa e principal temporada pela Inter, 2009–10, conquistou a tríplice coroa, com os títulos da Liga dos Campeões da UEFA, Copa Itália e Serie A. No dia 26 de agosto de 2010, foi eleito ainda o melhor goleiro do futebol europeu na temporada, recebendo o prêmio na cerimônia de sorteio dos grupos da Liga dos Campeões da temporada seguinte.[4]

A queda de rendimento[editar | editar código-fonte]

Após o trauma da falha que resultou na eliminação do Brasil na Copa de 2010 contra a Holanda, as coisas começaram a sair de maneira negativa na carreira de Júlio César. Júlio começou a ter problema dentro da Inter, começou a fazer jogos horríveis e ainda pra piorar, na temporada de 2011–12, a Internazionale acabou não indo bem e, ao contrário dos anos anteriores, não conseguiu sequer a classificação para a Liga dos Campeões da UEFA seguinte. Com uma rescisão de contrato amigável, encerrou sua passagem pela Itália, onde ficou por sete anos e conquistou quatorze títulos.

Queens Park Rangers[editar | editar código-fonte]

Aos 32 anos, o goleiro acertou sua transferência para o Queens Park Rangers no dia 29 de agosto de 2012, assinando um contrato válido por quatro temporadas.[5] [6] [7] Fez sua estreia pelo QPR contra Chelsea 15 de setembro. Ele rapidamente se estabeleceu como o primeiro goleiro da equipe, deixando o companheiro recém-contratado do QPR, Robert Green no banco de reservas.

Depois de muitas boas atuações em jogos ao longo da temporada, o Queens Park Rangers foi rebaixado em 28 de abril de 2013, em um empate em 0–0 com o Reading. Júlio César ficou fora do primeiro jogo do time no que levou ao rebaixamento contra o Stoke City.

O treinador do QPR Harry Redknapp optou em dar a titularidade a Green[8] Após nove meses sem ser relacionado para um jogo pelo Queens Park Rangers, Júlio César foi relacionado como titular para o jogo contra o Everton, mas não evitou a goleada por 0–4 que eliminou o time na Copa da Inglaterra.[9] [10]

Toronto FC[editar | editar código-fonte]

Em 14 fevereiro de 2014 o Toronto FC, clube canadense que disputa a Major League Soccer, anunciou sua contratação por empréstimo, cujos termos não foram divulgados. Utilizou o dorsal número 30.[11] Estreou pelo clube em cinco dias depois em um torneio de pré-temporada, o Walt Disney World Pro Soccer Classic, na partida em que o Toronto perdeu de 1-3 para o Columbus Crew, com Júlio como titular o jogo inteiro.[12] Na MLS estreou em 16 de março na vitória por 2-1 sobre o Seattle Sounders.[13] Em 25 de julho o clube anunciou o fim do empréstimo.[14]

Benfica[editar | editar código-fonte]

Em 19 de agosto de 2014 foi contratado pelo Benfica por duas temporadas,[15] estreando em 21 de setembro contra o Moreirense pela Primeira Liga de 2014–15.[16]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Júlio César (centro) pela Seleção Brasileira em 2013.

Júlio César foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira no ano de 2003, quando foi convocado para a Copa das Confederações para ser reserva de Dida. Estreou no ano seguinte, em 8 de julho de 2004, contra o Chile na Copa América de 2004.[17]

Atuou pela Seleção Brasileira também durante as eliminatórias das duas Copas do Mundo seguintes, sendo convocado para ocupar a vaga de terceiro goleiro na edição de 2006 e de titular na edição de 2010.

Júlio recebendo o prêmio de melhor goleiro da Copa das Confederações com seu filho Cauet.

Retornou a lista de convocados em janeiro de 2013, quando foi lembrado por Luiz Felipe Scolari para integrar o elenco que enfrentou a Inglaterra em 6 de fevereiro. Declarou que, apesar da opção de Mano Menezes de não chamá-lo mais após a Copa América de 2011 e de jogar pelo pequeno Queens Park Rangers: "Nunca desisti[u] de jogar pelo Brasil."[18]

Em 14 de maio de 2013, foi convocado para a Copa das Confederações no Brasil.[19] [20] Em 26 de junho de 2013, na partida contra Uruguai válida pela Copa das Confederações, Júlio César defendeu o pênalti cobrado por Diego Forlán que ajudou o Brasil a se classificar para a final da competição, no final o Brasil venceu por 2–1, e na partida final da competição contra a Espanha, Júlio César não sofreu gols e o Brasil venceu por 3–0 e conquistou a Copa das Confederações 2013.[21]

Copa do Mundo de 2014[editar | editar código-fonte]

Convocado para a Copa do Mundo de 2014[22] foi titular em todas as partidas da Seleção. Nas oitavas-de-finais da Copa do Mundo de 2014 contra o Chile, que terminou empatada no tempo normal, defendeu duas cobranças na disputa por pênaltis, e foi eleito o melhor jogador em campo.[23] Entretanto, na semifinal contra a Alemanha, sofre sete gols no chamado Mineiraço e declarou: "Preferia 1 a 0 com um erro meu do que 7 a 1".[24] Na disputa pelo terceiro lugar contra a Seleção Neerlandesa sofreria mais três gols na derrota por 0–3.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Júlio casou-se em 26 de abril de 2002 com a atriz Susana Werner com quem tem dois filhos: Cauet, nascido no dia 1 de outubro de 2002, e Giulia, nascida em 30 de julho de 2005.[25] Ele é patrocinado pela ASICS.[26] Em 2010, Júlio César se envolveu em um acidente de carro.[27]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 29 de maio de 2015.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[28]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Flamengo[c] 1997 0 0 1 0 0 0 1 0
1998 1 0 0 0 0 0 1 0
1999 0 0 0 0 0 0 0 0
2000 16 0 1 0 0 0 17 0
2001 26 0 6 0 0 0 32 0
2002 16 0 0 0 5 0 21 0
2003 37 0 9 0 0 0 46 0
2004 34 0 11 0 0 0 45 0
Total 130 0 28 0 5 0 163 0
Internazionale 2004–05 0 0 0 0 0 0 0 0
Chievo (emp.) 2004–05 0 0 0 0 0 0 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0
Internazionale 2005–06 29 0 4 0 7 0 40 0
2006–07 32 0 0 0 6 0 38 0
2007–08 35 0 1 0 8 0 44 0
2008–09 36 0 2 0 7 0 45 0
2009–10 38 0 3 0 13 0 54 0
2010–11 25 0 4 0 10 0 39 0
2011–12 33 0 1 0 6 0 40 0
Total 228 0 15 0 57 0 300 0
Queens Park Rangers 2012–13 24 0 2 0 0 0 26 0
Total 24 0 2 0 0 0 26 0
Toronto FC 2014 7 0 0 0 0 0 7 0
Total 7 0 0 0 0 0 7 0
Benfica 2014–15 23 0 4 0 3 0 30 0
Total 23 0 4 0 3 0 30 0

Seleção[editar | editar código-fonte]

[29]

Ano
Jogos Gols
2004 9 0
2005 2 0
2006 0 0
2007 8 0
2008 10 0
2009 17 0
2010 7 0
2011 10 0
2012 1 0
2013 13 0
2014 10 0
Total 87 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Internazionale
Benfica
Seleção Brasileira

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Titulo retirado da Juventus devido a manipulação de resultados

Referências

  1. The World's best Goalkeeper 2009. Visitado em 1 de Março de 2010.
  2. Ex-Inter Star Zlatan Ibrahimovic Wins 2009 ‘Oscar Del Calcio’. Visitado em 19 de Janeiro de 2009.
  3. Le classement último. Visitado em 1 de Dezembro de 2009.
  4. a b Julio Cesar é eleito o melhor goleiro da última temporada europeia globoesporte.globo.com (26 de agosto de 2010). Visitado em 9 de outubro de 2010.
  5. EXCLUSIVE: Julio agrees deal (em inglês) qpr.co.uk (29 de agosto de 2012). Visitado em 30 de agosto de 2012.
  6. Fim de era no Inter de Milão: após sete anos, Julio César jogará no QPR globoesporte.globo.com (29 de agosto de 2012). Visitado em 30 de agosto de 2012.
  7. Julio Cesar assina por quatro anos com o QPR e deve estrear contra o Chelsea esporte.uol.com.br (29 de agosto de 2012). Visitado em 30 de agosto de 2012.
  8. Redknapp may give gloves to Green as Cesar gets thumbs down after Villa debacle Dailymail (17 de março de 2013).
  9. Após nove meses fora do time, Julio César será titular em jogo do QPR. Visitado em 3 de janeiro de 2014.
  10. Julio César volta, comete pênalti e vê QPR ser goleado pelo Everton: 4 a 0. Visitado em 4 de janeiro de 2014.
  11. Toronto Acquires Julio Cesar On Loan (em inglês) Site oficial Toronto FC (14 de fevereiro de 2014).
  12. Na terra do Mickey, Julio César sofre três e estreia com derrota no Toronto
  13. 'P... da vida' com gol na estreia, Julio César conhece a Brazuca nos EUA (em português) GloboEsporte.com (16 de março de 2014). Visitado em 16 de março de 2014.
  14. Julio Cesar Recalled From Loan (em inglês) Sítio oficial Toronto FC (25 de julho de 2014).
  15. Júlio César assina contrato com o SL Benfica por 2 épocas Sítio oficial SL Benfica (19 de agosto de 2014).
  16. Na estreia de Júlio César no gol, Benfica vence o Moreirense de virada com um a mais ESPN (21 de setembro de 2014).
  17. Entre glórias e lágrimas, Julio César completa 10 anos de Seleção Globo Esporte (8 de julho de 2014).
  18. 'Nunca desisti de jogar pelo Brasil', diz goleiro Júlio César
  19. Confira a lista de convocados por Felipão para a Copa das Confederações. Visitado em 14 de Maio de 2013.
  20. Sem Kaká e Ronaldinho, Felipão convoca seleção para Copa das Confederações. Visitado em 15 de Maio de 2013.
  21. Julio César revela momento antes do pênalti: 'Você pensa um monte de coisas' Terra Networks 26 de junho de 2013. Visitado em 27 de junho de 2013.
  22. Felipão anuncia convocados da Seleção para a Copa do Mundo. Página visitada em 7 de maio de 2014.
  23. Júlio César pega dois pênaltis, Chile bate na trave, e Brasil vai às quartas. Visitado em 28 de junho de 2014.
  24. Após fiasco, Julio César diz: "Preferia 1 a 0 com um erro meu do que 7 a 1". Visitado em 8 de julho de 2014.
  25. Julio Cesar cleared for Arsenal transfer after agent confirms QPR exit. Visitado em 2 de Maio de 2013.
  26. Asics - Introduction - Latest Boots: Versions Available. Visitado em 26 de Junho de 2011.
  27. Júlio César hurt in car crash (em inglês) UEFA (22 de fevereiro de 2010).
  28. Archivio (em italiano) inter.it. Visitado em 3 de outubro de 2009.
  29. Player - Júlio César (em inglês) National Football Teams. Visitado em 30 de agosto de 2012.
  30. Júlio César é o grande vencedor do 1º Prêmio Futebol no Mundo - ESPN.com.br. Visitado em 3 de julho de 2009.
  31. The world's best Goalkeeper 2009 IFFHS.de Página visitada em 10 de junho de 2010

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Júlio César Soares Espíndola