Copa Mercosul de 1999

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Mercosul de 1999
II Copa Mercosur
Copa Mercosur.svg
Dados
Participantes 20
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 27 de julho – 20 de dezembro
Gol(o)s 224
Partidas 74
Média 3,03 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Flamengo (1.º título)
Vice-campeão Brasil Palmeiras
Melhor marcador BrasilBRA Romário (Flamengo) – 8 gols
Melhor ataque (fase inicial) Brasil Palmeiras – 19 gols
Melhor defesa (fase inicial) Brasil Cruzeiro – 2 gols
Maior goleada
(diferença)
Palmeiras Brasil 7 – 0 Argentina Racing
São Paulo

5 de agosto, Grupo B
◄◄ CONMEBOL 1998 Soccerball.svg 2000 CONMEBOL ►►

A Copa Mercosul de 1999 foi segunda edição do torneio, que à época era a segunda competição mais importante da América do Sul (atrás apenas da Copa Libertadores da América, que à época cedia apenas duas vagas para cada país). A Copa Mercosul era disputada por clubes dos países membros plenos do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, além do associado Chile).

O Flamengo sagrou-se campeão, após vencer o Palmeiras no primeiro jogo, disputado no Maracanã, por 4 a 3,[1][2] e empatar o segundo duelo, no Palestra Itália, por 3 a 3.[3][4] Na semifinal, a equipe carioca havia passado pelo Peñarol, quando, no jogo de volta, disputado no Uruguai, houve uma pancadaria generalizada no final do jogo entre os jogadores das duas equipes.[5] Este episódio foi eleito a 13.ª maior briga da história do futebol pela revista argentina El Gráfico.[6]

Durante vinte anos, esta foi a última conquista internacional do Flamengo[7] (até a conquista da Copa Libertadores da América de 2019), além de a primeira desde a Copa de Ouro Nicolás Leoz de 1996.[8]

Durante este torneio também esteve em jogo a Recopa Sul-Americana de 1998, disputada entre o Cruzeiro — vencedor da Copa Libertadores da América de 1997 — e o River Plate — campeão da Supercopa Libertadores 1997. Ambas as equipes caíram no mesmo grupo, fazendo com que a Conmebol tomasse a decisão de fazer os confrontos entre os dois nesse caso, que também funcionaram como os cruzamentos definitivos da Recopa.[9]

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

A Copa Mercosul de 1999 foi disputada por vinte clubes, divididos em cinco grupos de quatro times cada, com turno e returno. Os vencedores de cada grupo e os três melhores segundos colocados classificar-se-iam para as quartas de final. As quartas de final e as semifinais seriam jogadas em ida e volta. A final poderia ser decidida em até três partidas, dependendo dos resultados dos dois primeiros jogos.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

O torneio teria, pelo segundo ano seguido, transmissão do SBT, mas a emissora desistiu por conta do corte de gastos que a emissora estava promovendo, o que custou o fim das transmissões esportivas (ficou apenas a Fórmula Mundial). Quem transmitiu a competição com exclusividade no aberto foi a Band, que tinha parceria com a Traffic.[10] No fechado, SporTV/FOX Sports voltaram a fazer parceria para mostrar o torneio.

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

País Equipe
Argentina Argentina
6 participantes
Boca Juniors
Independiente
Racing Club
River Plate
San Lorenzo
Vélez Sarsfield
Brasil Brasil
7 participantes
Corinthians
Cruzeiro
Flamengo
Grêmio
Palmeiras
São Paulo
Vasco da Gama
Chile Chile
3 participantes
Colo-Colo
Universidad Católica
Universidad de Chile
Paraguai Paraguay
2 participantes
Cerro Porteño
Olimpia
Uruguai Uruguay
2 participantes
Nacional
Peñarol

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Classificação - Grupo A
Time PG J V E D GP GC SG
1 Brasil Cruzeiro 16 6 5 1 0 16 2 14
2 Brasil Palmeiras 11 6 3 2 1 19 10 9
3 Argentina River Plate 7 6 2 1 3 8 11 -3
4 Argentina Racing 0 6 0 0 6 2 22 -20
Jogos - Grupo A
Data Mandante Placar Visitante Cidade
Jogo 1 27 de julho River Plate 3 - 3 Palmeiras Buenos Aires
Jogo 2 3 de agosto Cruzeiro 2 - 0 River Plate Belo Horizonte
Jogo 3 5 de agosto Palmeiras 7 - 0 Racing São Paulo
Jogo 4 12 de agosto River Plate 4 - 0 Racing Buenos Aires
Jogo 5 26 de agosto Palmeiras 2 - 2 Cruzeiro São Paulo
Jogo 6 1 de setembro Cruzeiro 2 - 0 Racing Belo Horizonte
Jogo 7 2 de setembro Palmeiras 3 - 0 River Plate São Paulo
Jogo 8 9 de setembro Racing 2 - 4 Palmeiras Avellaneda
Jogo 9 15 de setembro Racing 0 - 4 Cruzeiro Avellaneda
Jogo 10 23 de setembro River Plate 0 - 3 Cruzeiro Buenos Aires
Jogo 11 6 de outubro Racing 0 - 1 River Plate Avellaneda
Jogo 12 7 de outubro Cruzeiro 3 - 0 Palmeiras Belo Horizonte

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Classificação - Grupo B
Time PG J V E D GP GC SG
1 Argentina Independiente 11 6 3 2 1 7 5 2
2 Brasil Corinthians 10 6 3 1 2 10 5 5
3 Brasil Grêmio 8 6 2 2 2 5 6 -1
4 Argentina Vélez Sarsfield 3 6 0 3 3 3 9 -6
Jogos - Grupo B
Data Mandante Placar Visitante Cidade
Jogo 1 28 de julho Corinthians 1 - 2 Independiente São Paulo
Jogo 2 28 de julho Vélez Sarsfield 1 - 1 Grêmio Buenos Aires
Jogo 3 5 de agosto Independiente 1 - 1 Vélez Sarsfield Avellaneda
Jogo 4 10 de agosto Vélez Sarsfield 0 - 3 Corinthians Buenos Aires
Jogo 5 11 de agosto Grêmio 2 - 0 Independiente Porto Alegre
Jogo 6 24 de agosto Grêmio 1 - 0 Vélez Sarsfield Porto Alegre
Jogo 7 27 de agosto Grêmio 0 - 0 Corinthians Porto Alegre
Jogo 8 16 de setembro Corinthians 4 - 1 Grêmio São Paulo
Jogo 9 21 de setembro Vélez Sarsfield 1 - 1 Independiente Buenos Aires
Jogo 10 28 de setembro Independiente 2 - 0 Corinthians Avellaneda
Jogo 11 5 de outubro Corinthians 2 - 0 Vélez Sarsfield São Paulo
Jogo 12 5 de outubro Independiente 1 - 0 Grêmio Avellaneda

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Classificação - Grupo C
Time PG J V E D GP GC SG
1 Argentina San Lorenzo 12 6 4 0 2 8 5 3
2 Argentina Boca Juniors 10 6 3 1 2 10 5 5
3 Brasil São Paulo 10 6 3 1 2 11 8 3
4 Chile Universidad Católica 3 6 1 0 5 2 13 -11
Jogos - Grupo C
Data Mandante Placar Visitante Cidade
Jogo 1 27 de julho Universidad Católica 1 - 0 San Lorenzo Santiago
Jogo 2 1 de agosto Boca Juniors 5 - 1 São Paulo Buenos Aires
Jogo 3 4 de agosto San Lorenzo 1 - 0 Boca Juniors Buenos Aires
Jogo 4 11 de agosto Universidad Católica 0 - 3 São Paulo Santiago
Jogo 5 25 de agosto São Paulo 4 - 1 San Lorenzo São Paulo
Jogo 6 26 de agosto Boca Juniors 1 - 0 Universidad Católica Buenos Aires
Jogo 7 7 de setembro San Lorenzo 4 - 0 Universidad Católica Buenos Aires
Jogo 8 8 de setembro São Paulo 1 - 1 Boca Juniors São Paulo
Jogo 9 22 de setembro São Paulo 2 - 0 Universidad Católica São Paulo
Jogo 10 22 de setembro Boca Juniors 0 - 1 San Lorenzo Buenos Aires
Jogo 11 7 de outubro San Lorenzo 1 - 0 São Paulo Buenos Aires
Jogo 12 7 de outubro Universidad Católica 1 - 3 Boca Juniors Santiago

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Classificação - Grupo D
Time PG J V E D GP GC SG
1 Uruguai Peñarol 12 6 3 3 0 10 7 3
2 Uruguai Nacional 10 6 3 1 2 10 6 4
3 Brasil Vasco da Gama 8 6 2 2 2 9 8 1
4 Paraguai Cerro Porteño 2 6 0 2 4 9 17 -8
Jogos - Grupo D
Data Mandante Placar Visitante Cidade
Jogo 1 28 de julho Nacional 3 - 1 Cerro Porteño Montevidéu
Jogo 2 29 de julho Peñarol 2 - 1 Vasco da Gama Montevidéu
Jogo 3 3 de agosto Vasco da Gama 1 - 0 Nacional Rio de Janeiro
Jogo 4 11 de agosto Cerro Porteño 2 - 2 Peñarol Assunção
Jogo 5 24 de agosto Cerro Porteño 1 - 1 Vasco da Gama Assunção
Jogo 6 25 de agosto Peñarol 0 - 0 Nacional Montevidéu
Jogo 7 31 de agosto Vasco da Gama 1 - 1 Peñarol Rio de Janeiro
Jogo 8 7 de setembro Nacional 3 - 0 Vasco da Gama Montevidéu
Jogo 9 15 de setembro Peñarol 3 - 2 Cerro Porteño Montevidéu
Jogo 10 29 de setembro Cerro Porteño 2 - 3 Nacional Assunção
Jogo 11 5 de outubro Vasco da Gama 5 - 1 Cerro Porteño Rio de Janeiro
Jogo 12 5 de outubro Nacional 1 - 2 Peñarol Montevidéu

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Classificação - Grupo E
Time PG J V E D GP GC SG
1 Paraguai Olímpia 12 6 4 0 2 10 7 3
2 Brasil Flamengo 10 6 3 1 2 16 8 8
3 Chile Colo-Colo 8 6 2 2 2 6 8 -2
4 Chile Universidad de Chile 4 6 1 1 4 4 13 -9
Jogos - Grupo E
Data Mandante Placar Visitante Cidade
Jogo 1 27 de julho Flamengo 2 - 1 Olímpia Rio de Janeiro
Jogo 2 28 de julho Universidad de Chile 0 - 2 Colo-Colo Santiago
Jogo 3 4 de agosto Colo-Colo 0 - 4 Flamengo Santiago
Jogo 4 4 de agosto Olímpia 2 - 1 Universidad de Chile Assunção
Jogo 5 12 de agosto Colo-Colo 1 - 0 Olímpia Santiago
Jogo 6 26 de agosto Universidad de Chile 2 - 0 Flamengo Santiago
Jogo 7 8 de setembro Olímpia 3 - 1 Flamengo Assunção
Jogo 8 9 de setembro Colo-Colo 0 - 0 Universidad de Chile Santiago
Jogo 9 15 de setembro Universidad de Chile 1 - 2 Olímpia Santiago
Jogo 10 21 de setembro Flamengo 2 - 2 Colo-Colo Rio de Janeiro
Jogo 11 7 de outubro Flamengo 7 - 0 Universidad de Chile Rio de Janeiro
Jogo 12 7 de outubro Olímpia 2 - 1 Colo-Colo Assunção

Melhores segundos colocados[editar | editar código-fonte]

Os três melhores segundos colocados classificaram-se para as quartas de final.

Equipe Grupo PG J V E D GP GC SG
Brasil Palmeiras A 11 6 3 2 1 19 10 9
Brasil Flamengo E 10 6 3 1 2 16 8 8
Brasil Corinthians* B 10 6 3 1 2 10 5 5
Argentina Boca Juniors* C 10 6 3 1 2 10 5 5
Uruguai Nacional D 10 6 3 1 2 10 6 4
  • Corinthians e Boca Juniors empataram em todos os critérios — em ordem: pontos, saldo de gols e gols a favor —, com isso, a Conmebol teve de realizar um sorteio para desempatar.[11] A Conmebol chegou a sugerir a disputa de uma partida entre as duas equipes para definir quem prosseguiria no torneio, mas os dirigentes do clube paulista recusaram a proposta por causa do calendário brasileiro. O sorteio foi realizado no dia 11 de novembro e teve o Corinthians como o vencedor, sendo o oitavo classificado e o Boca Juniors eliminado.[12]

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Diagrama do mata-mata[editar | editar código-fonte]

  Quartas de final Semifinais Final
                             
1  Paraguai Olimpia 1 0  
8  Uruguai Peñarol 0 3  
   Brasil Flamengo 3 2  
   Uruguai Peñarol 0 3  
4  Argentina Independiente 1 0
5  Brasil Flamengo 1 4  
   Brasil Flamengo 4 3  
   Brasil Palmeiras 3 3  
3  Argentina San Lorenzo 2 2  
6  Brasil Corinthians 1 1  
   Argentina San Lorenzo 1 0
   Brasil Palmeiras 0 3  
2  Brasil Palmeiras 7 0
7  Brasil Cruzeiro 3 2  

Fichas técnicas das partidas[editar | editar código-fonte]

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida[editar | editar código-fonte]
22 de outubro Palmeiras Brasil 7 – 3 Brasil Cruzeiro

Paulo Nunes Gol marcado aos 16 minutos de jogo 16', Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Evair Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56', Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Alex Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Euller Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86', Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Ficha Técnica Isaías Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Ricardinho Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Marcelo Ramos Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'

2 de novembro Independiente Argentina 1 – 1 Brasil Flamengo

Calderón Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' Fábio Baiano Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'

21 de outubro San Lorenzo Argentina 2 – 1 Brasil Corinthians

Márcio Costa Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' (contra)
Córdoba Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Detalhes Ricardinho Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'

20 de outubro Olimpia Paraguai 1 – 0 Uruguai Peñarol

Monzón Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Jogos de volta[editar | editar código-fonte]
29 de outubro Cruzeiro Brasil 2 – 0 Brasil Palmeiras

Müller Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45'
Valdo Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'

Palmeiras venceu por 7–5 no agregado.


5 de novembro Flamengo Brasil 4 – 0 Argentina Independiente

Leandro Machado Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17', Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Fábio Baiano Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'
Romário Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Detalhes
Ficha Técnica

Flamengo venceu por 5–1 no agregado.


27 de outubro Corinthians Brasil 1 – 2 Argentina San Lorenzo

Edilson Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14' Detalhes Franco Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17'
Romeo Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'

San Lorenzo venceu por 4–2 no agregado.


27 de outubro Peñarol Uruguai 3 – 0 Paraguai Olimpia

Gabriel Cedrés Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Walter Pandiani Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49', Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'

Peñarol venceu por 3–1 no agregado.

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida[editar | editar código-fonte]
18 de novembro San Lorenzo Argentina 1 – 0 Brasil Palmeiras

Córdoba Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57' (pen.) Detalhes

25 de novembro Flamengo Brasil 3 – 0 Uruguai Peñarol

Leandro Machado Gol marcado aos 29 minutos de jogo 29'
Maurinho Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82'
Detalhes

Jogos de volta[editar | editar código-fonte]
7 de dezembro Palmeiras Brasil 3 – 0 Argentina San Lorenzo

Júnior Baiano Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3'
Arce Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75', Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' (pen.)
Detalhes

Palmeiras venceu por 3–1 no agregado.


9 de dezembro Peñarol Uruguai 3 – 2 Brasil Flamengo

Bengoechea Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45', Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' (pen.)
Martin Garcia Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Detalhes Athirson Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' (pen.)
Reinaldo Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'

Flamengo venceu por 5–3 no agregado.

Final[editar | editar código-fonte]

Conforme o regulamento, caso as duas primeiras partidas terminassem com um placar igual no agregado, seria necessária uma terceira partida.

Primeira partida[editar | editar código-fonte]
16 de dezembro de 1999
21h45
Flamengo 4 – 3 Palmeiras Maracanã Rio de Janeiro, Brasil

JuanGol marcado aos 5 minutos de jogo 5'
CaioGol marcado aos 70 minutos de jogo 70', Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Reinaldo Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Relatório Júnior Baiano Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Asprilla Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Paulo Nunes Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Público: 13 414
Árbitro: Wílson de Souza Mendonça
Auxiliares: Arnaldo Menezes e Eduardo Cyreno de Meneses
Segunda partida[editar | editar código-fonte]
20 de dezembro de 1999
21h45
Palmeiras 3 – 3 Flamengo Palestra Itália, São Paulo, Brasil

Arce Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20', Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57'
Paulo Nunes Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Relatório Caio Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Rodrigo Mendes Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
Público: 32 000
Árbitro: Luciano Almeida
* Carga total de ingressos disponibilizada e esgotada, pois o estádio estava em reformas

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Mercosul de 1999
Flag of Brazil.svg
FLAMENGO
Campeão
(1.º título)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clasificação geral[editar | editar código-fonte]

Posição Equipe PG J V E D GP GC SG AP%
1 Brasil Flamengo 21 12 6 3 3 33 18 15 58,33%
2 Brasil Palmeiras 18 12 5 3 4 35 23 12 50%
3 Argentina San Lorenzo 21 10 7 0 3 13 10 3 70%
4 Uruguai Peñarol 18 10 5 3 2 16 13 3 60%
5 Brasil Cruzeiro 19 8 6 1 1 21 9 12 79,16%
6 Paraguai Olimpia 15 8 5 0 3 11 10 1 62,50%
7 Argentina Independiente 12 8 3 3 2 8 10 −2 50%
8 Brasil Corinthians 10 8 3 1 4 12 9 3 41,66%
9 Argentina Boca Juniors 10 6 3 1 2 10 5 5 55,55%
10 Uruguai Nacional 10 6 3 1 2 10 6 4 55,55%
11 Brasil São Paulo 10 6 3 1 2 11 8 3 55,55%
12 Brasil Vasco da Gama 8 6 2 2 2 9 8 1 44,44%
13 Brasil Grêmio 8 6 2 2 2 5 6 –1 44,44%
14 Chile Colo-Colo 8 6 2 2 2 6 8 –2 44,44%
15 Argentina River Plate 7 6 2 1 3 8 11 –3 38,88%
16 Chile Universidad de Chile 4 6 1 1 4 4 13 –9 22,22%
17 Argentina Vélez Sarsfield 3 6 0 3 3 3 9 –6 16,66%
18 Chile Universidad Católica 3 6 1 0 5 2 13 –11 16,66%
19 Paraguai Cerro Porteño 2 6 0 2 4 9 17 –8 11,11%
20 Argentina Racing Club 0 6 0 0 6 2 22 –20 0%

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Jogador Clube Gols
Brasil Romário Brasil Flamengo 8
Brasil Marcelo Silva Ramos Brasil Cruzeiro 6
Argentina Guillermo Barros Schelotto Argentina Boca Juniors 5
Uruguai Walter Pandiani Uruguai Peñarol 5
Argentina Martín Cardetti Argentina River Plate 4
Brasil Euller Brasil Palmeiras 4
Brasil Evair Brasil Palmeiras 4
Brasil Fernando Baiano Brasil Corinthians 4
Brasil França Brasil São Paulo 4
Brasil Paulo Nunes Brasil Palmeiras 4
Uruguai Milton Núñez Uruguai Nacional 4
Brasil Oséas Brasil Palmeiras 4
Argentina Bernardo Romeo Argentina San Lorenzo 4

Referências

  1. uol.com.br/ Flamengo vence Palmeiras na primeira final da Mercosul (16/12/1999)
  2. folha.uol.com.br/ Fla bate Palmeiras e joga por empate
  3. uol.com.br/ Flamengo empata com o Palmeiras e é campeão da Mercosul (20/12/1999)
  4. folha.uol.com.br/ Flamengo é campeão da Mercosul
  5. extra.globo.com/ Partida entre Peñarol e Flamengo, em 1999, pela Mercosul, também terminou em pancadaria
  6. globoesporte.globo.com/ Gols, voadoras e socos: batalha de Montevidéu no caminho do último título internacional do Flamengo
  7. veja.abril.com.br/ Memória: o último título internacional do Flamengo
  8. ndmais.com.br/ Em 1996, Flamengo batia o São Paulo e era campeão em Manaus
  9. River perdió ante Cruzeiro y entregó una pálida imagen La Nación, acessado em 11 de julho de 2009
  10. folhadelondrina.com.br/ Empresa não vê monopólio no acordo Traffic-Hicks, Muse
  11. folhadelondrina.com.br/ Sorteio vai definir oitavo classificado da Copa Mercosul
  12. dgabc.com.br/ Corinthians "vence" Boca em sorteio e joga a Mercosul

Ligações externas[editar | editar código-fonte]