Club Deportivo Universidad Católica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o clube chileno. Para o clube equatoriano, veja Club Deportivo Universidad Católica (Equador).
Universidad Católica
Escudo Club Deportivo Universidad Católica.svg
Nome Club Deportivo Universidad Católica
Alcunhas UC
Católica
Los Cruzados
Cato
La Católica
Caballeros Cruzados
Franja
Principal rival Colo-Colo
Universidad de Chile
Fundação 21 de abril de 1937 (85 anos)
Estádio San Carlos de Apoquindo
Capacidade 14.768
Localização Santiago, Chile
Presidente Juan Tagle Quiroz
Treinador Ariel Holan
Patrocinador Banco BICE
Midea
Chery
Philips
Material (d)esportivo Under Armour
Competição Campeonato Chileno
Copa Libertadores
Copa Chile
Copa Sul-Americana
Website cruzados.cl
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

O Club Deportivo Universidad Católica é um clube esportivo chileno, fundado oficialmente no dia 21 de abril de 1937, na cidade de Santiago, e que tem como atividade mais conhecida o futebol profissional. Possui estádio próprio, chamado San Carlos de Apoquindo, com capacidade para 14 768 espectadores e que é parte do complexo esportivo da instituição.

Suas cores são o azul e o branco, as quais utiliza em seu uniforme desde sua fundação. No que respeita a seu escudo é triangular, com fundo branco emoldurado por cruz azul, que simboliza o uniforme de combate baseado nos guerreiros medievais durante as Cruzada, com as letras CDUC (Club Desportivo Universidade Católica) em vermelho.

Seu rival tradicional é a Universidad de Chile, com quem faz o confronto chamado de clássico Universitário, rivalizando também com outro clube de Santiago, o Colo Colo, com quem faz o clássico Albo-Cruzado.

O clube já conquistou dezesseis campeonatos chilenos, dentre outros títulos, como os de Copa Chile e Supercopa do Chile. Internacionalmente, é o segundo clube chileno em importância, tendo chegado à final da Copa Libertadores da América (1993).[1]

História[editar | editar código-fonte]

O início, do amadorismo até a profissionalização[editar | editar código-fonte]

Os primeiros antecedentes da Universidad Católica encontram-se na participação da chamada Universidad Católica F.C. na primeira divisão da Asociación Nacional de Football em 1908, entidade paralela à Asociación de Football de Santiago. Em 1927 foi integrada a Federación Deportiva da Universidad Católica, que congregou as diferentes modalidades desportivas praticadas na universidade, fundada a 30 de agosto do mesmo ano.

Em 1930, a Federación Deportiva juntou-se ao Club Universitario de Deportes, com o qual continuou a competir em conjunto até à sua separação em 1936. Após a sua separação com o Club Universitario de Deportes, o clube iniciou o seu processo de filiação na Asociación de Fútbol de Santiago, o que foi homologado a 19 de abril de 1937.

Em 1993, Universidad Católica chegado à final da Copa Libertadores da América de 1993, o clube foi vice-campeão perdendo para São Paulo Futebol Clube.[2] Na primeira partida foi uma derrota de 5-1, em Morumbi.[3] No jogo de volta, tentou reverter o placar, mas não passou de um 2 a 0, com gols dos Ricardo Lunari e Juan Carlos Almada.[4] E após o São Paulo, que era o campeão da Copa Libertadores da América de 1993 abrir mão de jogar a competição,[5] o clube chileno ganhou a vaga e tornou-se o campeão da Copa Interamericana do mesmo ano (jogada em 1994), quando derrotou o Deportivo Saprissa, representante da Concacaf naquela disputa.[6]

Universidad Católica no Século XXI[editar | editar código-fonte]

Durante o Clausura 2005, Universidad Católica foi campeão em pênaltis contra sua arquirrival, Universidad de Chile.[7] Em 2005, o Universidad Católica consegue chegar à semifinal da Copa Sul-Americana, mas é eliminado para o Boca Juniors, na primeira partida foi um empate 2-2, em San Carlos de Apoquindo.[8] No jogo de volta, tentou reverter o placar, mas não passou de um 1 a 0, que resultou na eliminação da equipe na competição.[9]

Em 2010, sob o comando do técnico Juan Antonio Pizzi e com jogadores decisivos, como Darío Bottinelli, Felipe Gutiérrez, Juan Eluchans e Milovan Mirosevic, o Universidad Católica chegou ao seu décimo título do Campeonato Chileno.[10] O título veio no dia 5 de dezembro de 2010, depois de o clube derrotar a equipe catarinense da Everton por 5 a 0, com gols dos Felipe Gutiérrez, Adán Vergara, Marcos González e dois gols de Fernando Meneses.[11] Em 2011, o clube foi campeão da Copa Chile 2011 , na ocasião, a equipe derrotou o Magallenes em pênaltis.[12] Precisando reverter o placar da primeira partida, quando havia perdido por 1 a 0 em San Carlos de Apoquindo,[13] o Universidad Católica venceu o Magallenes por 1 a 0, com gol marcado pelo atacante Daúd Gazale, marcados aos 90 minutos.[14] Com a igualdade, a disputa do título foi para os pênaltis e foi vencida pelo Universidad Católica por 4 a 2, Roberto Cereceda converteu a gol decisiva que deu o quarto título equipe da competição.[12]

No início de 2016, Universidad Católica foi campeão do Clausura 2016[15] e mais tarde, celebrou a Supercopa do Chile 2016 com uma vitória por 2 a 1 sobre o Universidad de Chile, com gols dos Nicolás Castillo e José Pedro Fuenzalida.[16] No final daquele ano, o clube foi coroado bicampeão do futebol chileno ao vencer o Apertura 2016, o primeiro bicampeonato na história do clube.[17] Em 2017, o clube é vice-campeão do Supercopa do Chile, perdendo para o Colo Colo em, por 4 a 1.[18] Em 30 de novembro de 2017, após não conseguir se classificar para a Copa Libertadores 2018, o clube anunciou a demissão do diretor técnico Mário Salas.[19]

Tetracampeonato do Campeonato Chileno[editar | editar código-fonte]

Em 21 de dezembro de 2017, Beñat San José foi anunciado como o novo treinador[20] e após a volta dos torneios longos, a Universidad Católica foi a vencedora do Campeonato Chileno de 2018.[21] Em 10 de dezembro de 2018, o clube anunciou que Beñat San José havia deixado a direção técnica da equipe.[22] Poucos dias depois, em 21 de dezembro, Gustavo Quinteros foi anunciado como o novo treinador[23] sendo campeão da Supercopa do Chile de 2019 com uma vitória por 5 a 0 sobre o Palestino, com gols dos Benjamin Kuscevic, César Pinares, Sebastián Sáez, Diego Valencia e Diego Buonanotte, o segundo título do clube naquele torneio.[24] No fim daquela temporada de 2019, a UC voltou a festejar um bicampeonato ao ganhar o Campeonato Chileno de 2019,[25] encerrado ainda a 30 de novembro daquele ano, resultado dos protestos no Chile na altura. O clube sagrou-se campeão quando liderava o torneio naquela com 13 pontos à frente do segundo colocado, com apenas 18 pontos restantes para disputar.[26] Dias depois, Quinteros anunciou sua demissão.[27]

Em dezembro de 2019, Ariel Holan foi anunciado como o novo treinador.[28] Em 10 de fevereiro de 2021, pela penúltima data, Universidad Católica conquistou da Campeonato Chileno de 2020, Com o título Universidad Católica conquistou o primeiro tricampeonato de sua história.[29] Após obter o título, pela terceira vez consecutiva, o técnico deixou a instituição após completar uma temporada no clube,[30] e Holan foi substituído pelo Gustavo Poyet.[31] Em março de 2021, Universidad Católica foi campeão da Supercopa do Chile 2020 com uma vitória por 4 a 2 sobre o Colo Colo, com gols dos Fernando Zampedri, Marcelino Núñez, e dois gols de Gonzalo Tapia.[32] Em 26 de maio de 2021, a UC derrotou o Atlético Nacional por 2 a 0, classificando para as oitavas de final da Copa Libertadores após dez anos.[33] Em setembro o clube anunciou a demissão do diretor técnico Gustavo Poyet,[34] e Cristian Paulucci foi anunciado como o novo treinador.[35] No final de 2021, o clube foi campeão da Supercopa do Chile 2021 em pênaltis sobre o Ñublense, depois de um empate: 1 a 1, com gol marcado pelo atacante Fernando Zampedri,[36] e foi campeão da Campeonato Chileno de 2021, sua quarto título nacional seguido, após vencer as edições 2018, 2019, 2020 e 2021.[37]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Escudo[editar | editar código-fonte]

Distintivo da Universidad Católica.

Suas cores são o azul e o branco, as quais utiliza em seu uniforme desde sua fundação. No que respeita a seu escudo é triangular, com fundo branco emoldurado por cruz azul, que simboliza o uniforme de combate baseado nos guerreiros medievais durante as Cruzada, com as letras CDUC (Club Desportivo Universidade Católica) em vermelho.

Hino[editar | editar código-fonte]

O Hino da Club Deportivo Universidad Católica estreou-se em 1942. Mauricio Wainer Norman (membro fundador do Clube), pegou a melodia de uma canção do Santiago College chamada "Tramp! Tramp! Tramp! (A Esperança do Prisioneiro)", composta por George F. Root em 1864. O resto da base e o os arranjos musicais ficaram a cargo de Vicente Bianchi, enquanto as letras foram compostas por Charles Bown Shearer (sócio fundador do clube e jogador.

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Casa[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017-18
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2019
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2020-21
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2021-22

Fora[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017-18
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2019
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2020-21
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2021-22

Terceiro[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017-18
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2019
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2020

Especial[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Outubro '21

Comemorativo[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
85 Anos

Patrocínio[editar | editar código-fonte]

Patrocínio da Universidad Católica.[38]

Patrocínio Fornecedor Patrocínio
1976 Financiera Cash
1978 - 1980 Haddad
1981 New Leader
1981 - 1982 Adidas AFP San Cristóbal
1982 - 1985
1986 - 1989 Pan Am[39]
1989 Puma
1990 - 1991 Ladeco[39]
1992 - 1995 Diadora Samsung
1996 Lotto
1997 Parmalat
1998 - 1999 Reebok
2000 - 2001 BankBoston
2002 Nike
2003 - 2008 Cristal[40]
2008 - 2011 Puma[41]
2012 - 2014 DirecTV[42]
2015 - 2018 Umbro[43]
2019 Under Armour[44]
2020 - 2023 BICE[45]

Sedes e estádios[editar | editar código-fonte]

San Carlos de Apoquindo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Estádio San Carlos de Apoquindo
EstadioSanCarlosdeApoquindo.jpg

O Estádio San Carlos de Apoquindo, que pertence ao clube, é o local onde a Universidad Católica manda suas partidas de futebol. Foi inaugurado em 4 de Setembro de 1988, tem capacidade para 18.000 torcedores, localizado na cidade de Las Condes, na região metropolitana de Santiago do Chile.

Complejo Deportivo Raimundo Tupper Lyon[editar | editar código-fonte]

Em 1981, a Universidade Católica fundou um centro esportivo que ficou conhecido como Complejo Fútbol, ​​que utilizaria as diferentes seções do Clube Deportivo Universidad Católica, principalmente atividades relacionadas ao futebol. Em 2009, a direção do Clube Deportivo Universidad Católica e Cruzados SADP tomou a decisão de alterar o nome do local a Complejo Deportivo Raimundo Tupper Lyon, em homenagem ao ex jogador Raimundo Tupper Lyon.

Torcida[editar | editar código-fonte]

Várias pesquisas de opinião pública colocam a Universidad Católica como o clube detentor da terceira maior torcida do futebol chileno. Segundo uma enquete de abril de 2008, realizada pelo Diário La Tercera em todo o país, o clube possui 9% das preferências dos chilenos. Pesquisa realizada no fim de 2010 indicou que o clube possui 10% da preferência dos chilenos, em terceiro lugar.[46]

Rivalidades[editar | editar código-fonte]

Clássico Universitário[editar | editar código-fonte]

A Universidad Católica tem como rival tradicional a Universidad de Chile, com a qual joga o conhecido Clássico Universitário, um embate de especial tradição no futebol chileno, por ser o mais antigo dentre os clubes considerados grandes, com grandes decisões na época de ouro do futebol local (anos 1960) e por ter sido por muitos anos o maior clássico nacional.[47] Em confrontos decisivos, a Católica ganha por 14-6.

Clássico Moderno[editar | editar código-fonte]

Outro clube com o qual a Universidad Católica desenvolve conhecida rivalidade é o Colo-Colo, com o qual decidiu vários Campeonatos Chilenos e Copas Chile, além de já o ter confrontado em 16 partidas de Taça Libertadores, com quem faz o Clássico Moderno.[48]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Intercontinental
Competição Títulos Temporadas
Copa Interamericana 1 1993
Nacional
Competição Títulos Temporadas
Campeonato Chileno 16 1949, 1954, 1961, 1966, 1984, 1987, 1997-A, 2002-A, 2005-C, 2010
2016-A, 2016-C, 2018, 2019, 2020 e 2021
Copa Chile 4 1983, 1991, 1995 e 2011
Supercopa Chilena 4 2016, 2019, 2020 e 2021
Consuelo Apertura 1 1941
Copa República 1 1983
Segunda Divisão 2 1956 e 1975
Total
Competição Títulos Descrição
Títulos Oficiais 29 1 Continentais e 28 Nacionais
Legenda
A (Apertura)
C (Clausura)
Star.svg Campeaõ Invicto

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Club Deportivo Universidad Católica
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado
Flags of the Union of South American Nations.gif Copa Libertadores da América 0 (não possui) 1 (1993) 4 (1962, 1966, 1969, 1984)*
Flags of the Union of South American Nations.gif Copa Interamericana 1 (1994) 0 (não possui)
Flags of the Union of South American Nations.gif Copa Sul-Americana 0 (não possui) 0 (não possui) 2 (2005, 2012)*
Chile Campeonato Chileno de Futebol 16 (1949, 1954, 1961, 1966, 1984, 1987, A-1997, A-2002, C-2005, 2010, C-2016, A-2016, 2018, 2019, 2020, 2021) 21 (1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1989, 1990, 1994, 1995, 1996, C-1997, 1999, 2001, C-2002, A-2007, C-2009, A-2011, T-2013, A-2013, C-2014, A-2015) 4 (1991, 1992, 1993, 1998) 5 (1939, 1970, 1988, 2015-C, 2017-C)
4 (2004-C, 2005-A, 2009-A, 2011-C)*
Chile Copa Chile 4 (1983, 1991, 1995, 2011) 8 (1958, 1961, 1962, 1982, 1984, 1989, 1990, 2012) 5 (1940, 1988, 2013-14, 2016, 2019)*
Chile Supercopa do Chile 4 (2016, 2019, 2020, 2021) 1 (2017)
Chile Segunda División 2 (1956, 1975) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)
Chile Copa de la República 1 (1983) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)
Chile Torneo Apertura de Chile 1 (1949) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)

Legenda:

(*) semifinais

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2022
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última
Campeonato Chileno 96 Campeão (16 vezes) 1939 2022
Segunda Divisão 3 Campeão (2 vezes) 1956 1975
Copa Chile 42 Campeão (4 vezes) 1958 2022
Supercopa Chilena 6 Campeão (4 vezes) 2016 2022
Copa Libertadores 29 Vice-Campeão (1993) 1962 2022
Copa Sul-Americana 11 Semifinal (2 vezes) 2003 2020
Copa Mercosul 4 Quartas de Final 1998 2001
Copa Interamericana 1 Campeão (1994) 1994 1994

Campanhas internacionais de destaque[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 1 de fevereiro de 2022.[49]

Goleiros
N.º Jogador
1 Argentina Nicolás Peranic
12 Chile Martín Ballesteros
25 Chile Sebastián Pérez
28 Chile Thomas Gillier
Defensores
N.º Jogador Pos.
2 Argentina Germán Lanaro Z
3 Chile Cristóbal Finch Z
6 Argentina Nehuén Paz Z
7 Chile Tomás Asta-Buruaga Z
17 Chile Branco Ampuero Z
19 Chile José Pedro Fuenzalida Capitão LD
21 Chile Raimundo Rebolledo LD
22 Chile Mauricio Isla LD
15 Chile Cristián Cuevas LE
24 Chile Alfonso Parot LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
8 Chile Ignacio Saavedra V
11 Argentina Luciano Aued V
13 Chile Sebastián Galani V
Chile Juan Leiva V
5 Argentina Yamil Asad M
10 Chile Felipe Gutiérrez M
18 Argentina Diego Buonanotte M
26 Chile Marcelino Núñez M
Atacantes
N.º Jogador
9 Argentina Fernando Zampedri
14 Chile Fabián Orellana
16 Chile Clemente Montes
20 Chile Gonzalo Tapia
23 Chile Bruno Barticciotto
27 Argentina Lucas Melano
30 Chile Diego Valencia
Comissão técnica
Nome Pos.
Argentina Ariel Holan T

Recordes jogadores[editar | editar código-fonte]

Mais títulos[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 4 de dezembro de 2021.

Pos. Nome Período Total
1 Chile José Pedro Fuenzalida 2004- 11
2 ArgentinaChile Germán Lanaro 2015- 10
= Chile Raimundo Rebolledo 2016- 10
3 ArgentinaChile Diego Buonanotte 2016- 9
4 Chile Cristopher Toselli 2007-2017 8
= Chile Stefano Magnasco 2011-2020 8
= Chile Mario Lepe 1982-2000 8
= Chile Alfonso Parot 2007- 8
5 Chile Benjamín Kuscevic 2015-2020 7
5 Chile Cristián Álvarez 1998-2018 7
5 Argentina Luciano Aued 2017- 7
5 Chile Diego Valencia 2018- 7
5 Chile Ignacio Saavedra 2018- 7

Maiores artilheiros[editar | editar código-fonte]

Pos. Nome Período Total
1 Chile Rodrigo Barrera[50] 1990-2002 118
2 Chile Raimundo Infante[51] 1941-1956 113
3 Chile Alberto Fouillioux[52] 1957-1975 108
4 Argentina Néstor Isella[52] 1963-1970 105
5 Chile Osvaldo Hurtado[52] 1980-1988 104
6 Chile Milovan Mirosevic[53] 1997-2017 96
7 Argentina Alberto Acosta[54] 1994-1998 92
8 Chile Jorge Aravena 1983-1984 85
9 Chile Luis Pérez 1985-1990 85
10 Chile Luka Tudor 1985-1996 81

Mais partidas[editar | editar código-fonte]

Pos. Nome Período Total
1 Chile Mario Lepe 1982-2000 639
2 Chile Andrés Romero 1984-1999 484
3 Chile Nelson Parraguez 1991-2004 435
4 Chile Cristián Álvarez 1998-2018 423
5 Chile Alberto Fouillioux 1957-1975 371
6 Chile Sergio Livingstone 1938-1959 366
7 Chile Rodrigo Barrera 1990-2002 352
8 Chile Milovan Mirosevic 1997-2017 338
9 Chile Washington Villarroel 1958-1971 328
10 Chile Jorge Ormeño 2004-2012 323

Notáveis jogadores[editar | editar código-fonte]

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Por ano[editar | editar código-fonte]

Por títulos[editar | editar código-fonte]

Treinadores por títulos
Pos. Nac. Treinador Títulos
Chile Alberto Buccicardi Campeonato Chileno de Futebol (1949)
Torneo de Consuelo Apertura de Chile (1949)
Reino Unido William Burnickell Campeonato Chileno de Futebol (1954)
Hungria Jorge Ormos Segunda Divisão (1956)
Argentina Miguel Mocciola Campeonato Chileno de Futebol (1961)
Chile Luis Vidal Campeonato Chileno de Futebol (1966)
Chile Jorge Luco Segunda Divisão (1975)
Chile Ignacio Prieto Campeonato Chileno de Futebol (1984, 1987)
Copa Chile (1983)
Copa de la República (1984)
ArgentinaChile Vicente Cantatore Copa Chile (1991)
Chile Manuel Pellegrini Copa Interamericana (1994)
Copa Chile (1995)
10º Chile Fernando Carvallo Campeonato Chileno de Futebol (1997-A)
11º Chile Juvenal Olmos Campeonato Chileno de Futebol (2002-A)
12º Chile Jorge Pellicer Campeonato Chileno de Futebol (2005-C)
13º Argentina Espanha Juan Antonio Pizzi Campeonato Chileno de Futebol (2010)
14º Chile Mario Lepe Copa Chile (2011)
15º Chile Mario Salas Campeonato Chileno de Futebol (2016-C, 2016-A)
Supercopa do Chile (2016)
16º Espanha Beñat San José Campeonato Chileno de Futebol (2018)
17º Argentina Bolívia Gustavo Quinteros Campeonato Chileno de Futebol (2019)
Supercopa do Chile (2019)
18º Argentina Ariel Holan Campeonato Chileno de Futebol (2020)
19º Uruguai Gustavo Poyet Supercopa do Chile (2020)
20º Argentina Cristian Paulucci Campeonato Chileno de Futebol (2021)
Supercopa do Chile (2021)

Referências

  1. «Copa Libertadores Club Histories». www.rsssf.com. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  2. «EFEMÉRIDES 26 DE MAYO: CATÓLICA SUBCAMPEÓN DE LA LIBERTADORES». ANFP (em espanhol). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  3. «¡Polémica! En Brasil recuerdan la goleada de Sao Paulo sobre Universidad Católica en la final de Copa Libertadores 1993». RedGol (em espanhol). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  4. Comunicaciones, Compañia Chilena de. «U. Católica recordó triunfo sobre Sao Paulo que no le alcanzó para ganar la Libertadores». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  5. «Una copa inolvidable: El día que Universidad Católica conquistó la Copa Interamericana». www.encancha.cl (em spanish). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  6. «A 27 años del único título internacional de la UC». TNT Sports (em espanhol). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  7. S.A.P, El Mercurio (22 de dezembro de 2005). «La UC es el nuevo campeón del fútbol chileno | Emol.com». Emol (em Spanish). Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  8. «Boca Juniors vs. Universidad Católica - Reporte del Partido - 23 noviembre, 2005 - ESPN». ESPN.cl (em espanhol). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  9. «U. Católica se encontró con el oficio de Boca y se despidió de su "sueño sudamericano"». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  10. «Campeones de la década: El título del 2010 de la UC». ANFP (em espanhol). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  11. «U. Católica atropelló a Everton y conquistó su décima estrella en torneos nacionales». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  12. a b «UC se coronó campeón de Copa Chile tras agónica definición a penales | Emol.com». Emol (em Spanish). 16 de novembro de 2011. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  13. «Magallanes venció a Universidad Católica en San Carlos en la primera final de Copa Chile». BioBioChile - La Red de Prensa Más Grande de Chile (em espanhol). 9 de novembro de 2011. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  14. «Las 10 finales de Copa Chile a una década de su regreso » Prensafútbol». Prensafútbol (em espanhol). 10 de novembro de 2018. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  15. Comunicaciones, Compañia Chilena de. «U. Católica lo dio vuelta ante Audax y se consagró campeón del Torneo de Clausura». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  16. «Universidad Católica se coronó campeón de la Supercopa | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  17. «Universidad Católica vence a Temuco y se corona bicampeón del fútbol chileno». Teletrece. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  18. «Colo Colo golea a Universidad Católica y se queda con la Supercopa 2017». Teletrece. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  19. «Así fue la despedida de Mario Salas de la UC». Publimetro Chile (em espanhol). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  20. «Universidad Católica confirma a Beñat San José como nuevo DT». Teletrece. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  21. «Universidad Católica: José Pedro Fuenzalida, la figura del campeón». AS Chile (em espanhol). 2 de dezembro de 2018. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  22. «¿Por qué Beñat San José se fue de la Universidad Católica?». pauta (em espanhol). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  23. «Gustavo Quinteros: Católica elige a mundialista con Bolivia como su nuevo DT». www.t13.cl. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  24. «Universidad Católica derrota a Palestino y es el campeón de los campeones de Chile». ANFP (em espanhol). Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  25. Comunicaciones, Compañia Chilena de. «U. Católica empató con La Calera y se coronó por primera vez tricampeón del fútbol chileno». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  26. Comunicaciones, Compañia Chilena de. «Consejo de Presidentes dio por finalizado el torneo y la UC se quedó con el título». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  27. «Gustavo Quinteros reveló las razones por las cuales dejó Universidad Católica tras haber sido campeón» (em espanhol). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  28. «Ariel Holan es el nuevo técnico de Universidad Católica». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  29. «U. Católica empató con La Calera y se coronó por primera vez tricampeón del fútbol chileno». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  30. «Ariel Holan deja de ser el entrenador de Universidad Católica». RedGol (em espanhol). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  31. «GUSTAVO POYET ES EL NUEVO DIRECTOR TÉCNICO DE UNIVERSIDAD CATÓLICA». Cruzados (em inglês). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  32. Lucay, Carlos González (21 de março de 2021). «El Huracán del Nacional: la tarde inolvidable de Gonzalo Tapia». La Tercera. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  33. «Luego de 10 años: la UC clasifica a octavos de final de Libertadores tras vencer a Atlético Nacional». BioBioChile - La Red de Prensa Más Grande de Chile (em espanhol). 26 de maio de 2021. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  34. «Gustavo Poyet dejó de ser entrenador de Universidad Católica». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  35. «Cristian Paulucci fue nombrado entrenador interino de la UC». ESPN.cl (em espanhol). 1 de setembro de 2021. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  36. «Universidad Católica superó a Ñublense y es campeón de la Supercopa de Chile». ESPN.cl (em espanhol). 19 de novembro de 2021. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  37. «Los tetracampeones del mundo: la UC se une a una lista de gigantes». AS Chile (em espanhol). 4 de dezembro de 2021. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  38. «Cruzados - Auspiciadores Oficiales». Cruzados (em inglês). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  39. a b Retamal, Rodrigo (26 de outubro de 2017). «Las clásicas e inolvidables marcas que fueron sponsor de las camisetas del fútbol chileno». La Tercera. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  40. «DirecTV Será Nuevo Sponsor de Universidad Católica». Todo Sobre Camisetas (em inglês). 1 de janeiro de 2008. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  41. Tercera, La (27 de janeiro de 2012). «Universidad Católica presenta nuevo modelo de su camiseta para la temporada.». La Tercera. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  42. «DirecTV es el nuevo sponsor de Universidad Católica». BioBioChile - La Red de Prensa Más Grande de Chile (em espanhol). 24 de janeiro de 2012. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  43. «Umbro vestirá a Universidad Católica a partir del próximo año». AS Chile (em espanhol). 9 de dezembro de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  44. «La piel del tetracampeón: La UC confirmó qué marca la vestirá por los próximos dos años». www.encancha.cl (em spanish). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  45. «BICE es el nuevo Patrocinador Principal de Universidad Católica | BICE VIDA». www.bicevida.cl. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  46. http://www.cerc.cl/pdf/diciembre.pdf Simpatía por un club (pág. 7) - em espanhol
  47. http://es.fifa.com/classicfootball/stories/classicderby/news/newsid=1125095.html#por+orgullo+universitario Nota sobre o clássico - em espanhol
  48. http://www.rsssf.com/sacups/copalibchil.html#chil
  49. «Primer Equipo» (em espanhol). Site oficial do CD Universidad Católica. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  50. «Rodrigo Barrera: "Soy el goleador histórico en todas las divisiones de la UC, pero muchos hinchas me dicen traidor"». RedGol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  51. Navarrete, Daniel Bustos y Luis (5 de junho de 2020). «Goleadores de clásicos, la pesadilla del archirrival». La Tercera. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  52. a b c «Barrera: "Hasta hoy los hinchas de la UC me dicen traidor"». AS Chile (em espanhol). 31 de outubro de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  53. «Milovan Mirosevic se retiró como el sexto goleador histórico de Universidad Católica». alairelibre.cl (em Spanish). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  54. «¿Es Zampedri el mejor "9" de la UC desde el "Beto" Acosta? Históricos debaten y explican la trascendencia del "Toro" – NOSTÁLGICA FM». www.nostalgica.cl. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  55. a b c d «Así les fue a los cinco entrenadores europeos que tuvo la UC en su historia». alairelibre.cl (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  56. «Sergio Livingstone junto al entrenador Alberto Buccicardi celebrando el título Primera División 1949». Memoria CHLna (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  57. «Cruzados - Página oficial Club Universidad Católica». Cruzados (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  58. a b «Llora el fútbol: Fernando Riera dice adiós». El Mercurio (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  59. «Festejos cruzados y caturros: cuando la UC, Colo Colo y Wanderers pelearon el título». Publimetro CHL (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  60. a b «Falleció ex futbolista de Universidad Católica Jorge Luco». Alairelibre.cl (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  61. «Fallece Néstor Isella, destacado ex jugador de Universidad Católica y comentarista deportivo». El Periscopio Noticias (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  62. a b c «Habemus DT: Fernando Carvallo se convirtió en el nuevo entrenador de la "UC"». Futbolizados.com (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  63. «CHL 1991». RSSSF (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  64. «Los 30 años de trayectoria de Manuel Pellegrini: Su paso a paso por los 12 clubes que ha dirigido». Emol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  65. «El Universidad Católica, campeón del Torneo de Apertura». AS.com (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  66. «Jorge Pellicer, el técnico que saca la cara por los CHLnos». La Tercera (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  67. «José del Solar fue presentado como nuevo DT de Universidad Católica». Alairelibre.cl (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  68. «Mario Lepe y su primera práctica en la UC: a lo Bielsa y lleno de juveniles | Emol.com». Emol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  69. «Marco Antonio Figueroa es el nuevo técnico de la UC». EMOL (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  70. «Juan Antonio Pizzi se transformó en el nuevo técnico de U. Católica». alairelibre.cl (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  71. «Mario Lepe fue ratificado como nuevo entrenador de U. Católica». BioBioCHL - La Red de Prensa Más Grande de CHL (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  72. «Andrés Romero será el técnico de Universidad Católica hasta el final del Apertura». Emol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  73. «Martín Lasarte es confirmado como nuevo DT de Universidad Católica». BioBioCHL - La Red de Prensa Más Grande de CHL (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  74. «Rodrigo Astudillo será el nuevo entrenador de la UC hasta mayo de 2014». Emol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  75. «La UC oficializa a Julio César Falcioni como su nuevo entrenador». Emol (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  76. «Julio César Falcioni y los números que marcan la peor campaña de la UC en la última década». Teletrece (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  77. «Mario Salas es oficializado como nuevo técnico de la UC». La Tercera (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  78. «Universidad Católica confirma a Benat San José como nuevo DT» (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  79. «Gustavo Quinteros: Católica elige a mundialista con Bolivia como su nuevo DT» (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  80. «Ariel Holan es el nuevo técnico de Universidad Católica» (em espanhol). Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  81. «Gustavo Poyet es el nuevo director técnico de Universidad Católica». Cruzados (em espanhol). Consultado em 26 de abril de 2021 
  82. «Cristian Paulucci continuará hasta fin de año como DT de Universidad Católica». ESPN.cl (em espanhol). 15 de setembro de 2021. Consultado em 21 de dezembro de 2021 
  83. «Comunicado Interinato». Cruzados.cl (em espanhol). Consultado em 19 de abril de 2022 
  84. «Ariel Holan es el técnico de Universidad Católica» (em espanhol). Consultado em 1 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Club Deportivo Universidad Católica