Felipe Gutiérrez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Felipe Gutiérrez
Informações pessoais
Nome completo Felipe Alejandro Gutiérrez Leiva
Data de nasc. 8 de outubro de 1990 (26 anos)
Local de nasc. Quintero,  Chile
Nacionalidade  Chile
Altura 1,70 m
Canhoto
Apelido Pipe, Iniestita
Informações profissionais
Período em atividade 2009–
Clube atual Brasil Internacional
Número 18
Posição Meia,Volante
Clubes de juventude
2004–2007
2008–2009
Chile Everton
Chile Universidad Católica
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2012
2012–2016
2016–
2017–
Chile Universidad Católica
Países Baixos Twente
Espanha Real Betis
Brasil Internacional (emp.)
0090 0000(22)
0108 0000(10)
0016 00000(1)
0000 00000(0)
Seleção nacional3
2010– Flag of Chile.svg Chile 0032 00000(4)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 28 de fevereiro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de novembro de 2016.

Felipe Alejandro Gutiérrez Leiva (Quintero, Região de Valparaíso, 8 de outubro de 1990) é um futebolista chileno que joga como volante no Internacional.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Everton[editar | editar código-fonte]

Gutiérrez começou a sua carreira no Everton, em 2004.

Universidad Católica[editar | editar código-fonte]

Quatro anos mais tarde, depois de ter sido observado, ele foi levado por um caçador de talentos para a Universidad Católica, onde estreou profissionalmente em 2009 com 18 anos de idade. No ano seguinte, 2010, foi campeão do Campeonato Chileno, marcando 3 gols, um deles inclusive no clube que começou, o Everton, na final. Em 2011, a Universidad Católica rejeitou ofertas de US$ 11,4 milhões do Málaga e do Sporting por Felipe. Surgiu interesse de diversos clubes brasileiros mas os valores ficavam muito distantes, entre eles, se destaca o interesse do Internacional, clube que é reconhecido por investir em estrangeiros e normalmente consegue excelente resultados técnicos e financeiros com essas operações, além do Inter, Bahia e Cruzeiro também procuraram a Universidad Católica para contar com seu futebol, mas seu destino acabou sendo mesmo a Europa. Foi eleito a revelação do Torneo Apertura de 2011 pela Revista El Gráfico, sendo apelidado de “Iniestita”.[1]

Twente[editar | editar código-fonte]

Em 12 de junho de 2012, foi confirmado a sua transferência para o Twente da Holanda. O clube holandês pagou US$ 3,7 milhões para Universidad Católica por 70% do passe de Gutiérrez.

Seleção Chilena[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pelo treinador Marcelo Bielsa para um amistoso contra o Israel, partida terminado em 3 a 0.

Estreou na era Borghi em um amistoso contra a Estónia.

Depois foi convocado pelo treinador Claudio Borghi para um amistoso contra o Portugal, partida terminado em 1 a 1, porém Gutiérrez não entrou em campo. Posteriormente foi para a Holanda jogar um amistoso contra a Colômbia, partida terminado em 2 a 0, e jogou poucos minutos.

Fez parte do elenco da Seleção Chilena que disputou a Copa América de 2011 na Argentina.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Universidad Católica

Referências

  1. El Gráfico: La revista Nº 1 del deporte está en Chile (23 de maio de 2011). «"Iniestita", la gran revelación del Apertura 2011». El Gráfico: La revista Nº 1 del deporte está en Chile (em espanhol). Elgrafico.grupopublimetro.cl. Consultado em 11 de março de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de ChileSoccer icon Este artigo sobre futebolistas chilenos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.