Football Club Twente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de FC Twente)
Twente
FC Twente.png
Nome Football Club Twente
Alcunhas De Tukkers
The Reds (Os Vermelhos)
Trots van het Oosten (Orgulho do Leste)
Twentenaren (Cidadãos de Twente)
Mascote Cavalo
Fundação 1 de julho de 1965 (57 anos)
Estádio De Grolsch Veste
Capacidade 30.205 Pessoas
Localização Enschede, Overissel, Países Baixos
Presidente Paul van der Kraan
Treinador(a) Ron Jans
Patrocinador(a) Pure Energie
Material (d)esportivo Meyba
Competição Eredivisie
Copa dos Países Baixos
Liga Europa da UEFA
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

FC Twente é um time neerlandês de futebol da cidade de Enschede, joga pelo Campeonato Neerlandês. O clube foi fundado em 1 de julho de 1965 pela fusão do campeão neerlandês da temporada de 1925/26, o Sportclub Enschede e o Enschedese Boys que disputava a Eerste Divisie. Os Valores do FC Twente são "futebol, atmosfera e solidariedade". Além disso, estes são os principais pilares que sustentam o clube que procura usar sob o lema inspirado "meer dan een club" (mais do que um clube). O estádio do Twente desde 1998 é De Grolsch Veste.

História[editar | editar código-fonte]

O Twente foi fundado em 1965 tendo como base um casamento de conveniência. Com os cofres a esvaziarem e a pressão dos responsáveis locais, os rivais SV Enschedese Boys e SC Enschede, campeão dos Países Baixos em 1926, negociaram a fusão ao longo da noite de 13 de Abril[1]. O desfecho foi o nascimento de um novo clube: o FC Twente. A equipa ocupou o lugar do SC Enschede na Liga neerlandesa mas, excepção feita a esse aspecto, revelou-se um recomeçar do zero, no qual o verde dos equipamentos de uns e o negro do equipamento de outros deram lugar ao vermelho.

Revistas e Poster do clube.

O Twente depressa se tornou numa equipa extremamente competitiva. Com jogadores como Epi Drost, Jan Jeuring, Theo Pahlplatz, Willy e René van de Kerkhof sob as suas ordens, Kees Rijvers guiou a equipa ao terceiro lugar em 1968/69, classificação que o clube repetiu em 1972. Dois anos mais tarde viu o título fugir com uma derrota por 3-2 no terreno do Feyenoord, na derradeira jornada. O treinador era então Spitz Kohn, depois de Rijvers ter rumado ao PSV Eindhoven e ter levado consigo os gémeos Van de Kerkhof.

Sempre perto dos títulos, mas a falhar sobre a linha de chegada, o Twente, cujo cavalo que se encontra no emblema é um símbolo regional, começou também a dar cartas na Europa. Atingiu as meias-finais da Copa da UEFA de 1974-75 e, dois anos mais tarde, chegou mesmo à final, vendo em ambas as ocasiões o VfL Borussia Mönchengladbach barrar-lhe o caminho para a glória[2]. Mas a espera por troféus numa equipa onde pontificavam Frans Thijssenand e Arnold Mühren não se prolongou por muito mais tempo e, em 1977, o Twente derrotou o PEC Zwolle na final e ergueu a Copa dos Países Baixos[3].

O RSC Anderlecht revelou-se demasiado forte para o Twente nas meias-finais da Taça dos Clubes Vencedores de Taças na temporada seguinte[4] e, 12 meses depois, o AFC Ajax impediu a conquista de nova Copa da dos Países Baixos. Contudo, em 1983, a formação de Enschede viu-se relegada para o segundo escalão – ainda que por breve período – como resultado da necessidade de vender os melhores jogadores para debelar os problemas financeiros do clube.

A mudança para o Arke Stadion (De Grolsch Veste), em 1998 – que substituiu o Diekman Stadion –, deu ao Twente uma nova vida e, três temporadas depois, Fred Rutten guiou o clube à conquista da segunda Copa dos Países Baixos do seu palmarés. Declarado na bancarrota, a chegada de Joop Munsterman à presidência, em 2004, ressuscitou o clube e, cinco anos mais tarde, o Twente terminou no segundo lugar na Eredivisie sob o comando do ex-seleccionador de Inglaterra, Steve McClaren. A conquista do título aconteceu finalmente em 2009/10 e, com ele, a estreia na fase de grupos da UEFA Champions League da época seguinte[5].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Temporadas
Copa Intertoto da UEFA 1 2006-07
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Países Baixos Campeonato Neerlandês 1 2009-10
Países Baixos Copa dos Países Baixos 3 1976-77, 2000-01, 2010-11
Países Baixos Supercopa Neerlandêsa 2 2010, 2011

Cscr-featured.svg Campeão Invicto

Recordes do clube[editar | editar código-fonte]

Mais jogos: Sander Boschker (640)
Mais gols: Blaise N’Kufo (114)
Vitória mais folgada: 9-0 em duas ocasiões, a mais recente contra o SV Urk (Copa dos Países Baixos), 24 de Agosto de 1999)
Derrota mais pesada: 8-1 contra o AFC Ajax em duas ocasiões (ambas na Eredivisie, 9 de Junho de 1979 e 1 de Dezembro de 1985)

Referências

  1. «Van Abe tot De Vries, de sterren van Enschedese Boys». tubantia.nl (em neerlandês). Consultado em 13 de outubro de 2022 
  2. «1974». uefa (em inglês). Consultado em 13 de outubro de 2022 
  3. «PEC Zwolle en de bekerfinale van 1977». sportgeschiedenis (em neerlandês). Consultado em 13 de outubro de 2022 
  4. «FC Twente keert terug in Europa: vijf legendarische duels van de tukkers». nu.nl (em neerlandês). Consultado em 13 de outubro de 2022 
  5. «Waar ging het allemaal mis met FC Twente?». nos.nl (em neerlandês). Consultado em 13 de outubro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Países BaixosSoccer icon Este artigo sobre Categoria:Clubes de futebol dos Países Baixos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.