Mauricio Pinilla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mauricio Pinilla
Informações pessoais
Nome completo Mauricio Ricardo Pinilla Ferrera
Data de nasc. 4 de fevereiro de 1984 (31 anos)
Local de nasc. Santiago,  Chile
Altura 1,87 m
Informações profissionais
Clube atual Itália Atalanta
Número 51
Posição Atacante
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20022003
2003
20032004
2004
20042006
2006
20062007
2007
20072008
2008
2009
20092010
20102012
20122014
2014
2015
Chile Universidad de Chile
Itália Internazionale
Itália Chievo
Espanha Celta Vigo (emp.)
Portugal Sporting
Espanha Racing Santander (emp.)
Escócia Heart of Midlothian (emp.)
Chile Universidad de Chile (emp.)
Escócia Heart of Midlothian
Brasil Vasco da Gama
Chipre Apollon Limassol
Itália Grosseto
Itália Palermo
Itália Cagliari
Itália Genoa
Itália Atalanta (emp.)
00039 00(20)
00000 000(0)
00006 000(0)
00006 000(0)
00020 000(5)
00013 000(1)
00003 000(2)
00004 000(2)
00002 000(0)
00003 000(0)
00005 000(2)
00024 00(24)
00035 00(10)
00063 00(22)
00012 000(3)
000013 000(5)
Seleção nacional3
2001
2003
2003
Flag of Chile.svg Chile Sub-17
Flag of Chile.svg Chile Sub-20
Flag of Chile.svg Chile
00003 000(5)
00003 000(1)
00033 000(6)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 17 de fevereiro de 2015.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de novembro de 2014.

Mauricio Ricardo Pinilla Ferrera (Santiago, 4 de fevereiro de 1984) é um futebolista chileno. Atualmente, defende a Atalanta, emprestado pelo Genoa.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a jogar na Universidad de Chile, onde logo se destacou como goleador, sendo contratado pela Internazionale, em 2003. Sem se firmar, foi negociado com o Chievo. Pouco aproveitado, foi emprestado do Celta Vigo, em 2004. Novamente sem oportunidades, foi vendido ao Sporting, que o emprestou, em sequência, ao Racing Santander, ao Heart of Midlothian e ao seu clube de origem, Universidad de Chile, sem sucesso em nenhum desses clubes.

Após ser contratado em definitivo pelo Hearts, jogou em 2008 no Vasco da Gama. No início de 2009, foi contratado pelo Apollon Limassol, do Campeonato Cipriota.[1] Ficou no Apollon apenas durante alguns meses, após isso, acabou passando uma semana de treinamentos no Grosseto, que acabou o contratando.[2] No Grosseto, conseguiu chegar à incrível marca de um gol por jogo, alcançando a vice-artilharia da Serie B, com vinte e quatro gols em vinte e quatro jogos (o artilheiro da competição marcou vinte e seis gols em quarenta jogos). Seu bom desempenho vem chamando a atenção de equipes da Serie A, como a Fiorentina,[3] mas tendo acertado em 11 de junho de 2010 sua transferência para o Palermo, firmando um contrato de quatro temporadas.[4]

Continuando sua boa fase na carreira, Mauricio Pinilla retornou à Seleção Chilena, tendo sido convocado por Marcelo Bielsa em 20 de agosto de 2010 para o amistoso contra a Ucrânia, disputado em 7 de setembro do mesmo ano.[5]

Deixou o Palermo por empréstimo ao Cagliari em 26 de janeiro de 2012 até o término da temporada, com opçâo de compra por parte da equipe da sardenha por 3,7 milhões de euros.[6]

Na Copa do Mundo de 2014 no Brasil,pelas oitavas de final contra o Brasil Pinilla carimbou o travessão aos 45 minutos do segundo tempo, neste lance o Chile poderia ter eliminado o país anfitrião de sua própria copa do mundo e Pinilla poderia ter sido o pesadelo de milhões de brasileiros.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ChileSoccer icon Este artigo sobre futebolistas chilenos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.