Seleção Peruana de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Seleção Peruana
FPF.svg
Alcunhas?  La Blanquirroja (A Branca e Vermelha)
La Rojiblanca (A Vermelha e Branca)
La Bicolor (A Bicolor)
Los Incas (Os Incas)
Associação Federación Peruana de Fútbol
Confederação CONMEBOL (América do Sul)
Material desportivo?  Equador Marathon
Treinador Argentina Ricardo Gareca
Capitão Paolo Guerrero
Pedro Gallese
Mais participações Roberto Palacios (128)
Melhor artilheiro Paolo Guerrero (39)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Peruana de Futebol também conhecido como A Branca e Vermelha representa o Peru nas competições de futebol da FIFA.[2][3]Sua organização está a cargo da Federação Peruana de Futebol (FPF), criada em 1922, que é uma das dez federações membros da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), da qual ingressou em 1925, pela qual participam de competições organizadas pela Conmebol e FIFA. Sua estreia ocorreu em 1º de novembro de 1927 contra a seleção uruguaia no Campeonato Sul-Americano daquele ano realizado no Peru.[4] A seleção peruana joga seus jogos em casa no Estádio Nacional, localizado na capital do país, Lima.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Os maiores títulos do futebol peruano foram 2 conquistas da Copa América em 1939 e 1975.

É o maior vencedor dos Jogos Bolivarianos tendo obtido seis medalhas de ouro, uma de prata e Quatro de bronze.

Seu melhor resultado em Copas do Mundo foi um 7º lugar em 1970.

Em Olimpíadas seu melhor resultado foi um 5º lugar em Berlim 1936.

Na Copa Ouro da CONCACAF, obteve um 3º lugar (junto com Trinidad e Tobago) em 2000.

Na Copa do Mundo de Futebol de Areia conseguiu um 2º lugar em 2000.

No Campeonato Pan-americano foi duas vezes seguidas o 4º colocado em 1952 e 1956.

Nos Jogos Sul-Americanos, conquistou a medalha de ouro em 1990.

Em 2011 o já desacreditado futebol peruano alcança um 3º lugar na Copa América do mesmo ano, ao golear a Venezuela pelo placar de 4–1. Em 2015 o futebol peruano novamente alcança um 3º lugar na Copa América do mesmo ano, ao vencer o Paraguai pelo placar de 2-0.

Conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014.

Seus principais jogadores na atualidade são Claudio Pizarro, Paolo Guerrero, Juan Manuel Vargas, Cristhian Cueva e Jefferson Farfán.

Em 2017 após a vitória pelo placar de 2-1 sobre o Uruguai,com gols de Júlio Marchi Neto e Guerrero a seleção Peruana conseguiu um marco história e alcançou a 18ª posição no ranking da FIFA[6] E ainda em 15 de novembro de 2017, disputando pela vaga de repescagem contra a Nova Zelândia, o Peru conseguiu classificar-se para a 2018 ao vencer a Nova Zelândia por 2x0.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Anos
Copaamericadomundo.png Copa América 2 1939, 1975
Seleção olímpica
Mundiais
Competição Títulos Anos
Gold medal.svg Jogos Olímpicos da Juventude 1 2014
Continentais
Competição Títulos Anos
Gold medal southamerica.svg Jogos Sul-americanos 1 1990 -
Internacionais
Competição Títulos Anos
Gold medal blank.svg Jogos Bolivarianos 6 1938, 1947, 1961, 1973, 1981, 2001

Campanhas em destaque[editar | editar código-fonte]

Seleção Principal
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro Quarto
Copa América 2 (1939, 1975) 1 (2019) 8 (1927,1935, 1949, 1955, 1979, 1983, 2011, 2015) 6 (1929, 1941, 1957, 1959, 1997, 2021)
Copa Ouro da CONCACAF 0 0 0 1 (2000)
Campeonato Pan-Americano 0 0 0 2 (1952, 1956)
Seleção de Base
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro Quarto
Campeonato Sul-Americano Sub-20 0 0 0 5 (1954, 1958, 1967, 1971, 1975)
Campeonato Sul-Americano Sub-17 0 0 0 1 (2007)
Campeonato Sul-Americano Sub-15 1 (2013) 0 0 0
Pré-Olímpico Sul-Americano Sub-23 0 1 (1960) 2 (1964 , 1980) 1 (1972)
Seleção Olímpica
Torneio Gold medal.svg Gold medal southamerica.svg Ouro Silver medal.svg Silver medal southamerica.svg Prata Bronze medal.svg Bronze medal southamerica.svg Bronze
Jogos Olímpicos da Juventude 1 (2014[8])
Jogos Sul-americanos 1 (1990) 2(1982 , 1994)
Jogos Bolivarianos 6 (1938, 1947, 1961, 1973, 1981, 2001) 1 (1997) 4 (1951, 1977, 1985, 2013)


Outros títulos[editar | editar código-fonte]

  • Copa Kirin: 3 (1999, 2005 e 2011)
  • Copa do Pacífico: 4 (1953, 1954, 1971 e 1982)
  • Copa Mariscal Sucre: 1 (1973)
  • Copa 75° Aniversário da FPF: 1 (1997)
  • Torneio Quadrangular de Lima: 1 (2007)
  • Torneio Internacional Juvenil de Niigata: 1 (2007)

Participações em Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]

  • 1930 - 10º lugar (primeira fase).
  • 1934 a 1966 - Não se classificou
  • 1970 - 7º lugar (quartas de final).
  • 1974 - Não se classificou
  • 1978 - 8º lugar (fase semifinal).
  • 1982 - 20º lugar (primeira fase).
  • 1986 a 2014 Não se classificou
  • 2018 - Primeira Fase

Na história das Copas: 5 participações (1 a disputar ainda), 15 jogos, 4 vitórias, 3 empates, 8 derrotas, 19 gols pró, 31 gols contra, -12 gols de saldo, 33% de aproveitamento de pontos.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Os seguintes 29 jogadores foram convocados para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA 2022 contra a Colômbia Colômbia e o Equador Equador em 28 de janeiro e 01 de fevereiro de 2022. [9]

Atualizado até 27 de janeiro de 2022

Nome Posição Clube
Gallese Goleiro Estados Unidos Orlando City
Campos Goleiro Peru Alianza Lima
José Carvallo Goleiro Peru Universitario
Araujo Defesa Países Baixos Emmen
Garcés Defesa Peru Universidad César Vallejo
Trauco Defesa França Saint-Étienne
Loyola Defesa Peru Sporting Cristal
Abram Defesa Espanha Granada
Corzo Defesa Peru Universitario
Zambrano Defesa Argentina Boca Juniors
Lora Defesa Peru Sporting Cristal
Advíncula Defesa Argentina Boca Juniors
Callens Defesa Estados Unidos New York City
López Defesa Estados Unidos San Jose Earthquakes
Cartagena Médio =Emirados Árabes Unidos Al Ittihad Kalba
Yotún Médio México Cruz Azul
Aquino Médio México América
Calcaterra Médio Peru Sporting Cristal
Peña Médio Suécia Malmö
Tapia Médio Espanha Celta de Vigo
Gonzáles Médio Peru Sporting Cristal
Costa Médio Chile Colo-Colo
Flores Médio Estados Unidos D.C. United
Cueva Médio Arábia Saudita Al-Fateh
Carrillo Médio Arábia Saudita Al-Hilal
García Médio Peru Cienciano
Concha Médio Peru Alianza Lima
Ormeño Avançado México León
Valera Avançado Peru Universitario
Lapadula Avançado Itália Benevento
Ricardo Gareca Treinador

Estatísticas e recordes[editar | editar código-fonte]

Negrito: Jogadores ainda em atividade

Uniformes[editar | editar código-fonte]

O Peru tem como escudo o emblema da Federação Peruana de Futebol. O primeiro emblema, apresentado em 1927, tinha um desenho de escudo em forma de ferro de engomar com o nome do país e a sigla da federação (FPF). Oito emblemas diferentes se seguiram, com o design mais duradouro sendo o escudo francês moderno estampado na camisa do time de 1953 a 2014. Este design tinha a bandeira peruana em sua base, e o nome do país ou a sigla da federação em seu topo. Desde 2014, o emblema tem um design de escudo de ferro de engomar de inspiração retro, com todo o campo composto pela bandeira do Peru e a sigla da federação, circundada por uma moldura dourada.[11] O primeiro uniforme do Peru é composto tradicionalmente por uma camisa branca, com uma faixa transversal da esquerda para a direita vermelha, calção e meias brancas, enquanto o segundo uniforme é o inverso, com camisa vermelha e a faixa transversal branca, calção e meias vermelhas, porém, recentemente outras cores tem sido utilizadas no uniforme alternativo, como o preto em 2019 e azul em 2021.

Material esportivo[editar | editar código-fonte]

Fornecedor Período
Alemanha Adidas 1978–1981
Brasil Penalty 1981–1982
Alemanha Adidas 1983–1985
Peru Calvo 1986–1987
Alemanha Puma 1987–1989
Suíça Power 1989–1991
Itália Diadora 1991–1993
Peru Polmer 1993–1995
Inglaterra Umbro 1996–1997
Peru Walon 1998–2010
Inglaterra Umbro 2010–2018
Equador Marathon 2018– presente

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola» (em inglês). FIFA.com. 23 de dezembro de 2021. Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  2. PERÚ, Empresa Peruana de Servicios Editoriales S. A. EDITORA. «Selección peruana: Los cambios de la Blanquirroja a través de la historia». andina.pe (em espanhol). Consultado em 29 de março de 2022 
  3. DEPOR, NOTICIAS (13 de julho de 2019). «Selección Peruana: la fiebre de la Blanquirroja continúa sumando adeptos en el país | FUTBOL-PERUANO». Depor (em espanhol). Consultado em 29 de março de 2022 
  4. DEPOR, NOTICIAS (1 de novembro de 2018). «Selección Peruana: la bicolor cumple 91 años de historia, ¿sabes cuál fue su primer partido? [INFOGRAFÍA] | FUTBOL-PERUANO». Depor (em espanhol). Consultado em 29 de março de 2022 
  5. «Tour del Estadio Nacional». www.ipd.gob.pe (em inglês). Consultado em 29 de março de 2022 
  6. «Guerrero e Gareca levam seleção peruana à colocação histórica no ranking da Fifa | FOX Sports». FOX Sports 
  7. «Com homenagens a Guerrero, Peru bate Nova Zelândia e volta à Copa após 36 anos». ESPN 
  8. http://elcomercio.pe ¡Perú campeón! Sub 15 de Oré ganó el oro en Nanjing 2014
  9. «Guerrero volta à seleção peruana para enfrentar Uruguai, Venezuela e Brasil» (em espanhol). UOL. 21 de agosto de 2021. Consultado em 29 de agosto de 2021 
  10. «Guerrero de mil batallas: los nuevos récords que batirá Paolo ante Uruguay» (em inglês). MSN. 26 de março de 2017 
  11. https://depor.com/futbol-peruano/seleccion-peruana/federacion-peruana-futbol-escudos-historia-foto-interactiva-7015/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]