Canhoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Esquerdo redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Estrabismo. Para outros significados, veja Canhoto (desambiguação).
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
  • Texto necessita de revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa.
  • Contém referências que necessitam de formatação.
Dia Internacional do Canhoto, 13 de agosto de 2002

Canhoto,[1] esquerdino,[2] esquerdo[3] ou sinistrômano (português brasileiro) ou sinistrómano (português europeu)[4] é o indivíduo que utiliza mais os membros esquerdos do que os membros direitos para os seus afazeres.

Estudos sugerem que entre 10–30% da população mundial seja canhota.[5][6]

Aspectos biológicos[editar | editar código-fonte]

A presença de um controle motor mais fino com a mão esquerda indica um predomínio do hemisfério direito sobre o esquerdo. Essa característica é determinada geneticamente, que codifica uma proteína neuronal trans membranar rica em leucina. Portadores deste gene possuem uma maior prevalência de doenças como esquizofrenia e epilepsia, porém são mais rápidos e lutam melhor que destros.[7]

Em 2007, pesquisadores descobriram que alelos específicos de pelo menos um de três polimorfismos de nucleotídeo único, além do gene LRRTM1 também estão associados à dominância da coordenação motora com a mão esquerda.[8][9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «canhoto». Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. www.infopedia.pt. 
  2. «esquerdino». Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. www.infopedia.pt. 
  3. «esquerdo». Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. www.infopedia.pt. 
  4. Carneiro, Sara; Vasconcelos, Olga; Rodrigues, Paula, "Transferência bilateral da aprendizagem em antecipação-coincidência. Efeito do sexo, da preferência manual e da complexidade da tarefa", Estudos em Desenvolvimento Motor da Criança III, Universidade do Porto, http://investigacao.ipiaget.org/edutec/ficheiros/paula_rodrigues_12.pdf, visitado em 31 de julho de 2016 
  5. Holder, M. K. (1997). «Why are more people right-handed?». Sciam.com. Scientific American Inc. Consultado em 14 de abril de 2008. 
  6. Psychology for A-level second edition, página 309
  7. Taylor DC. Epilepsy and the sinister side of schizophrenia. Dev Med Child Neurol 1977;19:403-6.[1]
  8. Francks et al. Molecular Psychiatry (2007) 12:1129-1139
  9. Gene for left-handedness is found, BBC, 31 de julho de 2007

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mão esquerda