Ariel Holan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ariel Holan
Ariel Holan
Ariel Holan em 2016
Informações pessoais
Nome completo Ariel Enrique Holan
Data de nasc. 14 de setembro de 1960 (58 anos)
Local de nasc. Lomas de Zamora, Argentina
Nacionalidade argentino
Informações profissionais
Equipa atual Independiente
Função Treinador
Times/Equipas que treinou
2015–2016
2017–
Defensa y Justicia
Independiente

Ariel Enrique Holan (Lomas de Zamora, 14 de setembro de 1960) é um treinador argentino. Comanda atualmente o Independiente.

Carreira no hóquei[editar | editar código-fonte]

Filho de um imigrante da antiga Tchecoslováquia, Holan inicia carreira de treinador de hóquei em campo desde jovem. Como destaque, leva a seleção uruguaia feminina a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2003.[1]

Treinador de futebol[editar | editar código-fonte]

Após 2003 passou a militar no futebol profissional, inicialmente como analista de vídeo da comissão técnica do então treinador Jorge Burruchaga no Arsenal de Sarandí.[1] Acompanhou este em outros clubes como Estudiantes, Intependiente e Banfield. Tornou-se depois assistente de Matías Almeyda no River Plate.[1]

Em 11 de junho de 2015 foi contratado como treinador efetivo do Defensa y Justicia.[2] Levou a equipe até as quartas-de-final da Copa Argentina 2015-16, quando foram eliminados pelo Boca Juniors.[3] Permaneceu até 11 de novembro de 2016 quando renunciou ao cargo, após campanha discreta da equipe na Primera División.[4] Pouco mais de um mês depois, em 30 de dezembro, foi contratado pelo Independiente - clube do qual é torcedor e sócio, para a temporada 2017.[1][5]

Em 13 de dezembro de 2017 sua equipe tornou-se campeã da Copa Sul-Americana, jogando no Estádio do Maracanã contra o Flamengo.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Independiente

Referências

  1. a b c d «Escuela HOLANdesa» (em espanhol). El Grafico. 7 de junho de 2016 
  2. «Ariel Holan es el nuevo entrenador de Defensa y Justicia» (em espanhol). Diario Jornada. 11 de junho de 2015 
  3. «Boca venció 2-1 a Defensa y Justicia y pasó a las semis de la Copa Argentina» (em espanhol). La Nueva. 23 de setembro de 2015 
  4. «Ariel Holan presentó la renuncia en Defensa y Justicia luego de la derrota frente a Vélez» (em espanhol). La Nacion. 14 de novembro de 2016 
  5. «Ariel Holan fue presentado en Independiente y aclaró: "No soy mago ni un mesías"» (em espanhol). Clarín. 29 de dezembro de 2016 
  6. «Independiente campeón: técnico conmovió a todos con declaraciones en medio del llanto» (em espanhol). El Comercio Peru. 13 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]