Antonio Mohamed

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Mohamed
Antonio Mohamed
Informações pessoais
Nome completo Antonio Ricardo Mohamed Matijevich
Data de nasc. 2 de abril de 1970 (48 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Altura 1.75 m
Apelido El Turco
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes de juventude
Vélez Sársfield
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988–1991
1991–1992
1992–1993
1993–1998
1998–2000
2000
2001
2001–2002
2002
2003
Argentina Huracán
Argentina Boca Juniors
Argentina Independiente
México Toros Neza
México Monterrey
México Marte
México Irapuato
México Atlante
México Celaya
México Zacatepec
109 (41)
015 0(4)
026 0(2)
180 (40)
058 (12)
020 (12)
016 0(2)
024 0(1)
014 0(1)
016 0(1)
Seleção nacional
1988-1991 Flag of Argentina.svg Argentina 004 0(1)
Times/Equipas que treinou
2003
2003
2004
2005
2006
2007
2007–2010
2010–2011
2011–2013
2013
2014
2015-
Argentina Huracán
México Zacatepec
México Morelia
México Querétaro
México Jaguares
México Veracruz
Argentina Colón
Argentina Independiente
México Tijuana
Argentina Huracán
México América
México Monterrey

Antonio Ricardo Mohamed Matijevich mais conhecido como El Turco (Buenos Aires, 2 de abril de 1970) é um ex-futebolista e treinador de futebol argentino. Treina o Celta de Vigo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Apelidado de El Turco por causa de sua ascendência sírio-libanesa, Mohamed começou no Huracán, cujo desempenho levou a ser contratado pelo poderoso Boca Juniors, onde não foi tão bem. Jogou também pelo Independiente até começar sua trajetória no futebol mexicano.

No "país dos astecas", Mohamed jogou no Toros Neza, Monterrey, Marte, Irapuato, Atlante e Celaya. Despediu-se como jogador em 2003, no inexpressivo Zacatepec.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Em 2004, iniciou a carreira de treinador, pelo mesmo clube onde começou a carreira de atleta, o Huracán. Comandou também o Zacatepec, seu último clube como jogador, Morelia, Querétaro, Jaguares de Chiapas e Veracruz.

Após ser demitido do cargo de técnico do Colón, de Santa Fé, Mohamed foi anunciado como novo comandante do Independiente, em 04 de outubro de 2010 (http://www.caindependiente.com/noticias.asp?idnews=1812).

Independiente[editar | editar código-fonte]

Em 08 de dezembro de 2010, conquistou pelo Independiente como treinador o Título de Campeão da Copa Sulamericana, na final com a equipe do Goiás Esporte Clube, do Brasil. Perdeu o primeiro jogo, em Goiânia, por 2x0 e no jogo de volta, em Buenos Aires, venceu por 3x1 no tempo normal, sendo a partida levada para a prorrogação, sem gols e depois para os pênaltis, onde o Independiente fez 5x3 e foi campeão.

Celta[editar | editar código-fonte]

Em 2018, El turco assumiu o Celta de Vigo

Seleção[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Argentina, El Turco estreou muito jovem, aos 18 anos, em 1988. Disputou a Copa América de 1991, tendo poucas chances. Deixou a equipe nesse mesmo ano. [1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Huracán
Argentina

Treinador[editar | editar código-fonte]

Independiente
Tijuana

Referências

  1. «Elenco Copa América 91». Consultado em 27 de março de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antonio Mohamed