Antonio Mohamed

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Antonio Mohamed
Antonio Mohamed
Mohamed no comando do Celta de Vigo em 2018
Informações pessoais
Nome completo Antonio Ricardo Mohamed Matijevich
Data de nasc. 2 de abril de 1970 (51 anos)
Local de nasc. Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade argentino
mexicano
Altura 1,74 m
Apelido El Turco
Informações profissionais
Equipa atual Atlético Mineiro
Posição ex-atacante
Função treinador
Clubes de juventude
Vélez Sarsfield
Clubes profissionais
Anos Clubes
1988–1991
1991–1992
1992–1993
1993–1998
1998–2000
2000
2001
2001–2002
2002
2003
Huracán
Boca Juniors
Independiente
Toros Neza
Monterrey
Marte
Irapuato
Atlante
Celaya
Zacatepec
Seleção nacional
1988–1991 Argentina
Times/Equipas que treinou
2003–2004
2004
2004–2005
2005
2005–2006
2006–2007
2007–2008
2008–2010
2010–2011
2011–2013
2013
2014
2015–2018
2018
2018–2019
2019–2020
2022–
Zacatepec
Monarcas Morelia
Querétaro
Jaguares
Huracán
Huracán
Veracruz
Colón
Independiente
Tijuana
Huracán
América
Monterrey
Celta de Vigo
Huracán
Monterrey
Atlético Mineiro
Última atualização: 13 de janeiro de 2022

Antonio Ricardo Mohamed Matijevich, também conhecido como El Turco (Buenos Aires, 2 de abril de 1970), é um treinador e ex-futebolista argentino que atuava como atacante. Atualmente comanda o Atlético Mineiro.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Apelidado de El Turco por causa de sua ascendência sírio-libanesa, Mohamed começou a carreira como jogador no Huracán, cujo desempenho o levou a ser contratado pelo poderoso Boca Juniors, onde não foi tão bem. Jogou também pelo Independiente, até começar sua trajetória no futebol mexicano.

No "país dos Astecas", Mohamed atuou em várias equipes: Toros Neza, Monterrey, Marte, Irapuato, Atlante e Celaya. Despediu-se como jogador em 2003, no inexpressivo Zacatepec.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Argentina, El Turco estreou muito jovem, aos 18 anos, em 1988. Fez parte do elenco campeão da Copa América de 1991, mas teve poucas chances no ataque que contava com Claudio Caniggia e Gabriel Batistuta.[1] Após a competição, Mohamed não foi mais convocado.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Em 2004, iniciou a carreira de treinador pelo mesmo clube onde começou a carreira de atleta, o Huracán. Comandou também o Zacatepec, seu último clube como jogador, Morelia, Querétaro, Jaguares de Chiapas e Veracruz.

Independiente[editar | editar código-fonte]

Após ser demitido do cargo de técnico do Colón, de Santa Fé, Mohamed foi anunciado como novo comandante do Independiente no dia 4 de outubro de 2010.

Em 8 de dezembro, El Turco conquistou o título da Copa Sul-Americana com o Independiente. Na final contra o Goiás, o clube argentino perdeu o primeiro jogo, em Goiânia, por 2 a 0,[2] mas venceu por 3 a 1 no jogo da volta, em Buenos Aires. Após o tempo normal, a partida foi levada para a prorrogação e o Independiente sagrou-se campeão na disputa por pênaltis.[3]

Celta de Vigo[editar | editar código-fonte]

Mohamed assumiu o Celta de Vigo no dia 1 de julho de 2018. Permaneceu no cargo até novembro, onde comandou a equipe em 13 partidas.

Monterrey[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2019, levou o Monterrey à conquista do Apertura da Liga MX. A equipe dos Rajados não conquistava o título desde 2010. A vitória foi especial para El Turco (que não conteve as lágrimas de emoção), pois foi a concretização de uma antiga promessa ao seu filho, falecido em 2006, de conquistar o campeonato pelo Monterrey.[4][5]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado oficialmente pelo Atlético Mineiro no dia 13 de janeiro de 2022, assinando contrato até 31 de dezembro, com opção de renovação.[6] El Turco assumiu a equipe após a saída de Cuca, que deixou o Galo em dezembro.[7]

Estatísticas como treinador[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 25 de novembro de 2020

Clube Início Até Jogos
J V E D GP GC SG %
Zacatepec July 2003 January 2004 30 14 8 8 56 38 +17 46.67
Monarcas Morelia 24 February 2004 30 June 2004 13 6 2 5 20 25 -5 46.15
Querétaro July 2004 February 2005 29 12 9 8 55 49 +6 41.38
Chiapas February 2005 April 2005 6 1 2 3 4 7 -3 16.67
Veracruz 9 October 2007 27 January 2008 8 2 2 4 7 18 -11 25
Chiapas 19 March 2008 21 September 2010 97 36 32 29 137 125 +12 37.11
Independiente 4 October 2010 4 September 2011 47 14 18 15 60 56 +4 42.86
Tijuana 19 September 2011 24 May 2013 84 36 32 16 109 82 +27 42.86
América 17 December 2013 14 December 2014 46 23 10 13 81 46 +35 50
Celta de Vigo 22 May 2018 12 November 2018 13 3 6 4 23 21 +2 23.08
Huracán 28 December 2018 23 April 2019 123 49 29 45 161 144 +17 39.84
Monterrey 9 de outubro de 2019 25 de novembro de 2020 225 106 61 58 88 65 +23 47.11
Atlético Mineiro 13 de janeiro de 2022 presente 0 0 0 0 0 0 +0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Huracán
Seleção Argentina

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Independiente
Tijuana
América
Monterrey

Referências

  1. «Elenco Copa América 91». Consultado em 27 de março de 2016 
  2. Thiago Arantes (1 de dezembro de 2010). «Goiás vence Independiente e fica perto de primeiro título internacional». ESPN Brasil. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
  3. «Nos pênaltis, Independiente quebra jejum e acaba com sonho do Goiás». Terra. 9 de dezembro de 2010. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
  4. «Atlético-MG: 'Turco' Mohamed emocionou o mundo ao cumprir promessa a filho falecido no Monterrey». O Globo. 13 de janeiro de 2022 
  5. João Victor Pena (13 de janeiro de 2022). «'El Turco' Mohamed cumpriu promessa emocionante a filho no Monterrey». Superesportes 
  6. «El Turco na área: Antonio Mohamed é o novo técnico do Galo». Site oficial do Atlético Mineiro. 13 de janeiro de 2022 
  7. Victor Martins (28 de dezembro de 2021). «Cuca entrega o cargo e não será o treinador do Atlético-MG em 2022». UOL 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Antonio Mohamed