Leonardo Astrada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Outubro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leonardo Astrada
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Rubén Astrada
Data de nasc. 6 de janeiro de 1970 (46 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Altura 1,74 m
Apelido El Jefe, El Negro, Leo
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988–2000
2000
2001–2003
Argentina River Plate
Brasil Grêmio
Argentina River Plate
297 (6)
6 (0)
42 (0)
Seleção nacional
1991–1999 Flag of Argentina.svg Argentina 32 (1)
Times/Equipas que treinou
2004–2005
2006
2007–2008
2008–2009
2009–2010
2011–2012
2012
2014–2015
2015
Argentina River Plate
Argentina Rosario Central
Argentina Colón de Santa Fé
Argentina Estudiantes
Argentina River Plate
Paraguai Cerro Porteño
Argentina Argentinos Juniors
Paraguai Cerro Porteño
Argentina Atlético de Rafaela








Leonardo Rubén Astrada (Buenos Aires, 6 de janeiro de 1970) é um ex-futebolista e treinador de futebol argentino que atuava como volante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jogou a maior parte de sua carreira no River Plate, onde foi promovido ao time principal em 1988, aos 18 anos, e fez sua estreia em julho do ano seguinte, contra o Argentinos Juniors. Em sua primeira passagem pelos Millonarios, Astrada disputou 297 partidas até 2000.

Neste ano, foi contratado pelo Grêmio, mas sua trajetória no Tricolor Gaúcho não agradou: foram apenas 6 jogos disputados, e virando reserva de Eduardo Costa até o final da temporada.

Voltou ao River Plate em 2001, atuando em 42 jogos até 2003, quando encerrou sua carreira como jogador.

Seleção Argentina[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Argentina, Astrada disputou 29 partidas e marcou 1 gol. Disputou 2 edições da Copa América (1993 e 1995), além da Copa de 1998, onde ficou no banco de reservas.

Carreira de treinador[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2004, um mês após deixar os gramados, El Jefe virou treinador do River Plate, comandando o clube por meia temporada. Regressou aos Millonarios em 2009, permanecendo até abril de 2010.

Treinou ainda, em seu país, o Rosario Central, o Colón de Santa Fé, o Estudiantes, o Argentinos Juniors e o Atlético de Rafaela, além de ter comandado o Cerro Porteño (Paraguai) também em 2 oportunidades.

Titulos nacionais[editar | editar código-fonte]

Títulos internacionais[editar | editar código-fonte]