Eduardo Sasha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eduardo Sasha
Eduardo Sasha
Sasha em 2015.
Informações pessoais
Nome completo Eduardo Colcenti Antunes
Data de nasc. 24 de fevereiro de 1992 (28 anos)
Local de nasc. Porto Alegre (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,73 m
destro
Apelido Sasha
Informações profissionais
Clube atual Atlético Mineiro
Número 18
Posição atacante
Clubes de juventude
2007–2010 Internacional
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2018
2012–2013
2018
2018–2020
2020–
Internacional
Goiás (emp.)
Santos (emp.)
Santos
Atlético Mineiro
0154 000(32)
0053 000(18)
0018 0000(6)
0086 000(17)
0021 0000(7)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 25 de novembro de 2020.

Eduardo Colcenti Antunes, mais conhecido como Eduardo Sasha ou somente Sasha (Porto Alegre, 24 de fevereiro de 1992) é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Atlético Mineiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Sasha chegou às categorias de base do Internacional em 2001, aos 9 anos, dividindo-se ainda entre o futebol de campo e o de salão.[1] Logo em seu primeiro amistoso marcou cinco gols.[1] Eduardo Sasha teve sua primeira chance no time principal do Inter com 18 anos, entrando durante um empate contra o Goiás, em 2010.[2] No mesmo ano ainda, foi inscrito no Mundial de Clubes.[3] Antes ainda, Sasha havia sido destaque da campanha do time Sub-23 na Copa Sub-23.[4]

Goiás[editar | editar código-fonte]

Com poucas chances no grupo principal do Inter, Sasha foi emprestado ao Goiás em 2012.[5] Comandado por Enderson Moreira, Sasha se destacou no time esmeraldino na campanha que resultou no título da Série B. Em 2013, renovou o empréstimo e continuou se destacando no Brasileirão.

Retorno ao Internacional[editar | editar código-fonte]

Sasha durante jogo do Inter, em 2016.

No início de 2014, voltou ao Inter e começou como opção no elenco para o ataque, tendo feito algumas boas partidas pelo Campeonato Gaúcho daquele ano. Apenas no segundo semestre que ganhou mais sequência, virando titular do time de Abel Braga e marcando gols.[6][7] Uma lesão no pé, porém, o afastou dos campos até 2015.

No ano 2016, Sasha teve um bom início de temporada. Despontou bem na Flórida Cup, com um gol em cada jogo. Na primeira partida do torneio, contra o Bayer Leverkusen, o jogador aproveitou bola espirrada pela defesa e mandou uma bomba de primeira, sem chances para o goleiro Leno.[8] Contra o Fluminense, Vitinho ganhou da marcação e tocou para Eduardo Sasha. O camisa 9 avançou e bateu de canhota no contrapé do goleiro Diego Cavalieri. Sasha foi um dos goleadores da competição.

Em fevereiro, Sasha colocou uma meta mínima de 20 gols para a temporada de 2016.[9]

"Todo jogador precisa colocar uma meta para alcançar. Eu tenho uma. Quero fazer, durante todo o ano, no mínimo, 20 gols."

Na partida do hexacampeonato contra o Juventude, logo aos 14 minutos do primeiro tempo, o Inter abriu o placar. William cobrou falta na cabeça do atacante que cabeceou sozinho no canto esquerdo. Na comemoração, ergueu à bandeirinha de escanteio para o alto e segurou-a como se estivesse abraçado ao seu par em um baile. Em alguns movimentos, ensaiou a “valsa dos 15 anos”.[10]

Sasha pelo Santos, em 2019.

Em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão, contra o São Paulo, Sasha assegurou o triunfo por 2 a 1. Aos 36 minutos, Vitinho recuperou a bola e foi para cima da zaga. Ele deu um toque para Sasha e o atacante deu um leve toque na bola, que encobriu Dênis e parou no fundo das redes. Aos 43 minutos do segundo tempo, William arrancou de trás, em contra-ataque, e só parou na área, ao passar para Sasha bater sem chances para Denis.[11]

Em partida contra o Oeste, na Série B, Sasha foi autor de um dos gols, o que fez com que o atacante se tornasse o artilheiro do Beira-Rio desde sua reinauguração em 2014, chegando a 21 gols.

Santos[editar | editar código-fonte]

Em 9 de janeiro de 2018, assinou por empréstimo de uma temporada com o Santos.[12] Em 19 de abril de 2018, após boas atuações, assinou de forma definitiva com contrato válido até 2022, em acordo que envolveu a ida de Zeca para o Internacional.[13]

Sasha ficou em terceiro lugar na artilharia do Campeonato Brasileiro de 2019, ao lado de Gilberto, com 14 gols marcados.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em 20 de julho de 2020, Sasha acionou a Justiça do Trabalho alegando falta de pagamentos por parte do Santos e requerindo a rescisão de seu contrato com o clube, que foi concedida por liminar onze dias depois.[14] Em 1º de agosto, porém, o juiz que havia concedido a liminar revogou a própria decisão após ter sido feito público o fato do mesmo ser adepto do Atlético Mineiro, um dos clubes apontados pela imprensa como interessados em contratar Sasha, declarando-se "suspeito por motivo de foro íntimo" e citando "para que se preserve a legitimidade das decisões judiciais, bem como para que não paire dúvidas quanto à lisura do processo".[15]

Em 17 de agosto de 2020, Santos e Atlético Mineiro chegaram a um acordo pela transferência de Sasha, avaliada em 1,5 milhão.[16]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional
Goiás
Atlético Mineiro

Prêmio individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Linck, João Vicente (Março de 2015). «Do Rubem Berta para a América». Revista do Inter 
  2. http://www.internacional.com.br/conteudo?modulo=2&setor=18&codigo=12289]
  3. http://www.internacional.com.br/conteudo?modulo=2&setor=18&codigo=13128
  4. http://www.internacional.com.br/conteudo?modulo=2&setor=18&codigo=12892
  5. [1]
  6. [2]
  7. [3]
  8. «Internacional - Site oficial». www.internacional.com.br. Consultado em 12 de junho de 2016 
  9. «Artilheiro do Inter, Sasha traça meta de marcar 20 gols na temporada 2016». globoesporte.com. Consultado em 12 de junho de 2016 
  10. «Sasha alfineta Grêmio e dança "valsa dos 15 anos" em gol do hexa ao Inter». globoesporte.com. Consultado em 12 de junho de 2016 
  11. «Com dois gols de Sasha, Inter suporta a pressão e vence o São Paulo nos minutos finais». ZH 2014. Consultado em 12 de junho de 2016 
  12. «Eduardo Sasha é o novo reforço do Peixe para a temporada». santosfc.com.br. Consultado em 9 de janeiro de 2018 
  13. «Sasha assina contrato definitivo com o Santos até o fim de 2022». Globoesporte.com. Consultado em 19 de abril de 2018 
  14. «Eduardo Sasha consegue rescisão de contrato com o Santos na Justiça; clube vai recorrer». Globoesporte.com. Consultado em 1º de agosto de 2020 
  15. «Reviravolta: juiz revoga rescisão de Sasha com o Santos e se diz suspeito para julgar o caso». Globoesporte.com. Consultado em 1º de agosto de 2020 
  16. «Eduardo Sasha é anunciado pelo Atlético-MG». Globoesporte.com. Consultado em 17 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]