Guilherme Arana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guilherme Arana
Guilherme Arana
Arana pela Seleção Brasileira Sub-20, em 2017.
Informações pessoais
Nome completo Guilherme Antonio Arana Lopes
Data de nasc. 14 de abril de 1997 (23 anos)
Local de nasc. São Paulo, (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Atlético Mineiro
Número 13
Posição lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2007–2015 Corinthians
Clubes profissionais
Anos Clubes
2014–2017
2015
2018–
2019–2020
2020–
Corinthians
Atlético Paranaense (emp.)
Sevilla
Atalanta (emp.)
Atlético Mineiro (emp.)
Seleção nacional
2016–2017
2019–
2020–
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil

Guilherme Antonio Arana Lopes (São Paulo, 14 de abril de 1997), mais conhecido como Guilherme Arana, é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente joga no Atlético Mineiro, emprestado pelo Sevilla.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Desde muito cedo Guilherme Arana já atuava nas divisões de base do Corinthians, onde chegou aos 10 anos de idade,[1] fazendo parte de uma geração vencedora do clube que, em 2014, venceu o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro[2], ambos Sub-20, além de ser vice-campeã da Copa São Paulo[3].

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Em 2014, com apenas 16 anos de idade, foi promovido ao elenco profissional pelo técnico Mano Menezes[4] mas, ao longo da temporada, foi pouco aproveitado, ficando apenas no banco de reservas em partidas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.[5]

No final do ano, foi convocado novamente pela equipe Sub-20 para participar da Copa São Paulo, da qual o Corinthians se sagrou campeão.[6]

Após o sucesso na Copa São Paulo, Guilherme Arana foi novamente reintegrado ao elenco profissional[7] e, depois de um período apenas treinando, foi inscrito para a fase final do Campeonato Paulista de Futebol de 2015 - Série A1 Campeonato Paulista.[8]

Empréstimo ao Atlético Paranaense[editar | editar código-fonte]

Em 7 de maio de 2015, foi emprestado ao Atlético Paranaense até o final da temporada,[9] mas acabou ficando pouco tempo no Paraná. Após atuar em apenas três partidas, o Corinthians apressou sua volta para completar o elenco após a saída do lateral-esquerdo Fábio Santos para o Cruz Azul.[10]

Retorno ao Corinthians[editar | editar código-fonte]

Guilherme Arana fez sua estreia no time principal no dia 12 de agosto, contra o Sport, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, entrando no lugar de Uendel, que saiu machucado. Nessa partida, Arana saiu de vilão para herói: depois de fazer um passe errado que foi interceptado e resultou em um gol do adversário, conseguiu provocar um pênalti a favor do Corinthians que resultou no gol da vitória por 4 a 3.[11][12] Em função da ausência do titular, pôde realizar uma boa sequência de jogos e ganhou ritmo, atuando em partidas importantes.[13]

Marcou seu primeiro gol com a camisa corintiana justamente contra o maior rival do clube, na partida válida pelo mesmo campeonato em 19 de novembro no estádio do adversário que terminou em empate por 3 a 3.[14]

No total, disputou 12 jogos no campeonato, conquistando destaque com boas atuações[15] e contribuindo para o sexto título brasileiro conquistado pelo Corinthians no final do ano.[16]

Suas atuações chamaram a atenção de clubes de fora do Brasil e vários rumores sobre uma possível transferência foram veiculados ao final da temporada de 2015.[17][18][19]

Sevilla[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de novembro de 2017, após ter feito sua última partida pelo Corinthians, viajou à Espanha fechar com o Sevilla.[20]

Atalanta[editar | editar código-fonte]

Em 28 de agosto de 2019, foi confirmado seu empréstimo à Atalanta por um ano.[21]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de janeiro de 2020, acertou seu retorno ao Brasil e assinou com o Atlético Mineiro. O clube entrou em um acordo de empréstimo com o Sevilla válido até junho de 2021, com a obrigatoriedade de compra ao fim do período.[22]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Arana foi titular da Seleção Brasileira Sub-20 na disputa do Campeonato Sul-Americano de 2017. Em 2019, disputou dois amistosos pela Sub-23 em preparação para os Jogos Olímpicos de 2020.

No dia 14 de novembro de 2020, recebeu a sua primeira convocação para Seleção Principal, atendendo a um chamado de última hora para completar a equipe ante uma partida eliminatória da Copa do Mundo de 2022 contra o Uruguai, em Montevidéu, após o corte de Alex Telles.[23]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 16 de dezembro de 2020.[24]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Corinthians 2014 0 0 0 0 1 0 1 0
2015 12 1 0 0 0 0 0 0 12 1
2016 10 0 2 0 1 1 9 0 22 1
2017 32 2 5 0 3 0 14 0 54 2
Total 54 3 7 0 4 1 24 0 89 4
Atlético Paranaense 2015 3 0 0 0 0 0 0 0 3 0
Total 3 0 0 0 0 0 0 0 3 0
Sevilla 2017–18 3 0 0 0 0 0 0 0 3 0
2018–19 9 0 4 1 9 1 0 0 22 2
Total 12 0 4 1 9 1 0 0 25 2
Atalanta 2019–20 4 0 0 0 0 0 0 0 4 0
Total 4 0 0 0 0 0 0 0 4 0
Atlético Mineiro 2020 25 3 1 0 2 0 8 2 36 5
Total 25 3 1 0 2 0 8 2 36 5
Total na carreira 98 6 12 1 15 2 32 2 157 11

¹Estão incluídos jogos e gols por Copa Libertadores, Copa Sul-Americana e Liga Europa da UEFA
²Estão incluídos jogos e gols por Campeonato Paulista, Campeonato Mineiro e amistosos

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20
Ano
Jogos Gols
2016 2 0
2017 6 2
Total 8 2
Sub-23
Ano
Jogos Gols
2019 2 0
Total 2 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Atlético Mineiro

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Malcom e Arana já racharam ônibus, escola e até pão com ovo no Corinthians». UOL Esporte. 27 de outubro de 2015 
  2. «Com título do Brasileiro Sub-20, Timão confirma ano de sucesso na base» 
  3. Gazeta (25 de janeiro de 2014). «Santos segura pressão, derrota o Corinthians e é campeão da Copa São Paulo - Futebol - iG» 
  4. «Guilherme Arana volta a ser destaque na imprensa italiana e entra na mira do PSG». Meu Timão. 6 de novembro de 2015 
  5. «Ficha de Guilherme Arana». Sapo Desporto 
  6. «Goleiro do Botafogo-SP falha, e Timão conquista seu nono título da Copinha». Globo Esporte. 25 de janeiro de 2015 
  7. «Corinthians promove três campeões da Copa SP ao elenco profissional». Globo Esporte. 2 de fevereiro de 2015 
  8. «Corinthians inscreve lateral Guilherme Arana na vaga de Lodeiro no Paulista». CGN Esportes. 10 de abril de 2015 
  9. «Corinthians confirma empréstimo de Guilherme Arana ao Atlético-PR». Gazeta Esportiva. 7 de maio de 2015 
  10. «Guilherme Arana despede-se do Atlético-PR e volta para o Corinthians». Globo Esporte. 26 de junho de 2015 
  11. «Corinthians derrota Sport no fim e vira líder provisório». Terra Esportes. 13 de Agosto de 2015 
  12. «Após empréstimo, promessa pode estrear no Corinthians». Terra Esportes. 11 de agosto de 2015 
  13. «Guilherme Arana já se prepara para ser titular também no clássico». Jornal de Brasília. 4 de setembro de 2015 
  14. «Corinthians arranca empate em jogo eletrizante com Palmeiras». Terra Esportes. 6 de setembro de 2015 
  15. «Armandão: garçom de mão cheia, Jadson é o craque da rodada#33». SporTV. 2 de novembro de 2015 
  16. «Heróis do Hexacampeonato». IG Esporte 
  17. «El Atlético negocia por el lateral brasileño Arana del Corinthians». Diário Ás. 31 de outubro de 2015 
  18. «Guilherme Antonio Arana Lopes from Corinthians to Augsburg?». OneFootbal.com. 10 de dezembro de 2015 
  19. «Imprensa internacional especula disputa por Guilherme Arana». BastidoresSCCP. 10 de dezembro de 2015 
  20. Após despedida do Corinthians, Arana vai à Espanha fechar com o Sevilla nesta quarta
  21. «GUILHERME ARANA È DELL'ATALANTA». atalanta.it. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  22. «Atlético-MG confirma contratação de Guilherme Arana em negócio com Sevilla». GloboEsporte.com. 29 de janeiro de 2020 
  23. «Guilherme Arana está relacionado para a Seleção Brasileira». CBF. 14 de novembro de 2020. Consultado em 14 de novembro de 2020 
  24. «Perfil do Guilherme Arana». Soccerway. Consultado em 19 de agosto de 2017 
  25. «Cueva é o Craque e Corinthians tem maioria na Seleção da 1ª Fase do Paulistão-2017». Lance.com.br. 20 de março de 2017. Consultado em 27 de março de 2015 
  26. «Com cinco jogadores e Carille, campeão Corinthians é base da seleção do Paulistão». Globo Esporte. 8 de maio de 2017. Consultado em 9 de maio de 2017 
  27. «Jô e Hernanes dominam premiação da CBF; Corintiano é o craque do torneio». UOL. 5 de dezembro de 2017. Consultado em 5 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]