André Jardine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
André Jardine
Informações pessoais
Nome completo André Soares Jardine
Data de nasc. 8 de setembro de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Porto Alegre (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Informações profissionais
Período em atividade 2003–
Equipa atual Brasil Sub-20
Função Treinador
Times/Equipas que treinou
2003–2013
2013–2015
2014
2015–2018
2016–2018
2019
2019–
Internacional (categorias de base)
Grêmio (categorias de base)
Grêmio (interino)
São Paulo (categorias de base)
São Paulo (interino)
São Paulo
Brasil Sub-20


0001

0009
0010
0000
Última atualização: 13 de fevereiro de 2019

André Soares Jardine, mais conhecido como André Jardine (Porto Alegre, 8 de setembro de 1979), é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente comanda a Seleção Brasileira Sub-20.

Natural de Porto Alegre, Jardine atuou na base do Grêmio, inclusive, foi colega de Ronaldinho Gaúcho. Mas não chegou a ser jogador profissional.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Jardine ingressou no Internacional em 2003, se tornando treinador do sub-10. Ele assumiu todas as categorias de base do clube durante dez anos. Em 24 de setembro de 2013, ele retornou ao Grêmio como treinador do sub-17.

Em 27 de julho de 2014, após a demissão de Enderson Moreira, Jardine foi nomeado treinador interino, onde comandou o time durante o jogo contra o Vitória, onde logo após Luiz Felipe Scolari tornou-se treinador. Posteriormente, ele foi nomeado auxiliar-técnico, onde permaneceu até dezembro de 2014.

Em fevereiro de 2015, Jardine mudou-se para São Paulo e foi indicado ao leme dos menores de 20 anos. Ele foi gerente interino por duas ocasiões (em 2016 e 2018) antes de se tornar auxiliar em março de 2018. Em 11 de novembro, se tornou treinador interino até o fim da temporada, substituindo Diego Aguirre.

Em 25 de novembro, Jardine foi efetivado como técnico, assumindo de fato o comando do São Paulo para a temporada 2019.[1]Foi demitido do comando do São Paulo em 14 de fevereiro, após eliminação na primeira fase da Libertadores, porém, continuará no clube em outra função.[2]

Em 3 de abril de 2019, assumiu a Seleção Brasileira Sub-20.[3]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 13 de fevereiro de 2019.

Equipe Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Grêmio 1 0 0 1 0%
São Paulo (interino) 9 4 2 3 51.85%
São Paulo 10 3 1 6 33.33%

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Diego Aguirre
Treinador do São Paulo
2018–2019
Sucedido por
Vagner Mancini (interino)