Nelsinho Baptista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nelsinho Baptista
Informações pessoais
Nome completo Nelson Baptista Júnior
Data de nasc. 22 de julho de 1950 (67 anos)
Local de nasc. Campinas, Brasil
Apelido Nelsinho
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador
(ex-lateral-direito)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1967
1971–1977
1977–1981
1983
Ponte Preta
São Paulo
Santos
Juventus

0262 000000(6)
0066 000000(1)
0009 000000(0)
Times/Equipas que treinou
1985
1985–1986
1986–1987
1987–1988
1989
1989
1990
1990-1991
1991
1991–1992
1992–1993
1993–1994
1994–1996
1996
1996-1997
1997
1998
1999
2000
2000–2001
2001–2002
2002–2003
2003
2003
2003–2005
2005
2006
2006–2007
2007
2008–2009
2009–2014
2015–2017
2018
São Bento
Ponte Preta
Inter-SP
Atlético-PR
Sporting-COL
América
Novorizontino
Corinthians
Guarani
Palmeiras
Corinthians
Al-Hilal
Verdy-JAP
Internacional
Corinthians
Sport
São Paulo
Colo-Colo
Portuguesa
Ponte Preta
São Paulo
Goiás
Flamengo
São Caetano
Nagoya-JAP
Santos
São Caetano
Ponte Preta
Corinthians
Sport
Kashiwa-JAP
Vissel Kobe
Sport







59


60



62













11

Nelson Baptista Júnior, mais conhecido como Nelsinho Baptista (Campinas, 22 de julho de 1950), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como lateral-direito. Atualmente está sem clube

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Iniciou a carreira em 1967, atuando na Ponte Preta como lateral-direito, mas foi no São Paulo que obteve o auge na sua carreira como jogador. Também atuou no Santos e no Juventus.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Como treinador, começou a ser conhecido ao levar o pequeno Novorizontino, um time do interior paulista, ao vice-campeonato estadual em 1990. Nesse mesmo ano seria campeão brasileiro pelo Corinthians, título até então inédito para o clube do Parque São Jorge, foi vice-campeão do Campeonato Paulista de 1993 e ganhou com o clube ainda o Campeonato Paulista de 1997. Entretanto, em 2007 seria o técnico no comando do time quando este foi rebaixado para a Série B.

No São Paulo, foi Campeão Paulista de 1998.

Em 2008 assumiu o Sport Club do Recife, foi campeão pernambucano por antecipação e conquistou a Copa do Brasil, passando por times como Palmeiras, Internacional, Vasco e, na final, Corinthians, na Ilha do Retiro, apesar de ter sido derrotado no primeiro jogo da final, em São Paulo, por 3 a 1.

Após uma briga com o meia Paulo Baier, Nelsinho se demitiu do Sport. Também foi acusado de chamar o atacante Ciro de "mulherzinha" num treino.[1]

No dia 16 de julho, acertou seu retorno ao Japão, para treinar o Kashiwa Reysol[2], ganhando em anos consecutivos a segunda liga e a liga principal do Campeonato Japonês.

Em agosto de 2013, após a partida em que o Kashiwa Reysol perdeu para o Kashima Antlers por 3 a 1, Nelsinho Baptista chegou a anunciar sua saída do clube, mas depois voltou atrás. No final de 2017, ele voltou ao Brasil para mais uma vez treinar o Sport.Em 24 de abril de 2018 Nelsinho anunciou saida do Sport[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético-PR
Internacional
Corinthians
Verdy Kawasaki
São Paulo
Goiás
Sport
Kashiwa Reysol

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Paulo Autuori
Treinador do Cruzeiro
1997
Sucedido por
Levir Culpi
Precedido por
Alexandre Gallo
Treinador do Santos
2005
Sucedido por
Serginho Chulapa
Precedido por
Darío Pereyra
Vadão
Treinador do São Paulo
1998
2001–2002
Sucedido por
Pita
Oswaldo de Oliveira
Precedido por
Geninho
Daniel Paulista
Treinador do Sport
2008–2009
2018
Sucedido por
Emerson Leão
Claudinei Oliveira