Álvaro Luiz Maior de Aquino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Álvaro
Informações pessoais
Nome completo Álvaro Luiz Maior de Aquino
Data de nasc. 1 de novembro de 1977 (40 anos)
Local de nasc. Nilópolis (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira, espanhola[1]
Altura 1, 83 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 1997presente
Clube atual Taboão da Serra
Número 3
Posição Zagueiro e Lateral
Clubes de juventude
1995–1997 São Paulo[2]
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1997–1998
1998
1999–2000
2000
2001
2001–2002
2002–2003
2003–2006
2006–2008
2008–2009
2009–2010
2011
2012
2013
2013
2014
2014
2015
2015
2016
2017
2017–
São Paulo
América Mineiro
Goiás
São Paulo
Las Palmas
Atlético Mineiro
Las Palmas
Real Zaragoza
Levante
Internacional
Flamengo
Vila Nova
Villa Nova
Linense
Bragantino
Mogi Mirim
Vila Nova
Linense
Democrata de Sete Lagoas
Democrata de Governador Valadares
Guarani de Divinópolis
Taboão da Serra
0013 000(0)
0016 000(0)
0000 000(0)
0001 000(0)
0028 000(4)
0029 000(2)
0069 000(6)
0125 000(7)
0052 000(5)
0033 000(1)
0031 000(0)
0009 000(1)
0007 000(0)
0016 000(0)
0025 000(3)
0011 000(0)
0007 000(0)
0014 000(1)
0000 000(0)
0001 000(0)
0007 000(0)
0010 000(0)
Seleção nacional
1997
2000
Brasil 20
Brasil 23
0005 000(2)[2]
0004 000(0)

Álvaro Luiz Maior de Aquino, mais conhecido como Álvaro, (Nilópolis, 1 de novembro de 1977), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro e lateral. Atualmente joga pelo Taboão da Serra.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inicio[editar | editar código-fonte]

Foi revelado pelo São Paulo em 1997. Teve uma passagem de muito destaque no Goiás quando foi convocado para defender a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2000. Pelo Atlético Mineiro, teve grande destaque no ano de 2001 quando o clube terminou entre os 4 primeiros colocados do Campeonato Brasileiro.

Futebol espanhol[editar | editar código-fonte]

Depois jogou durante 8 anos na Espanha atuando em três clubes: Las Palmas, Real Zaragoza e Levante.

Internacional[editar | editar código-fonte]

Em 2008, retornou ao Brasil para jogar no Internacional. No mesmo ano, conquistou a Copa Sul-Americana. Em sua passagem no Internacional, Álvaro marcou apenas um gol, na final da Taça Fabio Koff, equivalente ao Segundo Turno do Campeonato Gaúcho, entre Internacional e Caxias. Naquela ocasião, uma vitória garantia o título gaúcho de 2009 ao Internacional, que havia sido campeão da Taça Fernando Carvalho, primeiro turno do Gauchão. O atleta marcou de cabeça o último gol do Colorado, terminando a partida em 8 a 1 para o Internacional. Em 8 de agosto de 2009, Álvaro anunciou sua saída do Internacional.[3]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de agosto, o zagueiro acertou sua ida para o Flamengo.[4] E ajudou a equipe Rubro-Negra a conquistar o título nacional em 2009.

Em 13 de fevereiro de 2010, ao falar sobre a semifinal da Taça Guanabara de 2010, o futebolista se declarou torcedor do Flamengo: "Eu sou flamenguista desde criança e foi uma festa em Nilópolis quando me apresentei ao Flamengo."[5]

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Em 4 de janeiro de 2011, foi apresentado como novo reforço do Vila Nova.[6] Logo depois transferiu-se para o Mogi Mirim.

Em dezembro de 2015, acertou sua ida para o Democrata de Governador Valadares para a disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro no ano de 2016.

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Goiás
Real Zaragoza
Internacional
Flamengo

Referências

  1. [1]
  2. a b [2]
  3. GloboEsporte.com; Alexandre Alliatti (8 de agosto de 2009). «Mudanças no Internacional: Álvaro dá adeus, e Fabiano Eller acerta o retorno». Consultado em 8 de agosto de 2009. 
  4. GloboEsporte.com; Eduardo Peixoto e Fred Huber (27 de agosto de 2009). «Fla apresenta os experientes Álvaro e Maldonado, reforços para a defesa». Consultado em 28 de agosto de 2009. 
  5. GloboEsporte.com; Rodrigo Benchimol (13 de fevereiro de 2010). «No 'Álvaro Futebol Clube' tem torcedor do Flamengo e do Botafogo». Consultado em 14 de fevereiro de 2010. 
  6. Mundim, Daniel (4 de janeiro de 2011). «Vila Nova apresenta mais três jogadores». Portal 730. Consultado em 11 de janeiro de 2011. 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Categorias:Futebolistas do Villa Nova Atlético Clube Categorias:Futebolistas do Clube Atlético Taboão da Serra