Gonzalo Sorondo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gonzalo Sorondo
Informações pessoais
Nome completo Gonzalo Sorondo Amaro
Data de nasc. 9 de outubro de 1979 (38 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade Uruguai Uruguaio e brasileiro Brasil
Altura 1,90 m[1]
Destro
Apelido Il nuovo Montero,[2] Lalo[3]
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Ex-Zagueiro
Clubes de juventude
1993–1997 Uruguai Defensor Sporting
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2001
2001–2006
2003–2004
2004–2005
2005–2006
2006
2007
2007–2011
2012
2013
Uruguai Defensor Sporting
Itália Internazionale
Bélgica Standard de Liège (emp.)
Inglaterra Crystal Palace (emp.)
Inglaterra Charlton Athletic (emp.)
Inglaterra Charlton Athletic
Uruguai Defensor Sporting
Brasil Internacional
Brasil Grêmio
Uruguai Defensor Sporting
61 0000(4)
11 0000(0)
24 0000(2)
20 0000(0)
07 0000(0)
01 0000(0)
09 0000(2)
77 0000(8)
00 0000(0)
00 0000(0)
Seleção nacional3
1998–1999
2000–2005
Uruguai Uruguai Sub-20
Flag of Uruguay.svg Uruguai

27 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 14 de janeiro de 2012.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 14 de janeiro de 2012.

Gonzalo Sorondo Amaro[4] (Montevidéu, 9 de outubro de 1979[5]) é um ex-futebolista uruguaio naturalizado brasileiro[6] que atuava como zagueiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sorondo surgiu para o futebol em 1998, jogando pelo Defensor Sporting. Destacou-se no Mundial Sub-20 disputado naquele ano e logo se transferiu, aos 22 anos, para a milionária Internazionale da Itália. Ainda na Europa, o atleta jogou na Bélgica, pelo Standard de Liège e na Inglaterra, por Crystal Palace e Charlton Athletic. Em 2007, Sorondo retornou ao Uruguai, novamente para atuar no Defensor Sporting, e após se destacar na Copa Libertadores do mesmo ano, o jogador foi contratado pelo Internacional.

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Uruguaia, participou da Copa do Mundo de 2002 desde as eliminatórias. Sorondo foi ainda titular quando a sua seleção venceu o Brasil no Estádio Centenário em Montevidéu, pelo placar de 1 x 0, anulando Romário nas eliminatórias. Aos 24 anos já tinha mais de vinte participações pela seleção nacional, quatro vezes capitão do time, e era titular de uma das maiores equipes do mundo. Foi apelidado de Il nuovo Montero pelos fanáticos tiffosi da Inter, em referência ao lendário zagueiro uruguaio.

Internacional[editar | editar código-fonte]

Em 2007, assinou contrato com o Internacional, time esse que, no começo de 2008, derrotou sua ex-equipe, a Internazionale, na final Copa Dubai, mesmo sem poder contar com Sorondo, que estava contundido. O mesmo ocorreu no Campeonato Gaúcho de 2008 e na Copa Sul-americana do mesmo ano, competições essas que o Inter sagrou-se campeão. Em 2009, foi para o Japão disputar a Copa Suruga Bank pelo clube gaúcho, a qual ficou campeão, atuando o jogo inteiro, utilizando a camisa de numero 13. No dia 3 de setembro de 2009, o zagueiro foi naturalizado brasileiro em um processo que demorou mais de 1 ano para ser realizado. O fato de um filho do atleta ter nascido em Porto Alegre, acabou ajudando o processo para obter a dupla-nacionalidade.[7]

Na vitoriosa campanha da Copa Libertadores da América de 2010, na qual o Inter se sagrou bicampeão, Sorondo foi peça importante da zaga em várias partidas, utilizando a camisa 14. Nas quartas-de-final, durante o jogo de ida, marcou o gol da vitória contra o campeão anterior Estudiantes, no final da partida. No jogo de volta, o Inter garantiria a classificação mesmo sendo derrotado por 2 a 1, com a regra do gol fora de casa.

Ficou fora da lista inicial do Mundial de Clubes 2010, mas por conta do problema júridico envolvendo o zagueiro Rodrigo, seria integrado à lista que disputou os jogos, a um dia antes da viagem para Abu Dhabi.[8] A FIFA, porém, só permitia uma troca por lesão (que já ocorrera entre Glaydson e Eduardo Sasha) e o uruguaio não pôde ser inscrito.[9]

No fim da temporada de 2011, a direção colorada decidiu não renovar o contrato do jogador, e, sendo assim, Sorondo encerra sua passagem pelo Internacional, onde conquistou muitos títulos, mas ao mesmo tempo, teve graves lesões que o impediram de manter uma sequência maior como titular da zaga do Inter.[10]

Todos os gols de Sorondo pelo Internacional:

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Em 20 de dezembro de 2011, logo após a entrevista de apresentação do atacante Marcelo Moreno, o diretor de futebol do Grêmio confirmou aos jornalistas presentes a contratação de Sorondo.[11] O clube gaúcho já havia tentado contratar o uruguaio em 2007, após belos jogos dele com a camisa do Defensor Sporting na Copa Libertadores da América daquele ano, fazendo inclusive, um gol contra o Tricolor dos Pampas. Mas na oportunidade, Sorondo acabou indo jogar no maior rival do Grêmio, o Internacional.

Em 9 de janeiro de 2012 sofre uma grave lesão, que o afastaria por seis meses. Por conta da lesão o Grêmio acaba dispensando o atleta[12]

Histórico de lesões[13][editar | editar código-fonte]

Data Lesão
4/11/2007 Rompe os ligamentos do joelho esquerdo em Vasco 1x2 Inter.
11/5/2008 Após seis meses, volta em Inter 1x0 Vasco.
18/5/2008 Torce o joelho esquerdo em Palmeiras 2x1 Inter: mais de um mês parado.
29/6/2008 Reaparece no empate em 1x1 do clássico Grenal.
9/7/2008 Leva pancada no tornozelo direito e sofre lesão na coxa em Inter 1x0 Goiás: de duas a três semanas parado.
7/8/2008 Retorna na derrota do Inter por 2x0 para o Cruzeiro.
13/8/2008 Deixa o segundo tempo do Grenal pela Copa Sul-Americana. Descobre-se que deve fazer nova operação no joelho.
2/5/2009 Retorna em amistoso do Inter contra o Figueirense.
10/2010 Diagnosticada hérnia inguinal no zagueiro. Ele não consegue se recuperar a tempo e fica fora da lista de inscritos para o Mundial de Clubes.
23/03/2011 Em um mesmo lance, no jogo São José 0x1 Inter, fratura a clavícula e rompe o ligamento cruzado do joelho direito. Sorondo acabou não voltando mais a atuar em 2011 e como saiu do clube no fim da temporada, esse foi seu último jogo com a camisa colorada.
09/01/2012 No treinamento da pré-temporada do Grêmio, Sorondo sofre novamente ruptura do ligamento cruzado no joelho direito. Por haver em seu contrato com o Grêmio uma cláusula que permite a rescisão contratual sem custo algum por conta de lesão, Sorondo acaba desligando-se do clube[14].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Defensor Sporting
Internacional

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Internacional

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]