Copa Sul-Americana de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Copa Sul-americana de 2008)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Sul-Americana de 2008
VII Copa Sudamericana
CONMEBOL
Dados
Participantes 34
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 29 de julho3 de dezembro
Gol(o)s 177
Partidas 66
Média 2,68 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Internacional (1º título) [1][2]
Vice-campeão Argentina Estudiantes
Melhor marcador 5 gols:
  • BrasilBRA Alex (Internacional)
  • BrasilBRA Nilmar (Internacional)
Maiores goleadas
(diferença)
Universidad Católica Chile 4 – 0 Uruguai River Plate
San Carlos de ApoquindoSantiago
7 de agosto, Primeira fase
 
Arsenal de Sarandí Argentina 4 – 0 Honduras Motagua
Julio Humberto GrondonaBuenos Aires
19 de agosto, Segunda fase
 
Universidad Católica Chile 4 – 0 Paraguai Olimpia
San Carlos de ApoquindoSantiago
28 de agosto, Segunda fase
 
Sport Áncash Peru 4 – 0 Chile Ñublense
Estádio HuancayoHuancayo
16 de setembro, Segunda fase
 
Boca Juniors Argentina 4 – 0 Equador LDU Quito
La BomboneraBuenos Aires
23 de setembro, Oitavas-de-final
 
Internacional Brasil 4 – 0 México Chivas Guadalajara
Beira-RioPorto Alegre
19 de novembro, Semifinais
◄◄ CONMEBOL 2007 Soccerball.svg 2009 CONMEBOL ►►

A Copa Sul-Americana de 2008 foi a sétima edição do torneio de futebol realizado no segundo semestre de cada ano pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Equipes das dez associações sul-americanas mais o México e Honduras participaram do torneio.

O sorteio das partidas da competição aconteceu em 10 de junho, em Ezeiza, Argentina.

O Internacional, do Brasil, sagrou-se campeão de forma invicta, ao derrotar o Estudiantes, da Argentina, na final com um placar global de 2–1, sendo o primeiro clube brasileiro campeão do torneio. Em 2009 enfrentou o campeão da Copa Libertadores 2008 na decisão da Recopa Sul-Americana, além de ter participado da decisão da Copa Suruga Bank, contra o campeão da Copa da Liga do Japão de 2008.

Desde esta edição foi implantado o sistema de prorrogação na final em caso de igualdade no placar agregado. Nas fases anteriores, a regra do gol marcado como visitante foi considerada. Persistindo o empate no placar agregado em ambos os casos, o jogo seria decidido nas disputas por pênaltis. Na final, as equipes empataram no placar agregado e o Internacional marcou o gol do título na prorrogação.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

País Equipe Classificação
 Argentina
(6 vagas + atual campeão)
Arsenal de Sarandí Campeão da Copa Sul-Americana de 2007
Boca Juniors Convidado
River Plate Convidado
Estudiantes Melhor pontuação acumulada na temporada 2007–2008
San Lorenzo 2ª melhor pontuação acumulada na temporada 2007–2008
Argentinos Juniors 3ª melhor pontuação acumulada na temporada 2007–2008
Independiente 4ª melhor pontuação acumulada na temporada 2007–2008
 Bolívia
(2 vagas)
Bolívar Vice-campeão do Torneio Apertura de 2007
Blooming 3º colocado do Torneio Apertura de 2007
 Brasil
(8 vagas)
São Paulo Campeão do Campeonato Brasileiro de 2007
Grêmio 6ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Palmeiras 7ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Atlético Mineiro 8ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Botafogo 9ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Vasco da Gama 10ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Internacional 11ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
Atlético Paranaense 12ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2007
 Chile
(2 vagas)
Ñublense 1º colocado na fase classificatória do Torneio Apertura 2008
Universidad Católica 2º colocado na fase classificatória do Torneio Apertura 2008
 Colômbia
(2 vagas)
Deportivo Cali 4º colocado na temporada 2007
América de Cali 5º colocado na temporada 2007
Equador
(2 vagas)
LDU Quito Melhor pontuação da segunda etapa do Campeonato Equatoriano 2007
Deportivo Quito Melhor pontuação da primeira etapa do Campeonato Equatoriano 2008
 Paraguai
(2 vagas)
Libertad Campeão da temporada de 2007
Olimpia 3º colocado na temporada de 2007
 Peru
(2 vagas)
Sport Áncash 3º colocado na temporada 2007
Universitario 4º colocado na temporada 2007
Uruguai
(2 vagas)
Defensor Sporting 2º colocado na Pré Sul-Americana 2007-2008
River Plate 4º colocado na Pré Sul-Americana 2007-2008
 Venezuela
(2 vagas)
Aragua Campeão da Copa Venezuela 2007
Unión Maracaibo 4ª melhor pontuação acumulada no Campeonato Venezuelano de 2007-2008
Honduras
(1 vaga)
Motagua Convidado
 México
(2 vagas)
Chivas Guadalajara Convidado
San Luis Convidado

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio que determinou os cruzamentos da competição foi realizado em 10 de junho de 2008, em Buenos Aires.[3]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
A River Plate Uruguai 2–4 Chile Universidad Católica 2–0 0–4
B Unión Maracaibo Venezuela 2–4 Colômbia América de Cali 0–0 2–4
C Universitario Peru 1–2 Equador Deportivo Quito 0–0 1–2
D Olimpia Paraguai 4–3 Bolívia Blooming 4–2 0–1

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
O1 Defensor Sporting Uruguai 5–4 Paraguai Libertad 2–1 3–3
O2 LDU Quito Equador 5–4 Bolívia Bolívar 4–2 1–2
O3 América de Cali Colômbia 2–1 Colômbia Deportivo Cali 2–0 0–1
O4 Ñublense Chile 1–4 Peru Sport Áncash 1–0 0–4
O5 Universidad Católica Chile 6–2 Paraguai Olimpia 4–0 2–2
O6 Aragua Venezuela 2–3 México Chivas Guadalajara 1–2 1–1
O7 San Luis México 5–4 Equador Deportivo Quito 3–1 2–3
O8 Arsenal de Sarandí Argentina 6–1 Honduras Motagua 4–0 2–1
O9 Independiente Argentina 3–3 (3–5 p) Argentina Estudiantes 2–1 1–2
O10 Argentinos Juniors Argentina 2–0 Argentina San Lorenzo 0–0 2–0
O11 Atlético Paranaense Brasil 0–0 (4–3 p) Brasil São Paulo 0–0 0–0
O12 Internacional Brasil 3–3 (gf) Brasil Grêmio 1–1 2–2
O13 Vasco da Gama Brasil 3–4 Brasil Palmeiras 3–1 0–3
O14 Botafogo Brasil 8–3 Brasil Atlético Mineiro 3–1 5–2

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 23 de setembro a 2 de outubro  21 de outubro a 6 de novembro  12 a 20 de novembro  26 de novembro e 3 de dezembro
                                                 
 Peru Sport Áncash 0 0 0  
 Brasil Palmeiras 0 1 1  
   Brasil Palmeiras 0 0 0  
   Argentina Argentinos Juniors 1 2 3  
 México San Luis 2 0 2
 Argentina Argentinos Juniors 1 2 3  
   Argentina Argentinos Juniors 1 0 1  
   Argentina Estudiantes 1 1 2  
 Argentina Estudiantes 2 0 2  
 Argentina Arsenal de Sarandí 1 0 1  
   Argentina Estudiantes 2 2 4
   Brasil Botafogo 0 2 2  
 Colômbia América de Cali 1 1 2
 Brasil Botafogo 0 3 3  
   Argentina Estudiantes 0 1 1
   Brasil Internacional (pro) 1 1 2
 Uruguai Defensor Sporting 1 1 2  
 Argentina River Plate 2 2 4  
   Argentina River Plate 1 2 3
   México Chivas Guadalajara 2 2 4  
 México Chivas Guadalajara 2 4 6
 Brasil Atlético Paranaense 2 3 5  
   México Chivas Guadalajara 0 0 0
   Brasil Internacional 2 4 6  
 Chile Universidad Católica 1 0 1  
 Brasil Internacional (gf) 1 0 1  
   Brasil Internacional 2 2 4
   Argentina Boca Juniors 0 1 1  
 Argentina Boca Juniors 4 1 5
 Equador LDU Quito 0 1 1  

Final[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida
26 de novembro Estudiantes Argentina 0 – 1 Brasil Internacional Estádio Ciudad de La Plata, La Plata
22:00 (UTC-3)
Alex Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' Árbitro: ParaguaiPAR Carlos Amarilla
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Estudiantes
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Internacional
GK 21 Argentina Mariano Andújar
DF 14 Argentina Marcos Angeleri Penalizado com cartão amarelo após 45 minutos 45'
DF 6 Argentina Agustín Alayes Substituído após 69 minutos de jogo 69'
DF 2 Argentina Leandro Desabato Penalizado com cartão amarelo após 32 minutos 32'
DF 13 Uruguay Juan Manuel Díaz
MF 20 Argentina Diego Alberto Galván Substituído após 62 minutos de jogo 62'
MF 5 Argentina Matías Sánchez
MF 11 Argentina Juan Sebastián Verón
MF 23 Argentina Leandro Benítez
FW 7 Uruguay Juan Manuel Salgueiro Penalizado com cartão amarelo após 13 minutos 13' Substituído após 59 minutos de jogo 59'
FW 17 Argentina Mauro Boselli
Reservas:
GK 1 Argentina Mariano Barbosa
FW 10 Argentina Gastón Fernández Entrou em campo após 59 minutos 59'
FW 9 Argentina José Luis Calderón Entrou em campo após 69 minutos 69'
DF 3 Argentina Christian Cellay
MF 15 Argentina Juan Huerta
MF 16 Argentina Iván Moreno y Fabianesi Entrou em campo após 62 minutos 62'
MF 19 Argentina Raúl Iberbia
Treinador:
Argentina Leonardo Astrada
GK 22 Brazil Lauro Penalizado com cartão amarelo após 69 minutos 69'
DF 13 Brazil Bolívar
DF 3 Brazil Índio Penalizado com cartão amarelo após 23 minutos 23'
DF 24 Brazil Álvaro
DF 6 Brazil Marcão
MF 8 Brazil Edinho
MF 11 Brazil Magrão Penalizado com cartão amarelo após 46 minutos 46'
MF 5 Argentina Pablo Guiñazú Red card 24'
MF 15 Argentina Andrés D'Alessandro Substituído após 89 minutos de jogo 89'
MF 10 Brazil Alex Substituído após 70 minutos de jogo 70'
FW 9 Brazil Nilmar Penalizado com cartão amarelo após 91 minutos 91' Substituído após 92 minutos de jogo 92'
Reservas:
GK 12 Brazil Clemer
MF 4 Brazil Sandro Entrou em campo após 89 minutos 89'
MF 7 Brazil Daniel Carvalho
DF 14 Brazil Danny Morais Entrou em campo após 92 minutos 92'
DF 16 Brazil Gustavo Nery Entrou em campo após 70 minutos 70'
MF 17 Brazil Andrezinho
FW 20 Brazil Taison
Treinador:
Brazil Tite

Árbitros assistentes: Paraguay Manuel Bernal Paraguay Emigdio Ruiz Roa Quarta oficial: Paraguay Carlos Galeano

Jogo de volta
3 de dezembro Internacional Brasil 1 – 1 (pro) Argentina Estudiantes Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
22:00 (UTC-3)
Nilmar Gol marcado aos 113 minutos de jogo 113' Alayes Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65' Público: 51 803
Árbitro: UruguaiURU Jorge Larrionda
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Internacional
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Estudiantes
GK 22 Brazil Lauro Penalizado com cartão amarelo após 119 minutos 119'
DF 13 Brazil Bolívar Penalizado com cartão amarelo após 65 minutos 65'
DF 14 Brazil Danny Morais
DF 24 Brazil Álvaro
DF 6 Brazil Marcão
MF 8 Brazil Edinho
MF 11 Brazil Magrão Penalizado com cartão amarelo após 22 minutos 22' Substituído após 107 minutos de jogo 107'
MF 17 Brazil Andrezinho Substituído após 62 minutos de jogo 62'
MF 15 Argentina Andrés D'Alessandro
MF 10 Brazil Alex Substituído após 79 minutos de jogo 79'
FW 9 Brazil Nilmar
Reservas:
GK 1 Brazil Agenor Red card 92'
MF 4 Brazil Sandro Entrou em campo após 107 minutos 107'
MF 7 Brazil Daniel Carvalho
DF 16 Brazil Gustavo Nery Penalizado com cartão amarelo após 95 minutos 95' Entrou em campo após 62 minutos 62'
MF 18 Brazil Rosinei
FW 20 Brazil Taison Entrou em campo após 79 minutos 79'
DF 21 Brazil Ricardo Lopes
Treinador:
Brazil Tite
GK 21 Argentina Mariano Andújar
DF 14 Argentina Marcos Angeleri
DF 6 Argentina Agustín Alayes Penalizado com cartão amarelo após 14 minutos 14'
DF 2 Argentina Leandro Desabato
DF 3 Argentina Christian Cellay
MF 19 Argentina Raúl Iberbia Substituído após 63 minutos de jogo 63'
MF 22 Argentina Rodrigo Braña Yellow card 54' Yellow-red card 118'
MF 11 Argentina Juan Sebastián Verón Substituído após 97 minutos de jogo 97'
MF 23 Argentina Leandro Benítez Penalizado com cartão amarelo após 53 minutos 53'
FW 10 Argentina Gastón Fernández Substituído após 70 minutos de jogo 70'
FW 17 Argentina Mauro Boselli Red card 118'
Reservas:
GK 1 Argentina Mariano Barbosa
FW 7 Uruguay Juan Manuel Salgueiro
MF 8 Argentina Enzo Pérez Entrou em campo após 63 minutos 63'
FW 9 Argentina José Luis Calderón Entrou em campo após 70 minutos 70'
DF 13 Uruguay Juan Manuel Díaz
MF 15 Argentina Juan Huerta
MF 16 Argentina Iván Moreno y Fabianesi Entrou em campo após 97 minutos 97'
Treinador:
Argentina Leonardo Astrada

Árbitros assistentes: Uruguay Pablo Fadiño Uruguay Wálter Rial Quarta oficial: Uruguay Roberto Silvera

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Sul-Americana de 2008
Flag of Brazil.svg
INTERNACIONAL
Campeão
(1º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
5 Brasil Nilmar Brasil Internacional
5 Brasil Alex Brasil Internacional
4 Brasil Carlos Alberto Brasil Botafogo
4 Argentina Mauro Boselli Argentina Estudiantes
4 Argentina Nicolás Pavlovich Argentina Argentinos Juniors
4 Paraguai Marco Lázaga Paraguai Olimpia
3 Brasil Lúcio Flávio Brasil Botafogo
3 México Omar Arellano México Chivas Guadalajara
3 Colômbia Víctor Cortés Colômbia América de Cáli
3 México Sergio Santana México Chivas Guadalajara
3 Chile Julio Gutiérrez Chile Universidad Católica
3 Paraguai Juan Samudio Paraguai Libertad
3 Uruguai Sebastián Abreu Argentina River Plate

Referências

  1. «¡Internacional brillante campeón de la Copa Nissan Sudamericana!» (em espanhol). Conmebol.com / Reprodução: Zero Hora. 4 de dezembro de 2008 
  2. «Inter iguala con Estudiantes y es campeón (1-1)» (em espanhol). FIFA.com. 4 de dezembro de 2008 
  3. «Copa Sul-Americana terá Gre-Nal na 1ª fase». esportes.terra.com.br. 10 de junho de 2008. Consultado em 4 de junho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]