Final da Copa Sul-Americana de 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa Sul-Americana de 2018
Vista panoramica de la tribuna oriental del estadio Metropolitano roberto melendez.png
Panoramica CAP x SEP.JPG
Sedes dos confrontos
Evento
Atlético Parananense venceu por 4–3 nos pênaltis
Jogo de ida
Data 5 de dezembro, 19:45 (UTC−5)
Local Estádio Metropolitano, Barranquilla
Árbitro PeruPER Diego Haro
Público 38 094
Jogo de volta
Após a prorrogação
Data 12 de dezembro, 21:45 (UTC−2)
Local Arena da Baixada, Curitiba
Árbitro ChileCHI Roberto Tobar
Público 40 263

A final da Copa Sul-Americana de 2018 foi a 17ª final desta competição, que é organizada anualmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol. Foi disputada entre Junior Barranquilla, da Colômbia e o Atlético Paranaense, do Brasil. A partida de ida foi realizada em 5 de dezembro no Estádio Metropolitano, em Barranquilla. O segundo jogo foi realizado em 12 de dezembro na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Atlético Parananense conquistou o título após empatar por 2–2 no placar agregado e vencer por 4–3 na disputa por pênaltis.[1] Com isso se classificou automaticamente para a Copa Libertadores da América de 2019, a Recopa Sul-Americana de 2019 e a Copa Suruga Bank de 2019.[2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Junior Barranquilla e Atlético Paranaense decidiram pela primeira vez a Copa Sul-Americana sendo que as melhores campanhas de ambos foram as semifinais da Copa Sul-Americana. O Atlético Paranaense chegou as semifinais em 2006, sendo eliminado pelo Pachuca.[3][4] Já o Junior Barranquilla disputou as semifinais em 2017, sendo eliminado pelo Flamengo.[5]

Para chegar até a decisão, o Junior entrou diretamente na segunda fase após ser contemplado com uma vaga por ter sido um dos eliminados na fase de grupos da Copa Libertadores (terceiro colocado do grupo 8).[6] Nessa fase, eliminou o Lanús, da Argentina, com vitória nos pênaltis após empate no placar agregado de 1–1.[7][8] Enfrentou outro clube argentino, o Colón, nas oitavas de final, vencendo o jogo de ida por 1–0 e empatando na volta por 1–1.[9][10] Nas quartas de final, em seu terceiro confronto contra um argentino, enfrentou o Defensa y Justicia, onde venceu na ida por 1–0 e perdeu na volta em 3–1, classificando-se com um placar agregado de 3–3 e por ter feito gol fora de casa.[11] Jogou com o Santa Fe, da Colômbia, nas semifinais, onde venceu ambos os jogos (2–0 na ida e 1–0 na volta), classificando-se para a sua primeira final continental da história.[12][13]

Por não ter se classificado para a Copa Libertadores desse ano, o Atlético Paranaense disputou a Copa Sul-Americana desde a sua primeira fase, onde enfrentou o Newell's Old Boys, da Argentina, vencendo no jogo de ida por 3–0 e perdendo o jogo de volta por 2–1.[14][15] Na segunda fase, superou os uruguaios do Peñarol com vitórias por 2–0 na ida e 4–1 na volta, avançando com um placar agregado de 6–1.[16][17] Nas oitavas de final, enfrentou o Caracas da Venezuela, vencendo o primeiro jogo por 2–0, e também o jogo da volta por 2–1 (4–1 no placar agregado).[18][19] Nas quartas de final, enfrentou o Bahia, onde venceu o jogo de ida 1–0 mas perdeu o jogo da volta pelo mesmo placar, classificando-se nos pênaltis para as semifinais contra outra equipe brasileira.[20][21] Enfrentando o Fluminense, venceu o jogo de ida pelo placar de 2–0, e no jogo de volta triunfou novamente por 2–0, classificando-se para a sua segunda final internacional, sendo a primeira de Sul-Americana, com um placar agregado de 4–0.[22][23]

Caminhos até à final[editar | editar código-fonte]

Colômbia Junior Barranquilla Fase Brasil Atlético Paranaense
Oponente Agregado Jogos Copa Sul-Americana de 2018 Oponente Agregado Jogos
Disputou a partir da segunda fase Primeira fase Argentina Newell's Old Boys 4–2 3–0 (C); 1–2 (F)
Argentina Lanús 1–1 (3–2 p) 0–1 (F); 1–0 (3–2 p) (C) Segunda fase Uruguai Peñarol 6–1 2–0 (C); 4–1 (F)
Argentina Colón 2–1 1–0 (C); 1–1 (F) Oitavas de final Venezuela Caracas 4–1 2–0 (F); 2–1 (C)
Argentina Defensa y Justicia 3–3 (gf) 2–0 (C); 1–3 (F) Quartas de final Brasil Bahia 1–1 (4–1 pen) 0–1 (F); 1–0 (4–1 pen) (C)
Colômbia Santa Fe 3–0 2–0 (F); 1–0 (C) Semifinais Brasil Fluminense 4–0 2–0 (C); 2–0 (F)

Legenda: (C) casa; (F) fora

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida[editar | editar código-fonte]

5 de dezembro Junior Barranquilla Colômbia 1 – 1 Brasil Atlético Paranaense Estádio Metropolitano, Barranquilla
19:45 (UTC−5)
González Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52' Relatório Pablo Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' Público: 38 094[24]
Árbitro: PeruPER Diego Haro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Junior
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR
G 1 Uruguai Sebastián Viera Capitão
LD 20 Colômbia Marlon Piedrahita
Z 21 Colômbia Jefferson Gómez
Z 5 Colômbia Rafa Pérez Penalizado com cartão amarelo após 68 minutos 68'
LE 2 Colômbia Germán Gutiérrez
V 15 Colômbia Luis Narváez Substituído após 83 minutos de jogo 83'
V 24 Colômbia Víctor Cantillo
M 6 Colômbia James Sánchez Substituído após 70 minutos de jogo 70'
M 10 Colômbia Jarlan Barrera
M 23 Colômbia Luis Díaz
A 18 Colômbia Yony González Substituído após 66 minutos de jogo 66'
Substitutos:
G 12 Colômbia José Luis Chunga
Z 4 Colômbia David Murillo
Z 13 Colômbia Jonathan Ávila
M 7 Colômbia Sebastián Hernández Entrou em campo após 83 minutos 83'
M 28 Colômbia Enrique Serje
A 11 Colômbia Daniel Moreno Entrou em campo após 70 minutos 70'
A 27 Colômbia Luis Carlos Ruiz Entrou em campo após 66 minutos 66'
Treinador:
Uruguai Julio Comesaña
Junior vs Atlético Paranaense 2018-12-05.svg
G 1 Brasil Santos
LD 2 Brasil Jonathan
Z 4 Brasil Thiago Heleno Penalizado com cartão amarelo após 90+3 minutos 90+3'
Z 14 Brasil Léo Pereira Penalizado com cartão amarelo após 55 minutos 55'
LE 6 Brasil Renan Lodi
V 3 Argentina Lucho González Capitão Substituído após 86 minutos de jogo 86'
V 16 Brasil Bruno Guimarães Penalizado com cartão amarelo após 90+1 minutos 90+1'
M 10 Brasil Marcelo Cirino
M 7 Brasil Raphael Veiga Substituído após 77 minutos de jogo 77'
M 11 Brasil Nikão
A 5 Brasil Pablo Substituído após 60 minutos de jogo 60'
Substitutos:
G 12 Brasil Felipe Alves
Z 25 Brasil Wanderson
Z 26 Brasil Márcio Azevedo
M 20 Brasil Matheus Rossetto
M 28 Brasil Wellington Entrou em campo após 77 minutos 77'
A 9 Brasil Rony Entrou em campo após 60 minutos 60'
A 22 Brasil Marcinho Entrou em campo após 86 minutos 86'
Treinador:
Brasil Tiago Nunes

Árbitros assistentes:[25]
PeruPER Jonny Bossío
PeruPER Víctor Raez
Quarto árbitro:
EquadorECU Carlos Orbe
Árbitro de vídeo:
BolíviaBOL Gery Vargas
Árbitro assistente de vídeo 1:
VenezuelaVEN Alexis Herrera
Árbitro assistente de vídeo 2:
ChileCHI Carlos Astroza

Jogo de volta[editar | editar código-fonte]

12 de dezembro Atlético Paranaense Brasil 1 – 1 (pro) Colômbia Junior Barranquilla Arena da Baixada, Curitiba
21:45 (UTC−2)
Pablo Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' Relatório Gutiérrez Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57' Público: 40 263[26]
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar
    Penalidades  
Jonathan Convertido
Raphael Veiga Convertido
Bérgson Convertido
Renan Lodi Erro (trave)
Thiago Heleno Convertido
4 – 3 Convertido Narváez
Erro (trave) Fuentes
Convertido Pérez
Erro (fora) Gutiérrez
Convertido Viera
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Junior
G 1 Brasil Santos
LD 2 Brasil Jonathan Penalizado com cartão amarelo após 38 minutos 38'
Z 4 Brasil Thiago Heleno
Z 14 Brasil Léo Pereira
LE 6 Brasil Renan Lodi
V 3 Argentina Lucho González Capitão Substituído após 73 minutos de jogo 73'
V 16 Brasil Bruno Guimarães
M 10 Brasil Marcelo Cirino Substituído após 46 minutos de jogo 46'
M 7 Brasil Raphael Veiga
M 11 Brasil Nikão Substituído após 98 minutos de jogo 98'
A 5 Brasil Pablo Substituído após 98 minutos de jogo 98'
Substitutos:
G 12 Brasil Felipe Alves
Z 25 Brasil Wanderson
Z 13 Brasil Paulo André
LD 26 Brasil Márcio Azevedo
M 28 Brasil Wellington Penalizado com cartão amarelo após 110 minutos 110' Entrou em campo após 73 minutos 73'
A 9 Brasil Rony Entrou em campo após 46 minutos 46'
A 22 Brasil Marcinho Entrou em campo após 98 minutos 98'
A 30 Brasil Bérgson Entrou em campo após 98 minutos 98'
Treinador:
Brasil Tiago Nunes
Atlético Paranaense vs Junior 2018-12-12.svg
G 1 Uruguai Sebastián Viera Capitão
LD 20 Colômbia Marlon Piedrahita Penalizado com cartão amarelo após 101 minutos 101'
Z 21 Colômbia Jefferson Gómez Penalizado com cartão amarelo após 90 minutos 90' Substituído após 106 minutos de jogo 106'
Z 5 Colômbia Rafa Pérez
LE 17 Colômbia Gabriel Fuentes
V 15 Colômbia Luis Narváez Penalizado com cartão amarelo após 77 minutos 77'
M 24 Colômbia Víctor Cantillo
M 6 Colômbia James Sánchez Substituído após 73 minutos de jogo 73'
A 10 Colômbia Jarlan Barrera Substituído após 115 minutos de jogo 115'
A 23 Colômbia Luis Díaz
A 29 Colômbia Teófilo Gutiérrez
Substitutos:
G 12 Colômbia José Luis Chunga
Z 4 Colômbia David Murillo
Z 13 Colômbia Jonathan Ávila Entrou em campo após 106 minutos 106'
M 7 Colômbia Sebastián Hernández
M 28 Colômbia Enrique Serje
A 11 Colômbia Daniel Moreno Entrou em campo após 115 minutos 115'
A 18 Colômbia Yony González Penalizado com cartão amarelo após 76 minutos 76' Entrou em campo após 73 minutos 73'
Treinador:
Uruguai Julio Comesaña

Árbitros assistentes:[27]
ChileCHI Christian Schiemann
ChileCHI Claudio Ríos
Quarto árbitro:
EquadorECU Roddy Zambrano
Árbitro de vídeo:
ChileCHI Julio Bascuñán
Árbitro assistente de vídeo 1:
ChileCHI Piero Maza
Árbitro assistente de vídeo 2:
ChileCHI Carlos Astroza

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Atlético-PR vence decisão nos pênaltis e conquista 1º título internacional». UOL Esporte. 13 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  2. «Reglamento CONMEBOL Sudamericana 2018» (PDF) (em espanhol). CONMEBOL. Consultado em 11 de maio de 2018 
  3. «Atlético-PR joga mal e perde para o Pachuca pela Sul-Americana». esporte.uol.com.br. 15 de novembro de 2006. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  4. «Pachuca goleia e tira Atlético-PR da Sul-Americana - 23/11/2006 - UOL Esporte - Futebol». esporte.uol.com.br. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  5. «Substituto de Muralha pega pênalti e Fla volta a disputar final continental». UOL Esporte. 1 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  6. Online, O POVO. «Lanús pega o Junior Barranquilla pela segunda fase da Sul-Americana». www.opovo.com.br. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  7. «Lanús pega o Junior Barranquilla pela segunda fase da Sul-Americana - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  8. «Nos pênaltis, Junior Barranquilla elimina o Lanús e avança na Sul-Americana». Futebol Latino. 25 de julho de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  9. «Junior Barranquilla sai na frente de algoz do São Paulo na Sul-Americana». ESPN.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  10. «Algoz do São Paulo, Colón cai na Sul-Americana para o Junior Barranquilla». ESPN.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  11. «Junior Barranquilla perde na Argentina, mas avança à semifinal graças ao gol fora de casa». ESPN.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  12. «Com gol confirmado pelo VAR, Junior vence Santa Fe fora e se aproxima da final da Sul-Americana». ESPN.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  13. «Junior Barranquilla vence e será o rival do Atlético-PR na final da Copa Sul-Americana». ESPN.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  14. «Trio de ataque do Atlético-PR faz a vitória sobre o Newell's Old Boys; veja as notas». Globoesporte. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  15. «Furacão perde para o Newell's, mas segue na Sul-americana - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  16. «Atlético-PR vence o Peñarol-URU e abre vantagem na Sul-Americana». Lance!. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  17. «Furacão goleia o Peñarol no Uruguai e confirma a classificação - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  18. «Atlético-PR bate o Caracas e confirma a classificação na Sul-Americana». Lance!. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  19. Superesportes (19 de setembro de 2018). «Atlético-PR vence Caracas e consegue boa vantagem para volta na Sul-Americana». Superesportes. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  20. «VAR anula 2 gols do Bahia, e Atlético-PR vence duelo na Sul-Americana - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  21. «Atlético-PR x Bahia: Furacão está na semifinal da Sul-Americana». Gazeta do Povo. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  22. «Atlético-PR se impõe ao Flu, vence em casa e leva boa vantagem para a semi - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  23. «Atlético-PR vence o Fluminense e está na final da Sul-Americana». Gazeta do Povo. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  24. «Atlético-PR sai na frente, mas toma empate do Jr. Barranquilla na primeira final da Sul-Americana». Globo Esporte. 5 de dezembro de 2018. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  25. «Árbitros de la final de Ida de la CONMEBOL Sudamericana» (em espanhol). CONMEBOL. 1 de dezembro de 2018. Consultado em 1 de dezembro de 2018 
  26. «Furacão continental! Atlético-PR vence o Junior Barranquilla nos pênaltis e conquista o primeiro título internacional de sua história!». GloboEsporte.com. 13 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  27. «Designación de árbitros para la final (vuelta)» (em espanhol). CONMEBOL. 7 de dezembro de 2018. Consultado em 8 de dezembro de 2018